Início / Na Viagem / Dicas / Onde comer no litoral de São Paulo? – Barra do Sahy e Juquehy

Onde comer no litoral de São Paulo? – Barra do Sahy e Juquehy

Estivemos um final de semana nas praias do litoral Norte de SP, e para conhecer as opções de restaurantes na Barra do Sahy e Juquehy passamos sábado e domingo na região.

Conhecemos 3 lugares para comer bem e barato em Juquehy. Quem conhece as praias de lá deve conhecer os lugares. Para quem pretende viajar para lá fica a dica para a viagem.

Melhores praias de São Paulo

 

Restaurante em Juquehy

Stand Bar, música ao vivo e clima agradável

stand-bar-foto-internet

fachada do Stand Bar, um lugar bom e barato para comer no litoral | foto: Internet

Juquehy fica a 7km da Barra do Sahy e vale fazer uma parada no restaurante “Stand Bar” para comer um prato saboroso ao som de música ao vivo no violão antes de encarar a estrada ou simplesmente para explorar a região.

O prato do dia “anchova espalmada” podia até ser uma boa pedida, como sugeriu o garçom, mas pedi um “risoto de frutos do mar” por R$59.

Já a Joyce comeu um “salmão ao molho de maracujá”, muito bom, segundo ela. O prato dela foi mais barato, custou R$39. O risoto também estava delicioso!

De fato não é um restaurante muito barato, mas pode-se economizar pedindo o prato do dia.

couvert artístico de R$5 por pessoa vale pelo clima romântico de uma viagem a dois, mas pode ficar caro se a viagem for em família com muitas crianças.

Onde ficar no litoral norte?

Pesquise preço de pousadas em Juquehy pelo Booking.

Restaurantes na Barra do Sahy

Azul do Mar

restaurante-lanches-barra-sahy-litoral

lateral estilizada do restaurante | foto: Facebook

Experimentamos 2 restaurantes para comer bem no litoral Norte de São Paulo. A melhor opção para comer bem e barato lá é o prato do dia do restaurante “Azul do Mar”.

O prato-feito do dia era um “assado de peixe vermelho” com arroz integral (delicioso!), farofa de banana e abobrinha com hortelã, que substituímos por batatas sautê. Pagamos R$32 cada prato.

Para economizar pode-se comer lanches, aliás, um dos fortes do restaurante, mas recomendamos o comidinha caseira do local.

O atendimento de todos que trabalham lá é ótimo. A dica é levar cheque para pagar a conta. Outro detalhe é que não abre durante a semana.

Havia um caixa eletrônico 24h na praia, mas estouraram e alguns turistas estão encontrando dificuldade de sacar dinheiro.

Para não se complicar com alguns lugares, pousadas e restaurantes como o “Azul do Mar” que não aceitam cartão de débito ou crédito, a dica é levar dinheiro ou cheque para pagar a conta.

Uma opção sugerida também pelo dono do restaurante foi fazer depósito se você tiver aplicativo de banco no tablet ou smarthphone. Ou mesmo usar o laptop dele, mas não recomendamos acessar o Internet Banking de outros devices que não sejam seus.

Hotel com piscina para as férias de verão

Em relação a dinheiro no litoral de São Paulo, a dica é levar cheque e dinheiro suficiente para que não tenha que ir até Boiçucanga buscar dinheiro, que possui diversos bancos, mas muitos caixas ficam em manutenção e alguns ficam sem notas de dinheiro.

O cheque é a melhor prevenção de ficar sem grana para pagar o almoço ou jantar.

Além de poder sustar, você não perde troco, pode levar para a praia e pagar muita coisa com ele e seu RG ou carteira de motorista. A única coisa que você pode precisar, em alguns lugares mais desertos, pode ser uma caneta.

Dica: Vá sempre com um cheque de R$10 ou valor que acha que pode gastar, mas de baixo valor.

Veja a Página no Facebook

Restaurante Fundo de Quintal, na Barra do Sahy

fundo-quintal-sahy-onde-comer

no quintal coberto de areia, um ambiente diferente | foto: Facebook

O restaurante é bem conhecido na região. Oferece pratos com muita fartura de comida. Foi o restaurante mais caro de todos que experimentamos.

Acabamos pedindo um peixe empanado com lula à dorê e batatas soutê, além da salada de alface, tomate, cenoura, batata, ovos, cogumelos e beterraba, ainda as guarnições de farofa, arroz e feijão. O prato alimenta bem uma família de 4 pessoas.

Se você estiver viajando de casal, apenas você e sua namorada, recomendo pedir meio prato. Você paga 70% do valor, mas acaba economizando porque é muita comida para duas pessoas, especialmente para casais onde a mulher come uma folha de alface e fica satisfeita. Nosso prato custou R$112, mas vi pratos por R$79.

O legal do lugar é o que lhe dá charme e o próprio nome, as mesas do restaurante ficam, realmente, nos fundos de uma casa com o chão do quintal coberto de areia da praia.

Para comer literalmente com o “pé na areia” e clima de bagunça de família reunida na casa da vó em feriado prolongado. Não acho que seja uma boa pedida para casais, como não fui para nós, mas as famílias poderão gostar.

Confira a página no Facebook.

Tie Sahy, restaurante caro

Não chegamos a ir, mas o relato é que é um restaurante caro, assim como a pousada de mesmo nome, pode ser uma opção para casais que queiram fugir do popular e movimentado “Fundo de Quintal” e pagar pelo conforto e aconchego do restaurante em frente a pousada “Mar de Estrelas“, onde ficamos hospedados no fim de semana.

Site com mais informações.

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*