Início / Vasto Mundo / Peru / O que fazer em Cusco – Roteiro no centro histórico
Uma das minhas atrações preferidas em Cusco
Uma das minhas atrações preferidas em Cusco

O que fazer em Cusco – Roteiro no centro histórico

Gustavo Villas Boas – Mochilão pelo Peru – Cusco

Cusco, a capital do império inca, é um dos lugares mais legais que já visitei e a cidade mais impressionante que conheci no mochilão de 5 meses pela América do Sul.

Não por acaso, fiquei 5 semanas em Cusco e conheci muitos cantinhos, atrações turísticas e caminhos da capital histórica do Peru. Abaixo, nesse post, tem um mapa com as melhores dicas do que fazer em Cusco e um roteiro para conhecer os lugares mais legais do centro histórico da cidade.

– Como ir a Machu Picchu

– O que fazer no Peru

– Mochilão pela América do Sul – Dicas de viagem e relatos

Mas antes do mapa com o roteiro a pé, é legal conhecer um pouco da história e curiosidades de Cusco, Peru.

Curiosidades e história de Cusco, Peru

Cusco, no Peru, é Patrimônio da Humanidade pela Unesco e o principal ponto de partida para excursões, trilhas e pacotes para Machu Picchu, mas é muito mais do que isso.

Mapa do império inca com Cusco, Peru, em destaque

Mapa do império inca com Cusco, Peru, em destaque

Há muito o que fazer em Cusco, uma cidade que  mistura história, cultura e influências dos nativos americanos e dos primeiros colonizadores europeus como poucos lugares do mundo.

A cidade,hoje com cerca de 500 mil habitantes e localizada a 3.400 metros de altura, no sudeste do Peru, era o centro do império inca e lá se ergueram as principais contruções pré-colombianas da América, como Qorikancha, o templo do sol, além dos palácios da nobreza inca.

Para os incas, Cusco era não só o centro do Tawantinsuyu, ou As Quatro Partes, como era chamado o império inca em quéchua, o idioma falado pelos incas, mas também O Umbigo do Mundo –sim, esse é o significado de Cusco (Qosco) em quéchua.

Em meados do século 16, os espanhóis, após dominar a cidade, aproveitaram as pedaços das grandes obras incas para rapidamente erguer uma cidade colonial com prédios com fortes influências católicas e europeias.

Nas ruas e ladeiras de Cusco, Peru, fica claro porque ali é um dos principais centros urbanos da história das Américas, antes e depois da colonização, e um dos destinos de viagem do Peru mais famosos no mundo inteiro.

Parte do mapa de Cusco até hoje obedece ao planejamento feito pelos incas, muitas construções misturam arquitetura e engenharia colonial europeia e pré-colombiana, em vários pontos se descobrem tesouros arqueológicos ainda hoje e a cultura inca se mistura à história da colonização europeia e a presença de turistas, mochileiros, curiosos do mundo inteiro em um efervescente caldeirão cultural.

O que fazer em Cusco, Peru – Mapa com atrações

Tracei um roteiro a pé no mapa de Cusco abaixo com algumas atrações da cidade que pode ser feito em um dia ou até mesmo meio período.

Os pontos no mapa de Cusco misturam lugares gratuitos com atrações pagas. Mesmo se você não tiver interesse em pagar, vale a pena passar para conhecer as igrejas e outras construções por fora.

A – Mercado Central de San Pedro

O Mercado de San Pedro, para mim, é obrigatório de visitar em Cusco. Nos corredores de San Pedro você vai encontrar milhos de todas as cores, temperos de vários sabores e até rumores de quechua, o idioma falado pelos incas. Não é uma atração turística propriamente, mas sempre tem mochileiros para lá e para cá.

Mercado San Pedro é uma atração que mistura cultura local, sabores e surpresas em Cusco - Foto: David Zhou

O mercado mistura cultura local, sabores e surpresas em Cusco – Foto: David Zhou

Nas minhas 5 semanas mochilando em Cusco, fui várias vezes no mercado para comer barato, comprar frutas e verduras ou apenas passear.

Os mochileiros que me acompanharam adoraram, mas quem tinha, vamos dizer, estômago fraco, entrou e saiu.

Muita gente gostou porque é um dos lugares mais baratos para comprar artesanato, roupas de lã, luvas e ponchos em Cusco.

A área de alimentação é grande e dá para comer (muito) barato. Nos arredores, há muitos vendedores de comida de rua em Cusco.

Que fique claro: aparentemente, a higiene não é das melhores, mas eu comi bem e barato no Mercado de San Pedro sem passar mal.

Uma curiosidade: além das frutas, das carnes (de todos os tipos, sem refrigeração), das sementes, dos temperos, dá para comprar o cacto de San Pedro no mercado central de Cusco.

O cacto de San Pedro é um poderoso alucinógeno, no estilo mescalina, e é um clássico mochileiro tomar antes de entrar em Machu Picchu. Cuidado.

B – Plaza de Armas A de Cusco

A Plaza de Armas de Cusco é o coração do centro histórico de Cusco

A Plaza de Armas de Cusco é o coração do centro histórico de Cusco

A  Plaza de Armas é o coração do centro histórico de Cusco –a história da praça remonta à história inca, já que ali era, também, o principal ponto do império e do Umbigo do Mundo (Cusco significa o umbigo do mundo em quechua).

A praça é cercada por duas impressionantes igrejas e prédios anexos: a Catedral de Cusco e a Igreja da Companhia de Jesus.

A Igreja da Companhia de Jesus é uma referência do estilo barroco na América colonial.

A Catedral de Cusco, erguida sobre as bases do palácio de um dos imperadores incas, guarda alguns dos principais exemplos da Escuela Cuzquena de arte, uma escola de pintura que tentou impor a arte cristã aos indígenas de Cusco e deu origem a uma das orincipais tradições de pintura da América colonial.

No centro da Plaza de Armas de Cusco há um monumento em homagem ao imperador inca Pachacutec. Pachacutec é considerado o mais importante imperador da história inca, responsável pela maior expansão do império pela América do Sul.

C-  Convento e Museu de Santa Catalina

Curiosamente construído sobre as estruturas do templo das virgens dos incas, o monastério dá uma boa ideia de como viviam as freiras de Catalina e é frio e assustador.

O museu tem uma importante coleção de arte que mescla traços dos nativos com arte espanhola, com obras da Escola Cusquenha de pintura, entre outras.

D – Convento de Santo Domingo e Qorikancha

Uma das minhas atrações preferidas em Cusco

Uma das minhas atrações preferidas em Cusco

Para quem se interessa pela arquitetura e história inca, Qorikancha e o Convento de Santo Doomingo é uma visita obrigatória.

O convento espanhol foi erguido sobre as estruturas do maior e mais importante templo do império inca, o Qorikancha, ou templo do sol.

O  Qorikancha é considerado por muitos a mais refinada estrutura inca jamais construída, com pedras polidas e finamente encaixadas,um verdadeiro tesouro da história de Cusco, do Peru, dos incas…

Mesmo por fora o convento, que tem um imenso jardim aos seus pés, é um dos lugares mais legais para conhecer em Cusco.

E – Pedra de 12 ângulos

A pedra é um dos grandes exemplos da capacidade dos incas para construção fina. É tão recortada que forma 12 ângulos, todos encaixados finamente com as pedras ao redor.

A rua onde fica a Pedra de 12 Ângulos é um bom lugar para comparar as construções incas com as obras espanholas. A parede do lado da pedra foi erguida pelos nativos enquanto a parede em frente foi construída pelos conquistadores.

Gostei muito da rua para ver artesanatos, roupas etc. Não achei os melhores preços para comprar em Cusco, mas as lojinhas são charmosas e arrumadinhas.

F – Bairro de San Blas

Vale a pena se perder nas ruazinhas de San Blas

Vale a pena se perder nas ruazinhas de San Blas

O bairro dos artistas em Cusco, com lojinhas mais charmosas, restaurantes vegetarianos, lugares descolados. Lá tem alguns dos melhores lugares para comer em Cusco.

San Blas tem ruazinhas históricas estreitas, muitas ladeiras, lojinhas de arte… Vale a pena se perder pelo charmoso bairro.

Para muita gente, especialmente casais, é um dos melhores lugares para ficar em Cusco, mas atenção: se você quiser ficar batendo perna pela cidade, sair para as festas de Cusco à noite e estiver em um ritmo de mochilão, subir e descer o tempo todo as ladeiras de San Blas pode ser cansativo.

– Veja dicas da Cris, do blog de viagens Dentro do Mochilão, sobre Cusco e o Peru

– Fórum Mochileiros – Cusco

Atrações perto de Cusco

Há muitas atrações também perto de Cusco, como vilas, ruínas como Sacswaymay, o Vale Sagrado dos incas etc. Vamos abordar essas e outras atrações turísticas de Cusco e do Peru em outro guia de viagem. Também vamos deixar para uma próxima os melhores bares, casas noturnas e restaurantes de Cusco. Se você quiser saber onde ficar na cidade, aqui falamos sobre os melhores hostels de Cusco.

Gustavo

Gustavo está em algum lugar da América do Sul, em um roteiro de mochilão que começou em março, no Equador.

1 Comentário

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*