Início / Viagens pelo Brasil / Sudeste / SP Free Walking Tour é passeio imperdível
passeios turísticos em sao paulo 620

SP Free Walking Tour é passeio imperdível

Em um sábado preguiçoso, resolvi fazer um passeio turístico pelo centro de São Paulo.

Já tinha ouvido falar do SP Free Walking Tour, uma caminhada guiada por várias atrações históricas e turísticas que apresenta o centrão de SP para estrangeiros e achei que era uma boa ideia aparecer.

A caminhada turística acontece “sunny or rainy”, diz o site dos organizadores, todas as quartas e sábados. Quase tudo é inglês (o organizador é brasileiro e fala espanhol).

O ponto de encontro é o quiosque do Centro de Informação ao Turista na praça da República, pouco antes das 11h30, quando o passeio deveria começar.

No dia que eu fui rolou brazilian time, e saímos uns 20 minutos depois. Justo dizer que o grupo era grande, tinha mais de 40 pessoas, e eles (só) pedem para registrar a presença em uma ficha, ali mesmo, na hora. O passeio gratuito dura cerca de quatro horas.

Não foi uma boa ideia ver o que rolava: foi ótima. O SP Free Walking Tour apresentou várias surpresas e curiosidades do centro da cidade (e eu moro no centro da cidade; chego na praça em 3 minutos) e ainda foi uma caminhada agradável em um dia de sol.

O passeio turístico por São Paulo é muito recomendado para os gringos que estiverem por aqui, afinal, são eles o foco da caminhada. Mas, com certeza, os brasileiros vão sair satisfeitos e conhecer melhor o centro.

No rolê, descobri o melhor lugar para enquadrar o Copan - foto: SP Free Walking Tour

No rolê, descobri de onde enquadrar o Copan – foto: SP Free Walking Tour

O guia apresenta, em inglês, a história dos principais –e mais antigos– prédios, curiosidades de lugares como o Copan, o Edifício Itália e o Anhagabaú e dá muito serviço útil para se virar por SP, tudo em inglês. Tipo horário do metrô, os terraços onde é possível subir para ver a cidade do alto, que lugar é para pegar turista e que lugar vale a pena passar, onde a noite é badalada (e o público de cada lugar).

E rola um mapinha bem-feito e que dá direito a um monte de desconto e ofertas por lugares legais do centro.

Achei a caminhada um pouco extensa e não dá muito tempo de fugir no meio para ir no banheiro (talvez em grupos menores…). Não que exista pressa, dá para tirar fotos sossegado e o guia sempre para para explicar as coisas das atrações. A única folga é durante um intervalo de uns 20 minutos para tomar um suco e comer açaí em uma casa de suco no calçadão.

Quando seu amigo gringo estiver por aqui, não deixe de recomendar.

O rolê acontece também na Avenida Paulista, às quintas e aos domingos, às 15h30. Eles estão no Facebook.

Gustavo

Gustavo está em algum lugar da América do Sul, em um roteiro de mochilão que começou em março, no Equador.

4 Comentários

  1. Morei por 5 anos em São Paulo e acabei não fazendo esse passeio, hoje me arrependo de não ter feito. Voltei para minha cidade no começo desse ano e já estou pensando em voltar em São Paulo um dia para aproveitar todas as coisas que esqueci de curtir na cidade.

  2. Também faço um “Free Walking Tour” em São Paulo, mas só em espanhol! É incrível como a maioria das pessoas que moram na cidade não reparam nos detalhes. É divertido ver a reação ao saber de curiosidades da cidade! :D

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*