Início / Na Viagem / Dicas / 11 dicas de etiqueta para viagens de avião
Voo de madrugada 2015

11 dicas de etiqueta para viagens de avião

Viajantes frequentes, com mais quilometragem, sabem que viajar de avião é uma arte e seguir regras de etiqueta no voo faz parte.

Sou comissário de bordo a mais de 5 anos e entendo bem o comportamento de passageiros.

Consigo identificar de longe passageiros mal educados, quem tem medo de viajar de avião, aquela pessoa que está viajando pela primeira vez, se a passagem aérea foi paga pela empresa para uma viagem de negócio, etc.

Passagens aéreas baratas de madrugada: encontre voos em promoção!

O comportamento de passageiros diz muito do que são. Outro dia, li artigo da colunista Lucy Kellaway, do Financial Times, onde cita o exemplo de imobiliária que usa a recepcionista do escritório para avaliar o perfil dos clientes.

A recepcionista oferece café, tenta conversa, e logo em seguida dispara um e-mail para o chefe dizendo quem disse obrigado, foi gentil ou mal olhou nos olhos, pior, se entrou falando alto no celular sem apresentar-se.

Com esta ideia na cabeça, a jornalista foi até a recepção do jornal observar, e constatou, como constato todos os dias – quando chega a passar mais de 600 pessoas nos meus voos como comissário de voo, o comportamento no ambiente diz muito sobre uma pessoa.

bagagem-viagem

Americanos e europeus, são em maior porcentagem, mais educados, perfil de público com experiência de viagem. São conscientes da proibição de bagagens na saída de emergência, respeitam as instruções de segurança e costumam agradecer sempre.

Uruguaios são os mais educados dentre as nacionalidades da América do Sul. E ainda (polêmica) acho argentinos mais comportados do que brasileiros.

– Check-In: O que fazer antes de embarcar no avião?

Como se comportar em viagens aéreas?

1- Em voos curtos, peça água!

Voos com até 1 hora de duração são extremamente corridos. A principal função do comissário de bordo – a segurança de voo, fica comprometida com a dinâmica que é atender mais de 150 passageiros, servindo bebidas e snacks em menos de 30 minutos sem que o sinal luminoso de cinto de segurança esteja desligado, quando não há turbulências no voo!

Para ser um passageiro legal, nestes voos, peça somente água, ainda mais se for um horário que acabou de almoçar ou terá tempo de comer apropriadamente no seu destino. Ou ainda, já solicite antes do embarque e até beba água no aeroporto antes de embarcar. É sempre bom andar com água!

Dica extra: Não fale que é água para remédio, mesmo que seja, iremos lhe oferecer assim que possível.

Vai viajar, mamãe? Dicas para viagens de avião com bebê e criança de colo

2 – Permaneça sentado até a parada final da aeronave

Permaneça sentado até que os primeiros passageiros comecem a desembarcar. Ficar em pé não faz com que o desembarque seja mais rápido.

Já ouvi de passageiro dizer que ficar em pé com o avião a menos de 40 km/h taxiando na pista do aeroporto não tem perigo, já que a 15 mil pés de altitude, com o avião a mais de 800 km/h ele anda normalmente no corredor.

Acontece, “meu senhor”, que é muito mais perigoso uma freada brusca no solo com o avião a 40 km/h, até que não tenha parado totalmente (especialmente se um dos bagageiros estiver aberto e malas caírem na cabeça de passageiros, os quais os responsáveis pela segurança e bem-estar são os tripulantes). Portanto, fique sentado até a parada total da aeronave e a abertura da porta.

Como saber quando abriu as portas do avião? As luzes de chamada de comissário de voo ficam todas acesas quando a porta da aeronave foi aberta. Fique de olho, pois muitas vezes há desembarque por outras saídas.

Primeira vez? dicas para primeira viagem de avião

3 – Leia, ouça, antes de perguntar

Estou uniformizado, à frente de placa com lista de linhas aéreas de um dos terminais do aeroporto de Guarulhos e ouço a seguinte frase “check-in da KLM” Hã? Hein? Senhor, apesar de trabalhar no aeroporto eu não sei muito bem, parece que tem placa aqui ó!!

Eu não ligo de ajudar as pessoas com tanto que elas realmente precisem ou ao menos sejam educadas. Uma vez já desci do 2.º andar do aeroporto de Guarulhos com um senhor de idade que precisava pegar o ônibus que faz o translado até o Terminal 4. E estava atrasado para fazer um voo, mas senti que se eu não o fizesse, o senhor ficaria perdido e perderia o seu voo.

Agora, muita gente não quer nem saber se você está no telefone, simplesmente acham que por você estar de uniforme deve dar informação. O fato é que nem sempre eu sei, trabalho a bordo do avião e muitas vezes não sei de regras aeroportuárias e mal conheço o aeroporto em questão.

É preguiça de ler de brasileiro. Quantas vezes as pessoas perguntam sem ao menos ler uma única placa? Chegam correndo e perguntado para quem aparecer na frente com uma cara mais amiga ou por estar de uniforme.

Perco a conta de quantas vezes sou abordado a cada dia que vou para o aeroporto. E o pior é que há sinalização, é fácil se localizar. Eu faço isso quando viajo por países que nem falo o idioma e que muitas vezes é preciso traduzir as placas. Custa parar, se localizar, olhar as sinalizações e fazer pelo menos uma tentativa por si só antes de perguntar?

4 – Ei, psiu! (É a PQP)

Você tem nome e o comissário também. Jamais chame ninguém por “Ei, psiu!”. Pior ainda, já ouvi um “pssssssssssssiu”. Tive vergonha alheia.

Todo mundo gosta de ser reconhecido. Tratar a pessoa pelo nome quando ela usa crachá de identificação é um gesto de educação e respeito pela profissão, que pode te providenciar empatia do atendente do aeroporto, voo, estacionamento, etc que fará a diferença na sua viagem.

5 – Respeitar o espaço do passageiro ao lado

Escolha o assento ideal para você. Gosta de levantar para ir ao banheiro muitas vezes? Então, escolha um assento do corredor. Já se prefere ter o controle de fechar a cortina da janelinha e encostar para dormir, fique na janela.

Ler um livro é o melhor para fazer durante um voo de cruzeiro. Ou leve filmes no celular ou tablet e o seu próprio fone de ouvido. Hoje em dias as companhias aéreas não costumam ter estes itens a bordo nos voos domésticos.

6 – Higiene a bordo

Independente de onde você estiver, se for viajar de avião, vista-se adequadamente e cuide da higiene pessoal. E evite usar o banheiro do avião para fazer o número 2.

Ao devolver os materiais do serviço de bordo, tente arrumar a sua bandeja sem ter muito líquido nos copos e as embalagens organizadas e cobertas com o guardanapo. É uma gentileza e tanto!

Cuidados com a saúde durante viagens aéreas

7 – O avião não tem corrimão, não fique em pé!

Não ficar em pé no embarque para ver se a saída de emergência fica livre é tão importante quanto levantar em voos de mais de 2 horas para ativar a circulação, beber água e ir ao toalete, porém não seja um obstáculo no corredor do avião que é estreito demais para ficar o voo todo em pé!

Os braços dos assentos não foram fabricados para usar de assento.

8 – Não seja o mala da viagem

Fique atento aos limites de bagagem. Não reclame se a sua bagagem de mão tem excesso de peso e não peça ajuda para colocar no bagageiro se ela está pesada demais. Neste caso, despache.

Sacolinhas não são permitidas nem nos supermercados mais, no avião, evite-as também. Aquele monte de sacolas não ajuda na acomodação das bagagens. O correto é um volume por viajante. Leia mais sobre bagagem aqui.

9 – Voos de madrugada

Em voos de madrugada é importante quem não gosta de barulho prevenir-se levando o seu próprio fone de ouvido ou protetor auricular. Até mesmo em voos de madrugada, o avião pode ficar longas horas com a luz da cabine acesa, então previna-se e leve também viseira tapa olhos para cair no sono.

10 – Gentileza ao esperar a mala na esteira

Evite ficar com um carrinho de malas em frente à esteira onde todos os passageiros ficam aglomerados aguardando as malas despachadas. Dê espaço para as outras pessoas enquanto não vem a sua bagagem.

11 – Leia blogs de viagens com dicas

Ler sites e blogs de viagens com dicas na hora de viajar de avião é uma ótima forma de fazer uma viagem tranquila.

Recentemente publicamos o post checklist para viagem de avião com dicas preciosas para quem tem uma viagem programada, entre outras dicas.

O G1 tem checklist legal para quem vai viajar pela primeira vez de avião, como escolher a roupa para viajar, por ex. É preciso levar em conta a temperatura do lugar de saída e do destino. Roupas meia estação são a melhor pedida.

O Melhores Destinos também tem um Manual do bom viajante que vale muito a leitura com dicas de comportamento em diversas etapas da viagem.

No mais, tenha uma boa viagem!

Tem alguma dica na hora de viajar de avião? Escreva nos comentários e enriqueça a discussão!

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

12 Comentários

  1. Brasileiro não le, é mal educado, relaxado e preguiçoso. E acha que ganha tudo no grito. E não adianta falar que só deram barrinha e água, eu não sou dono da cia aérea e não dou reembolso. Quer comer bem? Vão a uma churrascaria, não a um avião.

  2. Infelizmente não há uma única palavra que eu possa contestar. Está cada dia mais insuportável viajar de avião. Vejo a maneira como as pessoas tratam os comissários e sinto vergonha alheia. Só não lembro em nenhum dos equipamentos que voei de as “luzes de comissários” acenderem quando as portas se abrem. Já vi as de atar cintos apagarem. Enfim, torço pra que alguém leia o texto. Sem mais.

    • Olá Sandro! Como a Luciana comentou assertivamente, a indicação das “luzes de comissários” acesas não servem como regra geral.

      E muito bem observado! As luzes de “atar os cintos” costumam sim ser desligadas pelo comandante quando a aeronave está em solo, mas acho que também não serve como referência, pois no embarque costumam ficar acesas indicando que a aeronave está sendo reabastecida, e por vezes, o co-piloto esquece de desligá-las em solo. Fator humano.

      Por fim, o importante é respeitar e ser educado com todos a bordo e saber que o avião é um meio de transporte coletivo. Boa viagem!

  3. O post é interessante e verdadeiro, exceto pelo fato de afirmar que “todas as chamadas de comissários ficam acesas quando as portas são abertas”, isso pode ser realidade em alguns modelos de aeronave, mas não é regra geral, não deveria ser dado como dica.

    • Obrigado pela atenção. Você tem razão, Luciana! Esquecemos de dizer que a regra serve apenas para os modelos Airbus. Você saberia dizer se há alguma indicação sonora ou luminosa quando são abertas as portas de aviões modelo Boeing?
      Por fim, acredito que a regra de etiqueta aqui é aguardar sentado até que as pessoas sentadas à frente comecem a desembarcar, concorda?
      Boa viagem!

  4. Deve-se destacar que em todo povo há exceções, mesmo na Europa os Italianos têm um âbito grosseiro igual ou pior ao dos brasileiros. Sou tripualnte de navio e passar 7…14 dias com pessoas mal educadas é ainda pior, só pra constar.

    • Oi Patterson. Se ficar a bordo com 150, 200 pessoas a bordo em um voo de no máximo 6 horas, imagino como deva ser com tantas pessoas em um navio. E realmente os latinos não tem boa fama com etiqueta e educação quando viajam, mas também não devemos generalizar e claro, sempre cada um fazer a sua parte para uma viagem agradável. Boa viagem!

  5. comandante Genário Peixoto

    Só viajo na ultima fileira para não ter nenhum mal educado com joelhos nas minhas costas ou puxando meu assento com força para apoiar-se ao levantar. Outra coisa chata; passageiro que fica trocando de lugar durante vôo. Passageiro em vôos na madrugada conversando alto e assuntos caseiros. Uma nova onda está acontecendo ultimamente. Comissários mais novos em grande papos e conversas pessoais sempre na parte traseira do avião, obrigando o passageiro participar da conversação. As vezes o papo é em tom alto e irritante. Se o passageiro voa pela primeira vez ou quase nao voa, até se interessa, mas o frequente, se incomoda.

  6. Sugiro um dispositivo que trave o cinto de segurança quando a aeronave tocar o solo e so libere quando a porta for liberada para desembarque nos voos domestico, o brasileiro so aprende no chicote mesmo

  7. Boas hoje aeronaves parece pau de arara pessoas estão levando mais que uma mala .n hora do embarque deveriam ver se a mala e do peso ideal é o tamanho

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*