Início / Viajei (relatos) / Diário do Brasil / Na balada na praia da Pipa (RN)
Balada na praia da Pipa: uma das noites mais legais do Brasil

Na balada na praia da Pipa (RN)

A noite estava cheia e divertida no dia em que cheguei em Pipa, uma quinta-feira. Havia várias opções de barzinhos sofisticados e descolados, com drinks e comidinhas. Mas…

Mas melhor da noite em Pipa acontece é em uma esquina da Avenida dos Golfinhos onde se concentram os bares e baladas mais hippies, roots, modernos, porra-louca e joviais da agitada noite de Pipa.

Lugares como o Mikroponto Bar (é um lugar minúsculo, com atendimento simpático e que,  sim, faz referência ao LSD), Tribus Bar, Ginkas Music Bar ficam a poucos metros uns dos outros e o público se mistura nas ruas e calçadas.

 

É onde muitos argentinos e pessoas da América do Sul, alguns europeus e brasileiros de todo o país se reúnem bebendo nas mesas dos bares ou na rua e descobrem onde é o melhor da noite.

Quase todo dia tem ao menos uma opção gratuita de bar com (boa) música ao vivo.

A quinta-feira serviu como um belo aquecimento para a noite da vila mais badalada do litoral sul do Rio Grande do Norte.

— Como chegar em Pipa, no Rio Grande do Norte

Chegou sexta-feira em Pipa

Na sexta-feira e no sábado, Pipa ferveu.

Além dos turistas de fora, pessoas de diversas cidades próximas, como Natal e João Pessoa, enchiam ainda mais as ruas, os bares e as calçadas. Uma balada bem multicultural, com uma faixa etária ampla e bastante gente acima dos 30 anos.

Pena que acabou cedo: uma lei recém-implantada acabava com o som na vila às duas horas da manhã (alguém sabe como está hoje?). A noite em Pipa só não terminava porque tinha a boate Calangos.

Calangos, a boate

Só peguei putsputs na Calangos. Música eletrônica, uma galera, na média, mais nova do que na rua e, bem, clima de baladão.

E baladão forte: só depois das duas da manhã a casa fica cheia e, piscou, você amanhece na Calangos, que é a balada mais famosa de Pipa.

De domingo, rola forró na Calangos, mas passei. Dizem que é muito bom.

— Noite em Pipa – Bares

— Vida noturna na praia da Pipa

Réveillon em Pipa

– Melhores pousadas em Pipa-RN

Os argentinos voltaram com tudo para o Brasil com a liberação de compra de dólares pós-Kirchner. E Pipa, no Rio Grande do Norte, é um dos destinos preferidos dos hermanos.

Logo após a virada do ano para 2017, nós fomos para Pipa e o agitado balneário estava surpreendente. Apesar das principais baladas de Pipa ainda serem as mesmas, havia casas noturnas novas, é claro. Mas o que mais chamou a atenção foram as pistas tocando música latina e a conversa: predominava o castelhano.

Entre os jovens que curtiam a noite de Pipa, haviam mais argentinos do que brasileiro, se a gente pudesse apostar, na alta temporada de verão, entre a última semana do ano, o Réveillon e a primeira semana de janeiro.

Mas ainda assim, foi possível dançar forró em bom português.

Gustavo

Gustavo está em algum lugar da América do Sul, em um roteiro de mochilão que começou em março, no Equador.

Um comentário

Tire a sua dúvida, comente. Participe!

O e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*