Início / Viajei (relatos) / Cartão Postal / Segredos do Chile: o deserto de flores do Atacama
A insurgência de flores na aridez do deserto, Atacama - Chile

Segredos do Chile: o deserto de flores do Atacama

Por Gabi Saraceni

O Deserto do Atacama é famoso por ser o mais seco do mundo e por isso não é de se esperar que tenha um mar de flores sobre ele, correto? Errado!

Nossa incrível e sábia natureza guarda poderosos segredos em suas sementes, que mesmo sem água ficam ‘dormindo’ por anos até que venha uma milagrosa chuva (causada por fenômenos como El Niño), que as faça brotar.

O ‘Deserto Florido’ é conhecido por sua beleza exótica de espécies endêmicas (só nascem no país) e por sua raridade.

Keukenhof: como visitar o jardim de tulipas na Holanda?

 

Vale muito a pena sair dos roteiros comuns e ir para o deserto do Atacama, todo florido na primavera! Claro, por ser a mãe natureza que dita as regras do passeio, não é todo ano que acontece.

Para planejar melhor a viagem e ter sucesso nas fotos, fique de olho nos sites oficiais do Chile para saber se haverá floração no deserto ou não.

Em geral acontece de 5 em 5 anos ou mais.

Vegetação exótica no clima árido do Deserto do Atacama – Chile | Gabi Saraceni

Como visitar o deserto florido do Atacama?

Arbustos e flores de espécies endêmicas no Deserto do Atacama, Chile | Gabi Saraceni

Para visitar o Deserto Florido: de avião ou ônibus desde Santiago para as cidades de La Serena ou Chañaral.

De La Serena, tome outro transporte para o Parque Nacional Llanos de Challe, um pequeno e muito valioso parque à beira-mar, que guarda as mais belas e raras espécies da região.

Há trilhas bem fáceis e auto-guiadas, com informações bem legais das peculiaridades locais.

O melhor é ir de carro, mas há a opção de pegar um ônibus de Vallenar em direção à Carrizal Bajo (custa em torno de CLP 3.300 e sai 3 vezes na semana: segundas, quartas e sextas às 14h em frente ao Estádio Techado).

Onde ficar? Se quiser passar a noite, há a opção de camping (CLP 4.000), com água potável, banheiro e ducha fria.

De Chañaral, vá de carro para o Parque Nacional Pan de Azúcar. Uma opção é tomar um táxi, já que não há transporte público.

Parque Nacional Pan de Azúcar, no Atacama | Wikimedia

O parque é lindíssimo e oferece trilhas de até 10km – ao Mirador Pan de Azúcar. Barqueiros da região oferecem passeios de barco pela costa do parque, percorrendo praias e ilhas. Também tem opções de camping rústico e comércio (restaurantes e armazéns).

Que tal uma road trip?

DICA: o caminho entre as cidades de Vallenar e Chañaral está repleto de flores roxas, criando verdadeiros tapetes!

Vastos campos de flores entre as cidades de Vallenar e Chañaral | Pixabay

Por isso, vale a pena alugar um carro em Santiago para pegar a estrada e presenciar essa lindeza de espetáculo da natureza.

Conheça o Rosedal — jardim de rosas, em Buenos Aires

Muita Viagem

Blog com dicas e histórias de viagens.

É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

Tire a sua dúvida, comente. Participe!

O e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*