Início / Antes da Viagem / Guia com dicas para viagem mochilão na Ásia
Ha Long Bay

Guia com dicas para viagem mochilão na Ásia

Guest Post – Tiago Relvão

10 dicas antes de viajar de mochilão pela Ásia!

Depois de ter feito primeiro mochilão com duração de 8 meses pelo Sudoeste Asiático, em 2009, o  blogger português que escreve de Portugal no seu blog 125Azul.com vai voltar agora a esta região, no seu segundo mochilão de volta do Mundo.

Conta-nos aqui tudo que é preciso para planejar primeira viagem mochilão à Ásia:

1) Quando ir? Como é o Clima

No Sudoeste Asiático está sempre quente e húmido. Os países continentais (Myanmar, Laos, Cambodja, Tailândia e Vietnã) partilham o mesmo clima, com o “Inverno”, ou seja, mais fresquinho, de Dezembro a Fevereiro (época alta!) e o “Verão”, mais quente, de Março a Maio.

As monções, com chuvas torrenciais de uma ou duas horas, seguidas dum sol imediato, duram de Junho a Outubro. Não são os meses ideais, mas consegue-se viajar à mesma! (com mais dificuldade no Laos, Cambodja e Myanmar, onde as estradas podem ficar inundadas!)

Na Península Malaia, (sul da Tailândia, Malásia e Singapura) também há duas monsões: de Novembro a Fevereiro, na costa Este. De Maio a Outubro na costa Oeste.

Na Indonésia a melhor época para visitar é de Maio a Setembro, A chuva começa em Setembro na Ilha de Sumatra e dirige-se para Este, onde chega a Timor Leste em Novembro/Dezembro.

A melhor época para visitar Timor é de Abril a Junho.

Janeiro e Fevereiro são os meses secos nas Filipinas, e por isso a melhor época para visitar.

Há uma certa probabilidade de Tufões atingirem as Filipinas e o Vietnã entre Junho e Outubro!

2) Voos diretos e passagens aéreas

O voo do Brasil para o Sudoeste Asiático não vai demorar menos de 24 horas! Não existe voo direto, e a melhor opção é normalmente fazer escala na Europa ou no Oriente Médio utilizando a Turkish Airlines, Qatar, Ethiad ou Emirates, consoante a que tiver melhores tarifas na altura.

O melhor ponto de entrada para uma primeira visita ao Sudoeste Asiático é Bangkok, mas Kuala Lumpur e Singapura também são bons pontos de partida, porque têm muitas passagens aéreas baratas e passagens promocionais com empresas aéreas e voos Low Cost que permitem chegar rapidamente a qualquer sítio da região.

Passagens aéreas! Leia nossas dicas para conseguir encontrar passagens aéreas em promoção relâmpago e passagens aéreas promocionais para Ásia com escalas na Europa ou Oriente Médio para obter os melhores voos para o Sudoeste Asiático.

Tanto país, tão pouco tempo. Onde ir numa primeira viagem?

Como é um região distante e cara para lá se chegar, convém ir no mínimo 3 semanas, idealmente um mês! Para uma primeira visita, os sítios obrigatórios a ir são:

  1.  Tailândia
  2. Cambodja
  3. Vietnã

Se viajar com um ritmo mais rápido, aproveite para ir ao Myanmar, o sítio menos turístico da região, muito autêntico e diferente de tudo o que já viu!

3) Vistos para Viagem na Ásia – Vietnã, Bangkok, Cambodja, Tailândia

Para Brasileiros, o processo de obtenção de vistos de turismo é relativamente fácil, mas varia de país para país. Traga fotos de passaporte e dolares para pagar as taxas. Estas são os procedimentos por país:

Precisa de Visto Antecipado: Myanmar e Vietnã. Para o visto para o Myanmar, maneira mais fácil é tirar na Embaixada em Bangkok, que demora de 1 a 2 dias úteis.

Para o visto para o Vietnã, pode tirar Online se chegar ao país de avião, num website como http://www.vietnamvisacenter.org/.

Se chegar por terra o mais fácil é tirar no Brasil, na embaixada do Vietnã. Também o poderá tirar facilmente na embaixada do Vietnã em Bangkok ou no Cambodja.

Pode tirar o visto na Entrada: Laos, Cambodja

Não precisa de Visto: Tailândia

– Documentos para mochilão na América do Sul

4) Vacinas

Para viajantes vindos da América do Sul a Vacina Amarela é obrigatória.

Com alguns meses de antecedência deverá visitar o Centro de Atenção ao Viajante, para ter aconselhamento profissional sabendo que normalmente:

  • Vacinas da Hepatite A e Febre Tifóide são recomendadas.
  • Vacinas da Encefaltie Japonesa é só recomendada para quem vai passar longas temporadas nas zonas rurais (não é o caso do turista normal).

A probabilidade apanhar malária é muito reduzida, especialmente quando não se vai passar muito tempo nas zonas rurais/selva.

A melhor dica para evitar picadas de mosquito são repelente à base de DEET (40% A 50%).

5) Segurança

O Sudoeste Asiático é um lugar bastante seguro, especialmente se compararmos com as grandes cidades da América do Sul! Porém os cuidados normais em todas as grandes cidades, sobretudo com carteiristas, são recomendáveis.

O maior problema do Sudoeste Asiático são os esquemas que visam turistas, ou por cobrar preços mais elevados, ou com agências de viagens e hotéis que são cópias dos verdadeiros estabelecimentos de qualidade!

Tenha especial atenção quando um taxista ou alguém na rua tenta o trazer para uma agência de viagens ou hotel!

Tente escolher com antecedência os seus hotéis e com quem vai fazer as suas tours, utilizando a Internet e verificando as opiniões de outros viajantes!

6) Custos e dinheiro

Bem vindo a uma das regiões para viagens baratas no mundo. A Ásia é um dos continentes mais baratos para viajar!

Se tiver em modo mochilão, conseguirá fazer um orçamento de 20 a 30$ por dia por pessoa, ficando mesmo em quartos privados com ar condicionado.

Com 50$ por dia por pessoa, conseguirá ficar em hotéis bons, e comer em restaurantes de qualidade acima da média!

É fácil levantar dinheiro nas caixas automáticas, que estão por todo o lado. Mas traga dólares porque é uma moeda de uso corrente.

7) Como viajar

Se chegar a Bangkok, a maneira mais fácil e barata de viajar será de ônibus, ou mini bus.

A indústria do turismo está tão desenvolvida que haverá oferta de transporte no seu hotel ou nas agências de viagem a oferecer viagens entre os destinos turísticos, em mini bus, com ar condicionado e confortáveis, a preços muito bons!

Para trajetos mais longos, utilize companhias aéreas como a AirAsia (a maior companhia low cost da Ásia), Lion Air, JetStar, Vietjet ou Tiger.

Outra dica é o comboio, que poderá ser uma boa opção na Tailândia, ou mesmo no Vietnã para viagens noturnas mais baratas.

8) Onde ficar a dormir/como reservar

Há imensa oferta de hotéis, guest houses, para todas as bolsas no sudoeste asiático.

– Procure hotéis na Ásia pelo Booking

Não tem de se preocupar em reservar com antecedência. Dirija-se às zonas mais turísticas, e visite alguns hotéis, regateie o preço antes de tomar uma decisão. Mais prático e conveniente, é na véspera ir a um website como booking.com e comparar preços, fotos e comentários de antigos clientes e reservar online.

9) O que levar na mochila

O MÍNIMO Possível. O Sudoeste asiático é o paraíso das compras, a preços muito legais, como todo o tipo de oferta, do bom, do mau, do barato, do caro, do original e das falsificações.

Tirando a zona da montanha do Vietnã, não vai ter frio. Traga roupa leve, (calças e mangas compridas leves, se tiver problemas com mosquitos) e um casaco impermeável para quando chove! Traga um “sarong” se fôr preciso para entrar nos templos.

10) Ideia de Roteiro de 25 dias no Sudoeste Asiático

roteiro-sudoeste-asia

Se tiver mais uns dias, não perca a oportunidade de ir ao Myanmar. Se não, corte a parte central do Vietnã, voando direto de Ho Chi Min até HaNoi (procure promoção relâmpago de passagens aéreas) e deixe as praias e o descanso para o Brasil.

Encontre uma promoção e vá ver que o Myanmar vale a pena!

About The Author

O Tiago Relvão é um viajante que prefere uma conversa a um monumento, uma boa refeição a um museu e a aventura ao conforto. Escreve acerca dos +50 países que já visitou e da sua volta ao mundo no seu blog 125Azul.

4 Comentários

  1. Vietnam Visa Embassy from 15$, Visa to vietnam Eassy and Fast:)

  2. Ola pessoal, boa tarde!

    Com esse roteiro de 25 dias, gasta quanto em média, tirando a passagem aérea?

    Obrigada!

    Fernanda

  3. Gostei bastante do seu roteiro, mas gostaria de saber quantas noites passou hospedado? Nas viagens de trem pode ser feita a higiene pessoal. Sou mochileiro de primeira viagem, então fico um pouco em duvida qnt a locais para passar a noite.

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*