Início / Souvenir / Fundo da Mala / Belezas submersas, mergulho em Porto de Galinhas
boca-da-barra-porto-de-galinhas

Belezas submersas, mergulho em Porto de Galinhas

Um pouco de história – Porto de Galinhas, de porto de chegada de escravos a uma das melhores praia do Brasil. O destino a  é um dos preferidos dos brasileiros e pessoal que mora nas capitais do Nordeste.

Embora a galinha tenha virado um ícone local nas ruas e lojas de artesanato, Porto de Galinhas não recebeu esse nome pela atividade de criação ou comércio das aves. A história remonta ao ano de 1850, com o comércio de escravos proibidos no Brasil.

O desembarque clandestino na região era comum no século 19. Os navios atracavam com os porões cheios de escravos e uma forma de burlar a fiscalização era cobri-los com engradados de galinhas D’Angola, que também era comida preferida da Corte. 

A senha secreta da tripulação para os traficantes de escravos era “tem galinha nova no porto”, que significava que uma nova remessa deles havia chegado da África. E daí surgiu o nome Porto de Galinhas.

Festas de Ano Novo no Nordeste

Viagens baratas no Nordeste brasileiro 

Passeios e atrações turísticas em Porto de Galinhas

Mergulho em Porto de Galinhas

Uma das atividades mais procuradas por turistas para fazer em Porto de Galinhas é o mergulho nos arrecifes e corais. Além de diversos pontos de mergulho com muitos peixes e animais marinhos, a costa de Porto de Galinhas ainda reserva grandes navios naufragados, locais ideais para fazer mergulho!

Para quem nunca mergulhou, poderá fazer o batismo, uma primeira experiência, fazendo mergulho em águas rasas com até 5 metros de profundidade, acompanhado de um instrutor. Após o batismo é possível fazer curso de mergulho e experimentar mergulhos mais profundos.

Das piscinas naturais aos navios naufragados…

mergulho-porto-galinhas

Para quem nunca mergulhou, as piscinas naturais são chance para o snorkeling. | Foto: Rodrigo Teixeira

Mergulhar no mar de Porto de Galinhas é um espetáculo à parte, os arrecifes abundantes, os naufrágios e a riqueza de espécies marinhas são pontos de encontro de mergulhadores. Não muito longe da costa, na cabeceira dos arrecifes, ao mergulhar nesse universo colorido marinho é possível ver tartarugas marinhas, arraias, dentões, moreias, lagostas, polvos, uma infinidade de cardumes e até tubarões.

Diving

Para mergulhar em mar aberto é preciso curso de mergulho em escola credenciada | Foto: Derek Keats

Outros pontos de mergulho em Porto de Galinhas são a Boca da Barra e o Poço da Paixão, uma extensão de arrecifes a cerca de 200 metros da praia, onde o mergulhador pode nadar entre linguados, peixe-pedras, dentre outros. A profundidade deste ponto de mergulho é de aproximadamente 12 metros.

Além destes pontos de mergulho, para quem tiver mais experiência, poderá fazer mergulho na lage de arrecifes em forma de bolo, por isso chamado de Bolo, com profundidade em torno de 25 metros, bem como no Tacaíba, outra lage de arrecifes a 3 quilômetros da costa e uma profundidade de cerca de 18 metros.

Qual a melhor época para mergulho?

Toda essa beleza submersa pode ser apreciada em baixa profundidade nos arrecifes próximos à praia, na melhor época de mergulho que vai de Outubro a Março. Setembro e Abril são meses de transição. A temperatura media da água é de 27°C, e as condições de visibilidade muito boas.

A vila mantém uma boa infraestrutura para mergulho livre, feito com máscara, snorkel, nadadeiras e colete, o de batismo com instrutores e guias e cursos básicos, avançados e de outras especialidades. Sim, não deixe de registrar os momentos fotografando e filmando a aventura marinha. As agências costumam oferecer estes serviços.

Praia Sem Barreiras

O projeto prevê a acessibilidade para o mergulho às pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. Quatro cadeiras anfíbias, uma esteira de acesso ao mar de 10 metros de comprimento e quatro profissionais da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Rodas da Liberdade, capacitados para o banho assistido, fazem parte do projeto em Porto de Galinhas, que oferece o serviço gratuitamente.

Para quem quiser desfrutar de um passeio de jangada adaptada com cadeiras anfíbias para R$15. Já o mergulho adaptado custa aproximadamente R$250, que poderá ser feito apenas para quem apresentar laudo médico. Além disso, é preciso atenção à maré, pois o projeto só funciona na maré baixa de quinta a segunda-feira. O projeto está localizado na Rua das Piscinas Naturais, próximo ao restaurante Peixe na Telha e Encontro dos Mares.

Escolas de mergulho em Porto de Galinhas

Para mais informações sobre mergulho e esportes náuticos acesse o site Brasil Mergulho.

Muita Viagem

Muita Viagem - Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

2 Comentários

  1. Oi gente, vcs indicam qntos dias em porto de galinhas, dois/tres?! ou em um dia da pra fazer batismo e um dia conhecer o resto
    bjs

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*