Início / Vasto Mundo / Estados Unidos / Enrascadas com carro alugado na Califórnia!
california-rua-carro-mulheres

Enrascadas com carro alugado na Califórnia!

Perdi US$ 2.200 em Los Angeles, e agora?

Quando eu lembro, nem eu mesmo acredito o que me aconteceu enquanto fazia viagem de férias na Califórnia. Já comecei a relatar esta minha “road trip” nos posts sobre o passeio de barco até a Ilha de Alcatraz, em São Francisco, voo de helicóptero no Grand Canyon, a furada que me meti nos casinos em Las Vegas, entre outras aventuras e relatos…

Meu roteiro na Califórnia teve início em San Diego, depois passei por algumas praias como San Clemente, San Luís Obispo, etc até chegar em Los Angeles. Assim como em minha viagem de intercâmbio no Canadá, cheguei a ficar em muitas casas de membros do Couchsurfing.

Desta vez não foram tantos, 4 no total! Estas hospedagens estavam no planejamento da primeira parte da viagem barata – de San Diego até Los Angeles.

Ver fotos de hotéis em Los Angeles e faça a reserva pela Booking 

marina-dana-point

Dana Point, um canto especial na Califórnia onde acontece o Doheny Days Festival.

Nesta primeira parte da viagem eu estava sem carro, pois o alugaria em Los Angeles para seguir até San Francisco, logo após minha ida, via aérea, até Las Vegas e voo de helicóptero pelo Grand Canyon.

Acontece que no meio da viagem, surgiu a oportunidade de ir ao Doheny Days Festival, um festival de rock que aconteceria em Dana Point, lá perto.

A Amtrak, empresa de trens na Califórnia, possui uma linha férrea que contorna o litoral californiano, contudo o trem não é tão frequente assim, e para poder ir ao show, tive que alugar um carro para chegar a tempo em LA para pegar voo até Las Vegas.

california-linha-trem-praia

O litoral californiano é incrível!

Dica: Para usar o trem na Califórnia, você compra o ticket em máquinas, e o mesmo é válido para as próximas duas horas.

metrolink

Máquina para comprar passagem de trem

Acontece que se você chegar às 09:00 na plataforma e já comprar o seu ticket, ele vencerá às 11:00. Se o seu trem passar apenas às 12:00, você terá problemas com o comissário de bordo e fiscal do trem.

Desse modo, primeiro verifique o horário que o seu trem passa na plataforma, e só 15 minutos antes compre o bilhete!

Eu vacilei e perdi um ticket, mas acredite, recuperei o dinheiro ao mandar um report para o setor responsável. Fiquei puto na hora, quando percebi que o ticket iria expirar sem eu ter feito a viagem.

Liguei para a central de atendimento em telefone próprio para isso instalado em algumas estações, anotei o protocolo e mandei uma carta via postal durante a viagem. Eles estornaram o valor via cartão de crédito!

Na dúvida, alugue carro com seguro!

Esta história ainda conta com mais uma cena cômica. Antes de dizer como perdi US$ 2.200 no aeroporto de Long Beach, em Los Angeles, irei contar esta outra cilada!

Aluguei um carro em Los Angeles para ir até Dana Point para ir a um festival! No dia que aluguei o carro, o cara da locadora propôs o seguro do veículo.

Como todo brasileiro mão de vaca com relação a estes itens, até mesmo em viagens internacionais, relutei em não contratar. Foi quando o cara indagou se eu iria pegar rodovia.

Confirmei que iria até Dana Point, então ele me alertou: – “amanhã é 11 de setembro”. Haverá muitos policiais pelas ruas e rodovias, é melhor ter o seguro para evitar ter o carro apreendido. Não sei se este seguro garante isto mesmo, mas não quis pagar para ver e acabei pegando o carro com seguro.

Sorte a minha, pois durante o trajeto não me atentei que as placas “toll” indicavam pedágio, e que para seguir na via rápida era preciso ter tipo o aparelhinho tipo do “sem parar”, ou seja, acabei pegando a marginal com pedágio sem o aparelho e passei sem pagar! Resumo da ópera: “dei uma de malandro sem querer” e sabe o que acontece quando o povo dá uma de malandro nos Estados Unidos? uuuóóóó…

Logo vi um carro de polícia na minha cola. Sorte, muita sorte que eu não estava com bebidas no carro (cheguei a pensar nisso, afinal estava indo para o festival!) e tinha pago o seguro!

Falei para o policial que não sabia e dei uma migué de que estava nervoso para ele pegar leve, e pegou! Mostrei os documentos e ele pediu mesmo o tal do comprovante de seguro do carro.

Eu me ofereci para pagar o valor do pedágio, mas ele disse que não iria precisar, e desta vez, ficaria apenas uma advertência oral, mas que na volta eu pegasse a via sem pedágio.

– Faça a sua reserva de hotéis ou hostels em Los Angeles pela Booking e ajude o blog

Naquele dia ainda perderia US$ 2.200 mil dólares…

Esta história do carro na estrada até é cômica, o lado mais azarado ainda estava por vir… Fui no show e curti bastante. Weezer ao vivo na Califórnia? Para poucos, hein?!

doheny-days-2011

um festival de rock alternativo na Califórnia

No dia seguinte, após o show, peguei o carro e fui para Long Beach, onde eu tinha um voo para Las Vegas. Na hora de marcar o voo de Los Angeles para Las Vegas optei pelo aeroporto de Long Beach (aeroporto bem menor do que o gigante LAX) por ter ficado hospedado ali em Long Beach e também porque as passagens aéreas eram mais baratas.

Cheguei no aeroporto e fui devolver o carro. Como eu estava com metade do dinheiro da viagem em espécie, ou seja, cash, verdinhas, doletas… carregava na mala um porta dólar com zíper. Foi meu hábito na viagem pegar uma nota de cem e ir gastando, acabava e eu sacava do porta mais US$100…

Antes de fazer o check-in na JetBlue do aeroporto de Long Beach, na hora que paguei o café e o brownie na cafeteria do aeroporto, achei melhor pegar mais uns US$300 do porta-dólar para deixar na carteira para gastos com táxi e alimentação em Las Vegas. Foi então que me dei conta de que havia deixado o porta-dólar com todo o meu dinheiro no console do carro!!

O carro que eu havia alugado tinha um compartimento para apoiar o braço e embaixo dele, uma espécie de guarda-treco. Meu treco, no caso, era todo o dinheiro que eu tinha em notas! Dois mil e duzentos dólares!!

Fui desesperado, ops! Desesperado, não. Primeiro fumei um cigarro e pensei o que deveria fazer – cancelar a viagem para Las Vegas e seguir até San Francisco? Ir para Las Vegas e voltar para o Brasil?

Eu teria apenas o dinheiro de cartão de crédito e mais um pouco em cartão pré-pago de viagem. Então, antes de ir atrás para ver se eu recuperaria o dinheiro ou não, havia decidido que eu faria a viagem até onde desse, mas que infelizmente teria que evitar gastos excessivos em Las Vegas.

Fui até a locadora Alamo. Aliás, não recomendo! Prefiram a Avis ou a Hertz. Conversei com o atendente que simplesmente não se responsabilizavam por objetos esquecidos. Contra-argumentei que havia acabado de devolver o carro e que se eu realmente tinha esquecido, deveria estar ali!

O cara consultou e viu que o manobrista havia levado o carro para lavar. Ligou para ele e perguntou se havia alguma coisa no local reportado. Falei para o cara que estava todo o meu dinheiro lá! Ele pediu para o manobrista trazer o carro de volta para que eu checasse. E claro que o dinheiro não estava mais lá, mas eu tinha certeza de que havia esquecido!

Ou seja, “you lose playboy” ou melhor “usted perdió playboy” porque o tal manobrista era mexicano. Eu estava desolado. A essa hora, já havia perdido meu voo para Las Vegas, estava sem grana e ainda bronqueado com minha burrice! Foi aí que apareceu quem? Um brasileiro!!

O outro manobrista da locadora de carros. Ele só comentou que tinha certeza que o mexicano havia pego e que era só eu ir até a polícia dentro do aeroporto. Lá fui eu!

Reportei todo o ocorrido para a delegada, que chamou dois oficiais, que solicitaram que ali, na frente deles, eu tirasse tudo da minha mala e checasse bolso por bolso de cada calça e blusa para eles terem este argumento contra o suspeito.

Logo entreguei o que o brazuca me disse! E também joguei uma em cima de questões diplomáticas, dizendo que se fosse no Brasil eu não ligaria, pois vivo lá e sei que as pessoas são malandras, mas que ali, nos Estados Unidos da América, jamais esperaria tal reação…

Após tirar tudo do mochilão e afirmar que eu realmente havia esquecido dentro do carro, pediram para aguardar ali. Fiquei conversando sobre futebol e outras questões culturais com a delegada, chega os dois de volta e falam – espera mais um pouco, nós vamos conseguir recuperar sua carteira.

– Pesquise onde ficar em em Los Angeles pela Booking

Passaram-se mais alguns minutos e o policial volta todo feliz com minha carteira em punho. Contou nota por nota na minha frente! No total eu tinha lá US$ 2.300. A delegada elogiou os caras – you guys are awesome, só emendei um – you guys are fucking awesome!

Um deles me acompanhou até a porta do avião. Pensei em dar uma nota de cem para cada um, mas imagino que os dois fizeram tudo isso por questão de saber servir a população e também os turistas. Nunca consegui elogiar os caras depois, portanto vale dizer aqui um “thank you very much“!

Obrigado por recuperar meu dinheiro e azar por tê-lo gasto tão depressa depois em Las Vegas… enrascadas de viagem!

Fotos: Muita Viagem

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

3 Comentários

  1. Excelente seu texto sobre a Califórnia. Que tristeza perder a grana da viagem… nem sei o que eu faria. Acabei de fazer a viagem de LA a SF (na verdade, parei em Palo Alto, um pouco antes de SF, pois era o meu destino final e fui para SF no final de semana) pela HWY 1. Alugamos o carro na Avis do aeroporto e foi uma boa experiência, pudemos devolver em Palo Alto, sem custos adicionais. Uma alternativa muito bacana e mais barata que procurar hotel no booking é dar uma olhada no site do airbnb. Ficamos (meu marido e eu) em um estúdio super confortável, por um preço bem melhor que hotel. Claro que tem que querer viver mais o clima da cidade, mas é uma excelente opção para quem está disposto!

  2. Caramba que história!! hahaha to indo pra LA e LV sozinho e to procurando por dicas, to pensando em alugar o carro aqui mesmo no Brasil, e lógico que depois dessa dica, tomar muito cuidado com dinheiro, não que eu vá levar mais de 2 mil dólares kkkkkk até pq 3,30=1,00 real quase me fez desistir, mas a passagem já está comprada, logo, vou mesmo assim…

  3. Adorei o relato! Senti sua agonia e desepero! Ainda bem que o final foi feliz! kkkk

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*