Início / Antes da Viagem / Dica de hotel em New Orleans – Hostel St. Vincent’s, fique por sua conta e risco…

Dica de hotel em New Orleans – Hostel St. Vincent’s, fique por sua conta e risco…

vincent-guest-house-new-orleans

O hotel onde funcionava antigo orfanato | Fotos: Muita Viagem

New Orleans é aquela típica cidade onde, por mais que o hotel seja excelente, você nem vai querer passar muito tempo no quarto. Há tanto o que fazer em New Orleans, coisas para ver e lugares para conhecer, que boa parte da hospedagem você passará na rua mesmo.

De qualquer forma, é sempre bom ter dicas dos melhores hotéis e opções mais baratas em hostels ou apartamentos e casas para alugar.

Quando estivemos na cidade, no início do ano, durante o Festival de Jazz de New Orleans, não foi tão simples encontrar um hotel bom e barato.

Durante as duas semanas do festival é complicado encontrar quartos vagos em hotéis mais econômicos, especialmente nos melhores bairros, como o French Quarter ou Garden District.

Aliás, estas são as duas regiões que você deve considerar na hora de escolher o hostel ou hotel em New Orleans.

Os dois bairros concentram tudo o que você pode querer ver e fazer em Nola (apelido da cidade). Você encontra os melhores hotéis em New Orleans e consegue fazer a reserva pelo Booking, com fotos e avaliações.

Abaixo, o nosso relato sobre o hostel onde ficamos em Nola:

A pequena vila hippie St. Vincent’s

Hostels são sempre boas opções para quem viaja sozinho, e em New Orleans, podemos fazer avaliações boas e ruins do hostel onde ficamos.

Jardim e piscina da pequena vila hippie

Jardim e piscina da pequena vila hippie

A boa localização do hotel, na Magazine Street, é indiscutível. A apenas 2,5 km do French Quarter, e cerca de 20 minutos de caminhada até a Canal Street, com opções de transporte público no entorno – ônibus e trolleys, 24h/dia.

O prédio que abrigava um antigo orfanato já dá um tom singular à viagem. Os quartos sofreram pequenas modificações, mas poucas reformas e está bem mal conservado. É uma pena, pois é um lugar incrível, que necessita de melhorias.

O legal mesmo é a atmosfera e o espírito de comunidade hippie que domina o ambiente. Os funcionários do hostel parecem ter saído de desenhos animados. Tem o rastafári, a mina do sovaco peludo, o maconheiro, enfim, uma mescla de excentricidades, próprio de um destino único – New Orleans.

Apesar de parecer suja, é possível nadar na piscina

Apesar de parecer suja, é possível nadar na piscina

Tivemos “a really good time” lá. Aliás, tudo pode acontecer em uma conversa no fim de noite no jardim do hotel, local onde muitos hóspedes batem papo ou fazem as refeições. Fizemos amigos, bebemos e fumamos muito, ouvimos boa música e temos boas estórias para contar. “It’s what it’s, babe”!

***

Para nós, a decepção do hostel é em relação à falta de armários e a limpeza nos banheiros, bem como uma cozinha suja, sem geladeira, utensílios, mesa, nem cadeira. O fogão e o microondas são velhos e mal conservados, e todo mochileiro ou viajante espera do hostel, claro, que a cozinha tenha instalações apropriadas com lugar para fazer as refeições.

Ver fotos e faça a reserva nos melhores hostels pelo Booking

É sim, um lugar barato onde ficar em New Orleans, mas podia ser beem melhor. O wi-fi, por exemplo, é ruim e ainda cobrado à parte. Como o café em frente ao hostel tem wi-fi livre e grátis, é comum a galera ficar na sacada de entrada do hotel usando o wi-fi do MOJO, a cafeteria da Freret St.

hotel-new-orleans

Hotel onde ficamos em New Orleans

Por fim, podemos dizer que recomendamos o hotel com ressalvas. Sinceramente não sei se ficaria no quarto coletivo novamente. Chegamos a conhecer uma parte “mais nobre” do edifício. Há quartos maiores e suítes com corredores iluminados e perfumados, mas ainda assim é notável a falha na higiene.

A avaliação é a mesma do hotel onde ficamos em Denver, no Colorado. São hotéis com opções de quartos compartilhados ou privativos. E, mesmo que você esteja realmente sem muita grana, não recomendamos ficar em quartos com mais de 4 pessoas.

Faça a reserva no hostel St Vincent’s, New Orleans (por sua conta e risco)

Vai fazer uma viagem de casal? Prefira ficar em hotéis melhores como o Courtyard by Marriot, o Best Western ou o Hotel Dauphinetodos estes no French Quarter, a parte mais turística de New Orleans.

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*