Início / Viagens pelo Brasil / Centro-Oeste / O que fazer em Caldas Novas e Rio Quente, em Goiás?

O que fazer em Caldas Novas e Rio Quente, em Goiás?

Além de agradar as senhorinhas em tratamento terapêutico nos spas de águas termais, Caldas Novas, no interior do Estado de Goiás, é dica de destino para divertida viagem de férias em família ou casais em viagem romântica.

Vale lembrar que a região turística de Caldas Novas, inclui a pequena cidade de Rio Quente, onde está localizado o Rio Quente Resort, o Hot Park e o Camping Esplanada. O forte do turismo são as férias de inverno, em julho, mas não existe baixa temporada. É média ou alta.

O que fazer no Rio Quente, Goiás?

O sol reflete nas montanhas da Serra de Caldas no fim de tarde na cidade de Rio Quente, Goiás.

O sol reflete as montanhas da Serra de Caldas, fim de tarde no Rio Quente.

As grandes atrações da cidade são o Rio Quente Resort e o seu complexo aquático, Hot Park. A distância entre as duas cidades goianas é de aproximadamente 30 km, o que torna tranquila a viagem de bate-volta até mesmo para quem faz a viagem de carro.

Hot Park – Rio Quente Resort

A Praia do Cerrado, a única praia artificial de águas naturalmente quentes do mundo.

A única praia artificial de águas naturalmente quentes do mundo, no Hot Park.

O Hot Park é o maior parque aquático da região e você precisa passar um dia lá. É o passeio mais caro do roteiro, mas compensa pela variedade de atrações e beleza do parque.

Comprar o ingresso online antecipado é uma dica para economizar.

Há diversos ônibus do resort que buscam a toda hora hóspedes em alguns hotéis no Rio Quente e em Caldas Novas, e faz o transporte até o parque. É preciso verificar com o seu hotel.

Camping Esplanada

No camping é possível tomar banho no maior rio de água quente do mundo.

No Camping Esplanada você pode tomar banho de rio de água quente.

O camping fica localizado às margens do Rio Quente. O local é muito bonito e bem cuidado. É uma dica não apenas para quem gosta de acampar, mas também quem quiser passar apenas o dia, pagando uma diária. É possível tomar um banho termal no maior rio de águas quentes do mundo.

O que fazer em Caldas Novas, Goiás?

Mirante para a cidade de Caldas Novas, na Trilha da Cachoeira da Cascatinha - Pescan

Mirante para a cidade de Caldas Novas, Trilha da Cachoeira da Cascatinha.

Caldas Novas é a cidade dos parques aquáticos, 3 deles se destacam – o Hot Park, diRoma Acqua Park e o Termas Lagoa Quente. Reserve um dia para cada um. Caso tenha tempo, poderá ir novamente no que gostar mais.

diRoma Acqua Park

Piscina rasa com toboágua infantil para as crianças pequenas

Piscina rasinha com toboágua infantil para as crianças pequenas.

Para nós do Muita Viagem, o diRoma Acqua Park é o melhor parque aquático de Caldas Novas. O parque é bem localizado, bem no centro da cidade, tem diversas piscinas, toboáguas e brinquedos, além de preços honestos. Para economizar no ingresso, leve sua carteirinha de estudante.

Lagoa Quente Termas

Foto aérea do Parque Lagoa Quente Termas Parque.

Foto aérea do Parque Lagoa Quente Termas Parque.

A famosa Lagoa de Pirapitinga, onde está localizado o Lagoa Quente Termas, fica a 9 km do cento da cidade. O grande destaque do parque é a área histórica, onde fica o Poço do Cozinha Ovos, único ponto da cidade onde é possível ver as águas termais brotando diretamente do solo a temperaturas de até 50ºC.

Uma dica para comprar o ingresso mais barato é entrar após às 13:00, ou fazer a compra online. 

Hotel Parque das Primaveras

O primeiro poço de água quente mineral, no Hotel Parque Primavera, em Caldas Novas.

O primeiro poço de água quente mineral, no Hotel Parque Primavera.

Inaugurado em 1973, foi um dos primeiros hotéis de Caldas Novas e é exemplo em sustentabilidade desde a sua fundação. O local tem importância histórica e turística em Caldas Novas por ter sido o local de descoberta do primeiro poço de água quente da cidade.

O hotel não chega a ser um complexo aquático, mas pode ser incluído em um roteiro de 7 dias em Caldas Novas. Mesmo quem não se hospeda no hotel, pode pagar para usar, por um dia, as piscinas e áreas comuns, como o jardim japonês, salão de jogos, sauna mineral e poço termomineral.

Jardim Japonês

O jardim japonês, em Caldas Novas.

O jardim japonês, em Caldas Novas, é um lugar lindo meditar e relaxar.

O Jardim Japonês é um lugar para entrar em contato com a natureza. O local é repleto de detalhes e significados, tudo tem um porquê. – a ponte da paz simboliza um ritual de passagem; o chafariz da tartaruga representa a longevidade; as pedras no meio do caminho são o livre arbítrio; e a água que cai da cachoeira, a purificação.

A casa goiana, ao lado do jardim japonês, é a segunda casa mais antiga da cidade.

A casa goiana, no jardim japonês, é a segunda casa mais antiga da cidade.

Além disso, é possível conhecer um pouco mais sobre como era a vida no interior do Brasil no século XVIII. Um dos destaques do espaço cultural é a Casa Goiana, a segunda casa mais antiga de Caldas Novas, feita de adobe e telhas na cocha. O ingresso para acesso ao jardim japonês custa R$4.

Trenzinho turístico

Diversos bondinhos fazem passeios turísticos em Caldas Novas.

Bondinhos levam os turistas nos principais pontos turísticos de Caldas Novas.

Há diversos trenzinhos turísticos que fazem passeios curtos por Caldas Novas. A dica é pegar o trenzinho com ponto de embarque em frente ao hotel CTC, no centro da cidade. Ele faz um trajeto maior, passando pela fábrica de licores, cachaças e frutas do serrado.

Vale das Águas Quentes

A Cachaçaria Vale das Águas Verdes é famosa pela qualidade de seus destinos.

A Cachaçaria Vale das Águas Verdes é famosa pela qualidade de seus destilados.

Localizada em uma das principais avenidas da cidade, a Av. Cel Bento de Godoy, 2000, a Cachaçaria Vale das Águas Quentes é um ponto turístico que atrai muita gente atrás dos variados sabores de licores e cachaças, além dos doces típicos do cerrado, que são vendidos a “preços para turistas”. Fique na degustação, sai de lá carregado se quiser.

Monumento às águas

Escultura de rochas é um dos lugares bonitos para tirar foto em Caldas Novas.

A escultura de rochas e cascatas é um lugar bonito para tirar fotos.

Sempre lotado de turistas fotografando, o monumento fica logo na entrada da cidade, bem próximo ao Jardim Japonês e ao Serra Verde, um centro de compras de artesanatos, souvenirs, roupas e utilidades.

Por fim, daria mais um post para continuar dando dicas sobre o que fazer em Caldas Novas – aproveitar as lojinhas para comprar roupas (as peças são boas e os preços baratos); tomar um sorvete assado na sorveteria Claerô, na Praça Mestre Orlando, no centro; experimentar o empadão goiano, o peixe na telha, a “jantinha” e mais um bocadinho de coisa boa sô.

Enfim, viaje para Caldas Novas e descubra este mundo de águas quentes e delícias de Goiás. Como disse a Boia, Caldas Novas é a Cancún do interior, a capital brasileira da boia.

Fotos: Muita Viagem (exceto a foto aérea e esta última – divulgação)

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*