Início / Souvenir / Listas de viagens / Conheça os melhores e mais baratos restaurantes na Europa

Conheça os melhores e mais baratos restaurantes na Europa

Planeja ir à Europa e quer aproveitar bons preços e serviços?

Preparamos um delicioso guia gastronômico para você conhecer os melhores restaurantes na Europa e também aqueles onde a comida é boa e barata.

O top 3 da lista contém restaurantes da Dinamarca, Espanha e Itália. Já os mais em conta estão na Inglaterra, Portugal e França.

Os melhores restaurantes da Europa

Noma (Copenhaguen, Dinamarca)

Este aconchegante restaurante dinamarquês já foi considerado o melhor do mundo. Hoje, na terceira colocação, ele continua sendo um ponto importante do mundo gastronômico europeu.

Os pratos são elaborados com ingredientes nórdicos, próprios da região da Escandinávia. A cozinha é comandada pelo chef René Redzepi, eleito em 2011 pelo Daily Meal o chef internacional do ano.

Para comer no Noma, no entanto, não é fácil. A fila de espera por uma reserva no restaurante é de cerca de três meses. O preço é salgado: cerca 340 reais pelo menu com sete etapas (ou 430 reais, por doze pratos). No Noma não existe serviço à la carte.

Arzak (San Sebastian, Espanha)

Instalado num belo casarão de 1897, mas totalmente reformado e modernizado, o Arzak traduz ao ponto o que é a cozinha contemporânea Basca.

As refeições são inspiradas principalmente na experimentação contínua e na criatividade. A cozinha fica a cargo de Mari Arzak e Pedro subijana, que abriram a casa determinados a imprimir um novo estilo à cozinha clássica encontrada na região de San Sebastian.

O menu degustação para duas pessoas, com uma boa garrafa de vinho, chega a cerca 360 euros. A casa possui também serviço a lá carte.

Osteria Francescana (Modena, Itália)

Pela primeira vez eleito o melhor restaurante da Europa, o Osteria Francescana fica localizado em uma taverna de 12 lugares na Via Stella 22, em Modena, na Itália. Sua cozinha é comandada pelo chef Massimo Bottura.

O Osteria também tem seus menus de degustação. São três: Tradições (110 euros), Clássicos (150 euros) e Sensações (180 euros). Cada menu reflete os pratos típicos da região com releituras modernas. Além disso, também oferecem pratos tradicionais.

Coma bem e não gaste muito

Paris

A rua de la Huchette é um dos pontos da agitada vida noturna de Paris - foto: dalbera

A rua de la Huchette é um dos pontos da agitada vida noturna de Paris – foto: dalbera

O tradicional PF francês atende pelo nome de plat du jour (prato do dia) por lá. Na capital francesa essa é a modalidade de almoço e jantar mais popular.

Os restaurantes, brasseries e cafés costumam deixar as opções de plats du jour bem visíveis. É só pedir. O prato não sai por mais que 15 euros.

– Onde comer bem e barato em Paris?

Portugal

Foto - SescSP

Foto – SescSP

Em Lisboa há uma extensa lista de bons restaurantes em que o preço não assusta. Muitas vezes eles servem até mesmo o famoso bacalhau por nada mais que 20 euros. Um deles é “O Galito”, que fica na Rua Atalaia, número 8.

– Dicas de viagens à Portugal

Inglaterra

cornish-pastry-comer-em-londres

Cornish pastry, a empanada que é uma delícia a qualquer hora! | Foto: Gareth Rogers

Está em Londres e quer comer um fast food saudável? Então prepare-se para gastar 5 libras. No Coffe Nero, no Pret a Manger e no Costa Coffe você não vai gastar mais do que isso para se alimentar bem. E o melhor, são restaurantes limpos, com higiene impecável de fácil acesso.

– Onde comer em Londres?

Cuidados na hora de viajar

Todos os países mencionados acima não exigem visto para cidadãos brasileiros que ficarão no local por menos de 90 dias, como listado aqui no blog Muita Viagem. Apenas na terra da Rainha o visitante deve tomar alguns cuidados na hora da imigração.

Autoridades inglesas costumam ser duras com brasileiros e qualquer palavra mal colocada pode resultar na deportação do turista. Além disso, repare se o país-destino exige seguro viagem.

O seguro de viagem internacional costuma ser exigido apenas na UE (ou seja, Inglaterra não exige), mas vale a pena conferir. E confira se a sua seguradora de confiança tem seguro de viagem ou não. Então pesquise e se informe direitinho. E, claro, não se esqueça do Check List de viagem.

Ao visitar esses países, principalmente durante o inverno, lembre-se de levar blusas de frio na hora de arrumar as malas. Dica dada agora é fazer as malas e seguir viagem, depois voltem aqui e contem como foi!

Muita Viagem

Muita Viagem - Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

1 Comentário

  1. Adorei o post.
    Tenho certeza que além dos passeios turísticos o que os brasileiros mais gostam de fazer no exterior é curtir a comida local de cada uma das cidades.

    Obrigada pelas dicas!

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*