Início / Vasto Mundo / Caribe / Conheça Cuba – 10 coisas legais sobre a ilha caribenha
A magia da música cubana está em todos os lugares
A magia da música cubana está em todos os lugares

Conheça Cuba – 10 coisas legais sobre a ilha caribenha

A Gabi Saraceni viajou por Cuba e está contando um monte de coisa legal para quem quer viajar para a ilha socialista no Caribe.

Neste artigo, além de dicas de turismo, ela fala sobre passagens para Cuba, como tirar visto para o país, como é o câmbio, como andar de ônibus pela ilha e outras informações práticas para quem quer planejar uma viagem para Cuba.

Quem quer fazer um roteiro conhecendo vários pontos de Cuba, de praias paradisíacas no Caribe até cidades históricas e dicas de o que fazer em Havana, a capital cubana, também encontra ótimas dicas.

Come-se muito bem em Cuba

Feijão e goiaba são acompanhamentos comuns na comida típica de Cuba

Feijão e goiaba são acompanhamentos comuns na comida típica de Cuba

Ao entrar em um restaurante em Cuba, espere uma ótima comida. De pizzas à lagostas, você vai encontrar de tudo.

Geralmente servem uma carne como bisteca de porco, frango, frutos do mar ou peixes (já carne bovina é mais cara e mais difícil de encontrar). Acompanha uma bela porção de arroz, abacate fatiado, banana frita tipo chips e há opção de feijão ou batata frita.

Como o clima é quente e a água por vezes salobra, o cultivo de vegetais mais sensíveis, como as folhas, se torna mais difícil. Por isso é mais comum encontrar saladas de repolho e de batatas. Pepino e tomate são figurinhas carimbadas e por vezes cenoura e beterraba.

É comum encontrar goiaba como enfeite no prato ou como salada. Se você tem problemas com a fruta, avise de antemão, pois é bem comum por lá.

Massas tradicionais e pizzas elaboradas também podem fazer parte do cardápio da ilha, muitas vezes a opção para os vegetarianos.

Se você quer muito economizar e evitar os restaurantes turísticos (que variam entre 6 e 12 CUC por refeição), vá fundo nas pizzas individuais populares, vendidas a 8 CUP (ou 0,34 CUC).
 
Café da manhã costuma ser à base de pão, manteiga, queijo branco, suco e café com leite. Familiar? Pois é, o mamão também circula pelas mesas, bem como o melão, fruta bem popular por lá. Espere encontrar sucos de manga e…goiaba!

É comum também servir ovos no café, parte pela demanda de turistas, parte pelo costume local de comer pão com ovo pela manhã.

Dança e música estão por toda Cuba

A magia da música cubana está em todos os lugares

A magia da música cubana está em todos os lugares

A terra de lendas da música como Compay Segundo, Omara Portuondo e Ibraim Ferrer, fervilha música.

Quem assistiu ao documentário de Wim Wenders “Buena Vista Social Club” sabe a magia que acontece lá.

A poesia está na alma da música cubana e cantores exibem seus dotes pelos bares e praças.

A agitação acontece mesmo nas casas de músicas (“Casa de la Música”), que são danceterias típicas. É possível encontrar apresentações de grupos típicos e também de música contemporânea caribenha, de ritmos como reggaeton e salsa.

Parece que todo (ou quase todo) cubano sabe conduzir os passos da dança latina, arrastando turistas pelo salão até altas horas.

Para quem quiser se arriscar, é fácil encontrar um bom professor nas casas de música.

Brasileiro = novela da Globo

Se a sua última lembrança de novela é dos Mezenga e dos Berdinazzi em “O Rei do Gado”, atualize seu repertório antes de pisar em Cuba. Ou se você detesta novelas da Globo, pelo menos decore alguns nomes para não ficar boiando.

Assim que respondemos que somos brasileiros, todos os cubanos ficam felizes e falam o nome da novela que está passando (a última era “Dos Caras”, “Duas Caras” em português). Eles amam e assistem todos os dias, portanto, a cultura brasileira, de certa forma, acaba sendo uma referência.

É quente e muito ‘caliente’

Cuba tem o mar-Caribe: tranquilo, de águas azuis e transparentes

Cuba tem o mar-Caribe: tranquilo, de águas azuis e transparentes

Sorria! Você estará no Caribe! Lugar de praias exuberantes e também muito calor.

Com o clima úmido e quente, a desidratação pode ser perigosa, tome bastante líquidos. Água potável somente beba as que vendem em garrafas plásticas, pois há contaminação na água das torneiras. Os cubanos fervem a água que tomam no dia a dia.

Mesmo em épocas mais amenas como o outono, você vai encontrar altas temperaturas e chuvas passageiras durante à tarde.

Por isso, leve roupas leves e bastante proteção solar.

Cuba deixará de ser ‘Cuba’, só que não

No último ano, os Estados Unidos iniciaram uma reaproximação política e econômica com Cuba, um marco histórico para ambos os países. Daí surgiu-se a ideia popular de que na primeira esquina de Havana iria surgir um Mc Donald’s ou uma Starbucks e a magia de Cuba iria sumir! Calma.

Estando lá é possível notar que o processo de abertura será lento, a cultura socialista está muito arraigada à sociedade. O que quer dizer também que os Cadillacs da década de 50 vão ainda circular por um tempo nas cidades.

Porém é bom garantir e vivenciar um momento histórico como esse, vá assim que puder.

Há automóveis novos em Cuba

Carros novos contrastam com os veículos antigos de Cuba

Carros novos contrastam com os veículos antigos de Cuba

Coloridos e exuberantes, é fácil encontrar um “rabo de peixe” estacionado pelas ruas das cidades.

Mas a ideia de que só existem essas raridades por lá é errônea. Há sim carros populares e até SUVs de grande porte! Se quiser curtir e passear em um desses carrões, é fácil pegar táxis assim. Em Havana, próximo ao Capitólio, vários deles ficam estacionados e oferecem city tour por cerca de 30 CUC a hora. E também os ônibus para turistas são mais atualizados.

os “guaguas” são caminhões adaptados que transportam cubanos entre cidades (a um valor bem inferior, obviamente).

Wi-fi: HayInternetEnCuba

Praças em Cuba tem internet wi-fi pagas com cartão

Praças em Cuba tem internet wi-fi pagas com cartão

Atualizar o status do seu Facebook será sim uma tarefa fácil.

Nas principais praças das cidades e hotéis mais chiques, você encontrará rede wi-fi.

Basta comprar um cartão que lhe dará 1h ou 2h de acesso (3 CUC/hora), e navegar à vontade. O cartão é emitido pela empresa estatal Etecsa e pode ser comprado nas lojas espalhadas pela cidade ou nos guichês dos hotéis. Para adquirir, leve seu passaporte original.

 

Che e Fidel

Reprodução da foto mais conhecida de Che Guevara

Reprodução da foto mais conhecida de Che Guevara

A revolução socialista conduzida por Che Guevara, Fidel Castro e Camilo Cienfuegos foi um forte marco não só para a economia do país, mas também toda a filosofia de vida da sociedade cubana.

Por isso há muitos museus e monumentos que giram em torno da história da tomada de poder pelo grupo socialista.

Em Havana, a Praça da Revolução tem três marcos principais: a silhueta famosa de Che Guevara e sua célebre frase “Hasta la Victoria Siempre”; a silhueta de, uma importante figura, não tão conhecida por nós, Camilo Cienfuegos e sua frase “Vas Bien Fidel”; e o memorial José Martí, herói cubano.

Outro lugar para saber a fundo os passos dos revolucionários fica em Havana Vieja, bairro central de Havana, o Museu da Revolução. Além de outros pequenos museus e frases nos muros das cidades.

Uma boa dica é conversar com um local, muitos sabem bem a história de seu país.

Mojitos, mojitos, mojitos

Já falamos sobre o calor, não é? Agora imagina mojitos gelados sendo servido o dia todo nos bares da cidade?

A receita da bebida local mais pedida é à base de limão, club soda, ramos de hortelã e, claro, o rum. A bebida prima da nossa cachaça tem um sabor peculiar e pode se encontrar na versão clara e nas versões envelhecidas de 3 ou 7 anos, os “anejos”.

Há também o Daiquiri, uma versão ainda mais refrescante de drink, com limão, rum e bastante gelo batido.

Nas praias, experimente o drink Coco Loco, com água de coco dentro da própria casca, rum, gelo e açúcar.

Prepare o portunhol

Uma das coisas mais admiráveis que você irá encontrar em Cuba é o próprio povo cubano.

Geralmente muito simpáticos, os cubanos sempre tentam puxavr uma conersa e saber mais sobre você e seu país, principalmente nós, brasileiros.

Portanto, prepare seu “portunhol”! Eles fazem um esforço para nos entender, não tenha vergonha. Aproveite uma das coisas mais fantásticas que vai encontrar na viagem: boas conversas.

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*