Home / Vasto Mundo / Argentina / La Cumbrecita, vila mágica perto de Córdoba, Argentina
vila-la-cumbrecita

La Cumbrecita, vila mágica perto de Córdoba, Argentina

artesanato-madeira-rosto

Arte em madeira

A primeira vez que fui à Córdoba, uma senhora argentina comentou que eu deveria conhecer a vila de La Cumbrecita, que era linda e tal.

Fiquei com o destino na cabeça por muito tempo, até o dia em que voltei à Córdoba (ou Córdova) e decidi alugar um carro para fazer o roteiro, que ainda passou pelas vilas de los Molinos e General Belgrano, esta última com grande influencia alemã, palco da maior Oktoberfest da Argentina.

Divertido de falar, o nome – La Cumbrecita despertou o meu interesse. E a cidade é exatamente assim, engraçadinha, bem receptiva ao turista e com várias atividades e coisas para ver e fazer.

O curioso é a proibição do tráfego de carro na pequena cidadezinha, patrimônio da Unesco e a primeira vila pedestre da Argentina.

Como chegar em La Cumbrecita?

vila-peatonal-argentina

O acesso à La Cumbrecita é feito somente a pé

Primeiro é preciso pegar um voo até Córdoba.

Do Aeroporto de Guarulhos, você tem a opção de comprar passagens aéreas Latam ou Gol em voos diretos, ou voos com conexão em Ezeiza ou Aeroparque, em Buenos Aires, nos voos da Aerolineas Argentinas.

Encontramos passagens aéreas por a partir de R$919 em voos diretos da Latam, saindo do Aeroporto de Guarulhos. Já a Gol oferecia passagens por R$988, com escala no Rio de Janeiro (Galeão). A data da viagem entre 20 e 27 de Setembro de 2016.

Em meados de Outubro, quando acontece a Oktoberfest na Vila Gen. Belgrano, a passagem pode ficar mais cara. No entanto, encontramos trechos em promoção da Latam por a partir de R$919. (Pesquisamos o preço dia 25/07/2016 no Skyscanner).

Mesmo que você encontre passagens aéreas mais baratas para Buenos Aires, (às vezes o Melhores Destinos anuncia promoções relâmpago com passagens por menos de R$800), viajar para Córdoba certamente será uma alternativa de viagem barata e tão ou até mais romântica do que para a capital portenha.

Recomendo ficar pelo menos uma noite em La Cumbrecita, especialmente se for uma viagem a dois. O lugar é muito bonitinho e à noite deve ser bem romântico ficar hospedado em algum chalezinho.

Se quiser fazer uma viagem mais longa, siga de La Cumbrecita até Mendonza (600 km), a região dos vinhos argentinos. – Leia dicas onde comprar vinhos baratos na Argentina.

Depois de sair do aeroporto, você pode seguir as dicas que já demos no blog sobre Córdoba – o que fazer em Córdoba e as sugestões de restaurantes para comer bem e barato. Ou, já alugue um carro no aeroporto e siga estrada sentido La Cumbrecita.

Viagem de carro: Córdoba – La Cumbrecita

Havia a possibilidade de fazer o passeio em ônibus de excursão com a agência Nativo (foi indicada por um colega de trabalho e no hotel).

Acordei para o café da manhã e pedi na recepção para ligar na agência de viagem. Após o desayuno fui informado de que naquele dia não haveria passeio (era segunda-feira). Para fazer o passeio tive que alugar um carro no hotel.

bienvenidos-cordoba

Mirante na estrada RP 5, ao lado de uma lojinha de souvenirs. | Foto: MV

quiosques-estrada-cordoba

Na estrada, trechos com quiosques de frutas, couro e lã. | Foto: MV

Foi uma viagem curta. É bem fácil fazer o bate-volta. Saí de Córdoba por volta das 10:00 e voltei às 20:00. O roteiro incluiu também as vilas de Alta Gracia, Molinos e General Belgrano até chegar em La Cumbrecita.

De Córdoba, o trajeto tem cerca de 120 km. Como na viagem da ida parei em alguns pontos para tirar fotos, demorei um pouco mais, levando pouco mais de 2 horas para chegar até La Cumbrecita.

lago-argentina

Lago Los Molinos, entre Córdoba e La Cumbrecita

A dica em toda viagem de carro por estradas que não conhece, visualize antes o trajeto pelo Google Maps e, alugue GPS para não correr riscos.

Alugar carro com GPS é sempre a melhor coisa a fazer – não economize em itens que poderão gerar economia de tempo, maior segurança e tranquilidade durante a viagem. O GPS é item essencial em viagem de carro!

Importante: Na Argentina é obrigatório dirigir o carro com farol baixo aceso na estrada.

Roteiro de viagem em Córdova, Argentina

cordova-alta-garcia

A estrada é simples, mas iluminada e bem sinalizada

Alta Gracia

O primeiro destino no roteiro, após sair de Córdova, é Alta Gracia. É uma cidade turística, muita visita por quem procura o turismo religioso e visitar a residência jesuítica da região. Além disso, é muito visitada por abrigar o Museu Che Guevara (casa onde morou) e o Casino e Hotel Sierras.

O Museu Che Guevara fica localizado onde era uma antiga casa onde viveu durante a sua infância. O museu é bem avaliado e tem muitas curiosidades sobre a vida do revolucionário argentino. – veja fotos do museu no UOL.

Alta Gracia é uma região montanhosa, com quedas bruscas de temperatura e até neve em Julho, assim como ocorre nas outras cidades deste roteiro pelas montanhas argentinas.

Vila Los Molinos

viagem-cordoba-lagos

As paisagens na estrada dão uma ótima sensação de paz

vila-los-molinos-cordoba

Los Molinos

O lago Los Molinos é um dique com 4 rios afluentes e há vários pontos legais para tirar foto na estrada. Se você tiver tempo, faça uma parada. Alugue um caiaque para remar no lago e depois almoce uma parrillada em restaurante local.

Vila General Belgrano

vila-general-belgrano-oktoberfest

Praça da Oktoberfest, em Vila General Belgrano

A Festa da Cerveja é um dos principais atrativos da região. O número de turistas que visita a Vila General Belgrano aumenta no mês de Outubro por conta da Oktoberfest.

Seguindo a tradição alemã, a Oktoberfest é animada com dança, música e trajes típicos. A cidade tem uma praça fixa, onde todos os anos acontece a festa.

brunnen-cerveza-cordoba

Fábrica de cerveja e restaurante alemão

Gosto de comida alemã e acabei almoçando na cidade. Escolhi o Brunnen Bier, restaurante onde também funciona uma fábrica local da famosa cerveja alemã. Pedi um goulash e cerveja clara. Estava tudo muito bom. Os pratos custam entre 100 e 150 pesos. A cerveja sai por cerca de 38 pesos o copo de chopp.

La Cumbrecita, bate-volta de Córdoba

la-cumbrecita-2015

Entrada de pessoas em La Cumbrecita

A pequena vila de La Cumbrecita está localizada na região das Sierras Grandes, um local de belas paisagens com rios e montanhas. E, apesar de ser um destino muito procurado no inverno por conta do clima gostoso de frio e neve, é bacana conhecer em qualquer época do ano.

O ponto alto é o clima mágico do lugar, com esculturas de duendes e cogumelos por todos os lados. Há trilhas que te levam a cachoeira, mirantes, fontes de água mineral e contato total com a natureza.

Fomos em Junho. Estava bastante frio, apesar do sol durante o dia. A partir das 17:00 a temperatura começa a cair e fiquei só imaginando como deve ser a noite por lá. Mas se você não tiver roupa de frio, não se preocupe há lojas com malhas bem quentinhas e preços convidativos. (não é barato, nem muito caro).

Quando você chega na cidade, um agente de turismo pergunta de onde você é e que deve estacionar o carro. O preço do estacionamento é 50 pesos. Caro, mas não tem jeito. Estacione o carro e siga a pé para conhecer a cidade.

viagem-relaxar-argentina

Após a ponte não passa carro. La Cumbrecita, “pueblo peatonal”

vila-la-cumbrecita

La Cumbrecita, dica de destino romântico diferente na Argentina

rio-la-cumbrecita

Um lugar bonito e tranquilo para relaxar na viagem

Cheguei na cidade e fui caminhar. Há várias trilhas, como não tinha muito tempo segui para o lugar mais bonito – a cachoeira Cascada Grande. É uma trilha de dificuldade média, com subida íngreme, chão com raízes de árvores e pedras. A cachoeira é linda, veja:

cachoeira-agua-cumbrecita

“Cascata Grande”, cachoeira em La Cumbrecita

Faltou tempo de curtir melhor o vilarejo, que tem muita coisa legal para fazer, como por exemplo, a pequena cachoeira La Olla, El Castillo, Capela, além de trilhas para La Gruta, Paso e Vado, e muito mais.

castillo-cumbrecita-cordoba-ar

Na trilha para Cascada Grande é possível avistar El Castillo

capela-cumbrecita

Capela, em La Cumbrecita

Por fim, passei para conhecer alguns artesanatos e trouxe para casa velas, incensos e doces caseiros. A volta teve o imprevisto de uma estrada de terra entre La Cumbrecita e Villa C. de América. A dica é ir até Villa Gen. Belgrano para poder voltar para Córdoba.

Abasteci o carro na volta com nafta comum. Não lembro ao certo, mas acho que gastei uns 180 pesos. O aluguel do carro saiu por aproximadamente 500 pesos (carro 5 portas + GPS). Ah, lembre-se de deixar dinheiro para o pedágio. Você irá gastar uns 20, 30 pesos no total.

Foi uma viagem bacana na Argentina, recomendo. Quem quiser conhecer, aproveite o mês de Outubro que está chegando. Deve ser bem maneiro.

Gute Reise / Ten un buen viaje!

Dan

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Quer dar a volta ao mundo!

11 Comentários

  1. Olá Danilo,

    Tenho algumas dúvidas, pode me ajudar:

    1 – 5 dias em Cordoba, mais 1 noite em La Cumbrecita. Como faço para ter uma ideia de valor? (hotel, passeios, transporte e tudo mais)
    2 – Você recomenda algum hotel? Ou alguma agência?
    3 – O pacote para La Cumbrecita com a Nativo, você deixou para ver na hora, mas poderíamos fechar antes também, certo? Você recomenda?

    Pretendo ir em Janeiro se Deus quiser! =)

    Obrigado

    • Oi Davi! Fico contente que tenha se interessado por este roteiro do blog em uma viagem tão especial para o casal. Eu achei demais a vila. Vamos lá:

      Córdoba é uma cidade legal, mas não há muitas coisas para fazer como Buenos Aires. Então, minha sugestão seria ficar apenas 3 noites em Córdoba e outras 2 noites em La Cumbrecita (não gosto de ficar apenas uma noite nos lugares).

      Como você vai de lua de mel, talvez a Vila de General Belgrano (arquitetura toda alemã) tenha hotéis de mais fácil acesso. Ver fotos e faça a reserva aqui: http://bit.ly/1KyLGSS (para escolher o hotel, não deixe de ler as avaliações de quem já ficou hospedado lá no site do Booking)

      La Cumbrecita é linda, mas carro não entra e, dependendo da localização do hotel, pode ser que vocês tenham que encarar umas subidinhas e acho que o charme lá é o friozinho do inverno. (Vocês irão no verão). Mas mesmo assim vai gostar da região, especialmente se vocês são um casal que gosta de fazer trilhas fáceis pela natureza.

      O pacote da agência Nativo só vale se vocês optarem em fazer o bate-volta de ônibus ao invés de alugar um carro. Ainda mais por ser lua de mel, eu recomendaria um carro alugado.

      Em Córdoba fiquei no NH Urbano, é bem avaliado e ótima localização. Ver fotos: http://bit.ly/1LuYuPq. O hotel tem contato com uma locadora de carro.

      Boa viagem e felicidades!

    • Para ajudar o Davi, segue mais 2 sugestões de hotéis em Córdoba:

      – Sacha Mistol Art Hotel
      – ON APARTS HOTEL DESIGN.

      Será uma viagem incrível!!!

      Thais

  2. Rodrigo Lanceloti

    Olá Dan, como vai?
    Estávamos pesquisando sobre Cordoba, dai apareceu seu blog, muito bom ter essas infos. Ficamos curiosos por essa vila magica, o trajeto você fez de carro, mas tem ônibus de Córdoba pra la também?
    Grato e um abraço

  3. Bom dia, Danilo!

    Gostaria de ir à Cordoba, conhecer La Cumbrecita, seguir para Mendoza e retornar a Cordoba, para retornar ao Brasil, em uma semana. quero fazer de onibus, acha viável?

    • Olá Juliano,

      Acredito que seja possível, porém um pouco apertado. Talvez um roteiro de 10 dias seja melhor. Você consegue ir de ônibus de Buenos Aires até Córdoba (são cerca de 10 horas de viagem de ônibus) e depois de Córdoba para Mendoza (11 horas de viagem de ônibus). O único trajeto que não sei se você consegue fazer com ônibus, seria de Córdoba à La Cumbrecita, porém poderia alugar um carro para este trecho. Ou ainda, fazer este trajeto com uma agência de turismo.

      Veja informações sobre ônibus na Argentina no site http://www.nuevachevallier.com

      Gostei da sua ideia, volte aqui para comentar como foi esta viagem! Abraços!

  4. Olá, obrigado por responder. É que achei um vôo direto de SP p Córdoba, e com milhas ainda rs chegaria e partiria de lá. O que acha? Abraço e aguardo seu retorno

    • Aí sim, Juliano. Imaginei que fosse sair de São Paulo de ônibus. Acredito que o roteiro fica legal desta forma. Talvez ficar uns 3 dias em Córdoba, 1 em La Cumbrecita e 3 em Mendoza. Para saber sobre passeios de Córdoba à La Cumbrecita, indico a agência de turismo Nativo – http://www.nativoviajes.com.ar/. Eles têm passeios de um dia, saindo de Córdoba para La Cumbrecita (porém é preciso confirmar se há saídas todos os dias).

      Boa viagem!

  5. A quem possa interessar:

    Pode-se ir de ônibus de córdoba a La Cumbrecita. Primeiro, pega-se um ônibus de córdoba a general belgrano, na rodoviária, ou no terminal de mini ônibus. O trajeto dura 2 horas e nos custos 95 pesos, pela cia Pajaro Blanco.

    Em General Belgrano, pega-se outro ônibus para La Cumbrecita. Demora mais 1 hora e custa 77 pesos.

    Para La cumbrecita só tem a cia Pajaro Blanco, para Gal. Belgrano existem mais cias, mas acho que não valem a pena, pois os horários da cia Pajaro Blanco já são casados, ou seja, chega-se em Gal Belgrano e pouco tempo depois sai um para La cumbrecita

Comentar

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios *

*