Início / Viajei (relatos) / Diário do Brasil / Onde comer em Vitória? Ilha das Caieiras, vá de táxi, e de dia!
pirao-ilha-restaurante-ilha-caieiras

Onde comer em Vitória? Ilha das Caieiras, vá de táxi, e de dia!

A Ilha das Caieiras é um bom exemplo de como o turismo é mal explorado no Brasil. O lugar tem um baita potencial turístico no litoral do Espírito Santo, mas além de difícil acesso e má sinalização, o lugar ainda é feio e perigoso, especialmente após o lindo pôr-do-sol do lugar.

A Ilha das Caieiras tem se tornado um pólo do turismo gastronômico de Vitória, com 14 restaurantes, mas considerei os preços caros para Vitória, sem pesar o fato da falta de infraestrutura turística.

Não brinco quando penso que o lugar poderia facilmente estar bem próximo de ser um Puerto Madero (Buenos Aireas), mas falta muita coisa. A comparação não é válida. O atendimento é razoável, os preços caros…

Antes de “subir o morro”, onde estão localizados alguns dos restaurantes da Ilha das Caieiras, você poderá visitar e conhecer o Museu do Pescador, como é popularmente conhecido o Museu Histórico da Ilhas das Caieiras “Manoel dos Passos Lyrio”. O museu fica ali, logo na entrada das Caieiras. Não fui, faltou interesse e tempo. Todavia, uma dica cultural de viagem!

– Café da Manhã no Café Altoé, nas Montanhas Capixabas

– Agroturismo nas fazendas Carnielli e Lorenção – Venda Nova do Imigrante

Restaurantes na Ilha das Caieiras, em Vitória

porto-ilha-das-caieiras-es

Vitória tem muitos cantinhos bons para comer bem, a Ilha das Caieiras é um. Mas não pense em jantar!

Mirante da Ilha

Fizemos a refeição no restaurante Mirante da Ilha. Como parece de praxe no Espírito Santo, fomos servidos de casquinha de siri como entrada. O preço da casquinha de siri no restaurante Mirante da Ilha custa R$12,50. Apesar da cor um pouco escura da carne do siri, a apresentação do prato é bonita e acompanha uma farofinha muito gostosa!

A melhor casquinha de siri do Espírito Santo

a moqueca, uma das melhores que comi em Vitória, custa entre R$62 (moqueca de cação), R$75 (moqueca de badejo) e R$135 (moqueca de camarão VG). Apenas para petiscar e ver o pôr-do-sol no mirante da Ilha de Caieiras, peça a porção de bolinho de bacalhau por R$25 ou ostras ao vinagrete por R$35. A batata frita sai por R$12.

Achei o tempero da moqueca capixaba um pouco forte e exagerada no coentro, mas muito boa! Sugiro ir ao local apenas para conhecer, tomar uma cerveja Original a R$8 (falei que era caro) ou a Skol/Brahma por R$7 e tirar fotos do pôr-do-sol, sem dúvida um dos mais bonitos do Espírito Santo.

por-do-sol-caieiras

Um dos melhores lugares para fotografar o pôr do sol no Brasil! | Foto: Vitor Campos

Como chegar? O desafio do turismo sem sinalização!

Chegamos fácil no local pois estávamos com ônibus da excursão da Setur do ES e guias de turismo, mas pela janela do ônibus vi que as construções ao redor eram, em sua maioria, casas sem reboco e ruas bem estreitas entres subidas e descidas. Se for de carro, antes de ir veja bem no Google Maps, mas na boa, vá de táxi, e durante o dia!

Durante o passeio pelo atracadouro, conversei com o Altier – ele é de lá, do blog Pé na Estrada, e confirmou que realmente há investimento para desenvolver o turismo na região, com qualificação profissional dos donos dos restaurantes junto ao Sebrae/ES e também melhorias na infraestrutura do bairro, mas que o lugar ainda é perigoso e mal sinalizado.

Não tenho dúvida de que seja fácil, fácil conseguir maconha por entre as ruelas e vielas do bairro. Outros blogs também relatam experiências ruins de sinalização turística para se chegar ao local, que já possui 14 restaurantes e outras barracas.

Serviço:

Endereço: Rua Felicidade Correia dos Santos, 953, Ilha das Caieiras, Vitória.

Telefone: (27) 3323-7801 | Aberto de terça a domingo, das 10h às 17h.

Outras viagens!

A Pobreza Fascinante da Ilha das Caieiras via @rotascapixabas

Ilha das Caieiras é ‘oásis’ na periferia e uma das bases culturais de Vitória via @g1es

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

1 Comentário

  1. Pois é em Vitória-ES a moqueca e outros “pratos típicos” regionais são apenas para turistas, 90% dos capixabas não frequenta esse tipo de restaurante nem prepara em casa por ser muitíssimo caro. O que faz sucesso e agrada o paladar e o bolso do capixaba e a comida mineira e churrasco…
    Se vc passear por toda região metropolitana vai perceber que os mariscos só se encontra nessas regiões divulgadas como turísticas, fora de lá o carro chefe é feijão tropeiro, frango assado e churrasco!

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*