Home / Na Viagem / Dicas / Projeto Tamar: dicas de turismo ecológico em Noronha

Projeto Tamar: dicas de turismo ecológico em Noronha

Situado no Nordeste do Brasil, em meio às águas do Oceano Atlântico, Fernando de Noronha está instalado no topo de uma cordilheira submarina de origem vulcânica.

O arquipélago abrange uma área de 26 m², sendo 17 km² de superfície emersa. Distante 545 km da costa pernambucana, Noronha é formado por 21 ilha e ilhotas, além de dezenas de rochedos isolados.

Refúgio de espécies marinhas raras, possui duas unidades de conservação – Parque Nacional Marinho e Área de Proteção Ambiental. Quem cuida dessa natureza exuberante é o Projeto TAMAR sob coordenação do ICMBio.

– Roteiro com dicas de viagem para Fernando de Noronha

Projeto TAMAR em Fernando de Noronha

Além dos inúmeros passeios que Fernando de Noronha oferece, outra oportunidade dada ao visitante é integrar-se às atividades do Projeto TAMAR.

Fundado no início da década de 1980, o Projeto TAMAR surgiu com o objetivo de proteger espécies de tartarugas marinhas ameaçadas de extinção no litoral brasileiro.

É um dos segredos de viagem que vale a pena ser compartilhado para quem pretende conhecer melhor a ilha de Fernando de Noronha.

Expedições de biólogos em busca de tartarugas, palestras diárias, trilhas e projetos do instituto são algumas das atividades para conhecer melhor os segredos da ilha.

E, para quem reclama que é Fernando de Noronha é uma viagem cara, todas as atividades do Projeto TAMAR são grátis!

Palestras sobre Ecologia

Diariamente, sempre às 20h, acontecem palestras sobre ecologia no auditório do Projeto.

Com acesso gratuito, as palestras abordam temas específicos como Golfinhos-roteadores, Tubarões, Atol das Rocas e as Tartarugas Marinhas. Após as palestras, costuma ter shows e eventos culturais por lá, especialmente aos finais de semana.

Ciclo de Palestras Ambientais

Há mais de 21 anos acontece o Ciclo de Palestras Ambientais, todos os dias da semana no auditório do Centro de Visitantes Museu Aberto das Tartarugas Marinhas, das 20h ás 21h.

O Ciclo de Palestras é um marco no que concerne à educação ambiental para os visitantes, turistas e moradores da ilha, com ampla abordagem de temas relacionados à flora e à fauna local (tartarugas marinhas, golfinhos, tubarões, aspectos sociais e históricos), bem como outros aspectos do arquipélago.

As palestras ambientais do Projeto TAMAR se caracterizam como uma forma de interpretação ambiental, e podem sensibilizar o público sobre a importância da conservação.

A programação das palestras é feita semanalmente*. Na maioria das vezes, temos uma base de programação onde as palestras são distribuídas desta forma:

Segunda-feira: PARNAMAR DE FERNANDO DE NORONHA

Terça-feira: AS TARTARUGAS MARINHAS E O PROJETO TAMAR

Quarta-feira: GOLFINHO ROTADOR e o PROJETO DO GOLFINHO ROTADOR

Quinta-feira: VIVENDO NORONHA

Sexta-feira: TUBARÕES: O ANIMAL ALÉM DO MITO

Sábado: PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

Domingo: DESVENDANDO A VILA DOS REMÉDIOS

*No entanto, como não é uma programação fixa, não é possível garantir com muita antecedência o tema para determinado dia baseado no descrito acima.

Tartarugas marinhas

tamar-icmbio-noronha-2014Abrigo seguro para as tartarugas verdes, algumas praias de Fernando de Noronha, são usadas como espaço de desova das tartarugas marinhas, que aproveitam a areia para fazer seus ninhos e depositarem depositarem seus ovos.

Duas vezes por semana (às segundas e quintas-feiras), os biólogos saem na captura e marcação das tartarugas na Baía do Sueste e permitem que turistas acompanhem gratuitamente este trabalho.

É uma atividade grátis e muito legal!

Soltura de filhotes de tartaruga marinha

soltura-filhotes-noronha

Filhotes de tartaruga verde em Fernando de Noronha. | Foto: Projeto TAMAR

Outra atividade grátis e muito legal do Projeto Tamar, mas que não acontece sempre, é a soltura de filhotes de tartaruga.

A soltura dos filhotes é feita durante a temporada reprodutiva, período que vai de Janeiro a Junho. Em geral, a soltura acontece no final da tarde, às 17h30, antes do pôr-do-sol.

A atividade para acompanhar a soltura das tartarugas é restrita a apenas poucos visitantes por dia. Informe-se sobre a agenda da atividade na sede do ICMBio assim que chegar na ilha.

Soltura Pública e Abertura Pública de Ninho

As solturas de filhotes e aberturas públicas de ninho são realizadas pela equipe do Projeto TAMAR entre os meses de fevereiro a junho.

O visitante deverá se informar no centro de visitantes do Projeto TAMAR sobre a atividade (local e horário), uma vez que a mesma não pode ser prevista com antecedência. Apenas durante o período da manhã do dia em que a atividade será executada, a equipe do Projeto TAMAR informa as pousadas e parceiros da ilha.

As solturas de filhotes são sempre realizadas as 18h. Para participar desta atividade não é necessário realizar agendamento, pois não há um limite de pessoas.

Captura Científica de Tartarugas Marinhas

A programação da Captura Científica de Tartaruga Marinha é elaborada e modificada mensalmente, o interessado deve se informar do horário e local no centro de visitantes do Projeto TAMAR e é importante ressaltar que não podemos prever o tempo de duração desta atividade, uma vez que sua realização depende de diversos fatores naturais. Porém, um pesquisador leva entre 20 a 40 minutos para capturar uma tartaruga e levá-la até a praia.

Trilha da Atalaia

praia do atalaia

Praia do Atalaia, em Fernando de Noronha

Para fazer a trilha curta da Atalia é obrigatório que o viajante agende uma data na sede do ICMBio, na Vila do Boldró, em Fernando de Noronha.

O passeio é grátis, mas deve ser acompanhado de guia. A trilha leva até um mergulho na piscina da Atalaia, possível apenas na maré seca, por isso a necessidade de agendar a visita.

Como todas as trilhas da ilha, há um número limite de visitantes por dia, por isso, ao chegar em Fernando de Noronha já busque informações e agende previamente estas atividades.

O agendamento pode ser feito com até 10 dias de antecedência na sede do ICMBio, lá na Vila do Boldró, ao lado do Projeto TAMAR.

Costumo dizer que um dia grátis na ilha o Projeto TAMAR te garante.

Pela manhã você faz o passeio de captura e marcação das tartarugas, à tarde a trilha da Atalaia e à noite, palestra. Pronto! Já conseguiu economizar na viagem!

About Danilo

Antes de começar o Muita Viagem, fui Relações Públicas e Comissário de Voo. Vivi no Canadá, fiz longas viagens nos Estados Unidos e alguns roteiros na Europa. Já estive em todas as capitais do Brasil, e em mais de 20 países pelo mundo. Quero conhecer o Oriente Médio, África e Ásia.

4 comentários

  1. Adoro o Projeto Tamar!! Já conheci o da Praia do Forte e o de Ubatuba!

  2. lucineide m.b.m.kitagaki

    Gostaria de ser voluntaria do projeto, como posso participar?

  3. BEATRIZ DA ROCHA DALZOTO

    Minha filha adora o projeto Tamar prometi que levaria ela de presente de 15 anos como conseguir preço acessivel

Comente aqui

O seu e-mail não é publicado. Preenchimento obrigatório *

*