Início / Viajei (relatos) / Diário do Brasil / Pajuçara, em Maceió: das jangadas às baladas
Praia de Pajuçara, em Maceió
Praia de Pajuçara, em Maceió

Pajuçara, em Maceió: das jangadas às baladas

A praia de Pajuçara é a praia mais bonita em capital do Brasil.

A faixa de areia mais famosa de Maceió (e a mais cheia) tem vários coqueiros com os troncos moldados pelos ventos que empurram as jangadas nas águas calmas e transparentes do mar de Pajuçara, mais uma das pérolas do lindo litoral de Alagoas.

– Encontre pousadas e hotéis baratos em Maceió

Além da paisagem, a praia tem atrações turísticas como os passeios com os jangadeiros até as piscinas naturais e a ótima Feira de Artesanatos de Pajuçara, onde dá para encontrar as famosas rendas alagoanas, como o filé.

Não deixe de visitar as piscinas naturais

Não deixe de visitar as piscinas naturais | Divulgação

A infraestrutura de Pajuçara é boa, com calçadas largas, ciclovia, quadras poliesportivas, hotéis por perto, muitas opções de restaurantes… E quiosques como o Lopana, um dos mais badalados do Nordeste –para o bem e para o mal.

Fiquei quase duas semanas em Maceió e tava meio preguiçoso, quase todos os dias fiquei nessa praia linda e deu para fazer muita coisa: comi no Imperador dos Camarões, que serve o famoso–e delicioso– chiclete de camarão (uma receita exclusiva), tomei vários drinks no Coconut (barzinho onde o pessoal faz o esquenta para a balada em Maceió), paguei caro, mas me diverti, no Lopana.

Mas a praia não vive só de agito e comidinhas: o passeio de jangada até as piscinas naturais a poucos quilômetros da areia de Pajuçara é bem legal.

A piscina é rasinha, dá para ver vários peixes e cenário de jangadas estacionadas é curioso.

Também passei algumas vezes na Feira de Artesanato de Pajuçara.

Na feira dá para encontrar muitos bordados e rendas das bordadeiras do Núcleo de Artesanato do Pontal da Barra (que vale a pena conhecer na ida ou na volta do passeio de barco pelas ilhas da lagoa Mundaú, a alguns quilômetros da praia).

Em frente à feira de artesanato sempre tinha um grupo de rua bem típico tocando forró no finalzinho da tarde e à noite. Os sanfoneiros são bem simpáticos, conversei um tempão com eles.

– Roteiros de viagens pelo Nordeste

Atrações turísticas de Alagoas

O passeio de jangada até as piscinas naturais de Pajuçara é obrigatório: bonito e barato. Mas tente ir no melhor horário do dia, quando a maré está mais baixa.

Converse com os jangadeiros no final da tarde para saber a melhor hora para ir no dia seguinte. É tão calmo e rasinho que algumas jangadas viram bar no meio do mar.

Outra coisa legal é que a praia de Pajuçara é um ponto para marcar vários passeios no litoral de Alagoas.

São várias vans que funcionam como escritórios de agência de turismo (eu fui pela Edvantur, foi OK) com dezenas de opções de destinos (alguns passeios saem todos os dias).

Por perto de Maceió, tem lugares como praia do Francês e a praia do Gunga, que, não por acaso, é conhecida como uma das praias mais bonitas do Brasil.

Ou o passeio das Nove Ilhas, na lagoa Mundaú, que sai do Pontal da Barra. Outras opções são agendar passeios para a foz do Rio São Francisco, no extremo sul do litoral de Alagoas, Barra de São Miguel, dunas de Marapé…

A praia do Gunga, pertinho de Maceió, é considerada uma das melhores do Brasil

A praia do Gunga, pertinho de Maceió, é considerada uma das melhores do Brasil | foto: André Lage Freitas

Alguns dos bate-volta de Maceió bem mais longe: sempre tem passeios para Maragogi ou até para Porto de Galinhas, em Pernambuco. Eu não recomendo: são 150 km, mais de duas horas de viagem e a estrada é chata.

– O litoral de Alagoas, um dos mais belos do Brasil

– As piscinas naturais de Maragogi

Baladas e bares em Pajuçara

A noite em Pajuçara é bem agitada, com muitos bares e baladas. Só que tinha uma coisa bem chata: os lugares, como o Coconut, tinham noites em que as músicas não tinham nem sequer sotaque nordestino. Cansei de ouvir Gustavo Lima, Michel Teló e esse sertanejo-baba besta. Por sorte, alguns dias peguei bandas de forró ao vivo. A mesma coisa acontece em um monte de outras casas noturnas que fui em Maceió: as músicas são sempre aquela coisa da TV, cheias de tcherere e ai ai, só sucesso da banda onomatopéia.

Para quem quer algo mais descoladinho, a barraca de praia Lopana é mesmo uma atração da praia. A Lopana é um ótimo lugar para tomar um drink no final da tarde ou no começo da noite e mesmo almoçar e jantar.

É bem bonita e tem ótimos pratos gostosos e sofisticados. E muitos usam ingredientes locais com toques contemporâneos, tipo a maravilhosa Carne de Sol à Lopanesa: tiras de carne do sol acompanhada de purê de banana e creme de queijo coalho gratinado. Não deixe de olhar o cardápio da Lopana.

o que comer maceio lopana pajucara

O lado chato da Lopana é que, às vezes, ela fica com um público meio blasé/coxinha (parecia que eu ia encontrar o Thor Batista, o Rico Mansur e o Bruno de Lucca) e, principalmente, os preços: dá para comparar com São Paulo. A Lopana não é barata. Mas voltaria para comer, beber ou os dois.

Hotel em Pajuçara: bom e barato

Fiquei em um hotelzinho bem legal na praia de Pajuçara, onde tem várias opções de hospedagem à beira-mar: o Hotel Praia Bonita.

É um hotel simples e pequeno, mas bem arrumadinho. Tem internet sem fio que funciona, uma piscina pequena de onde dá para ver o mar, ar condicionado, TV. E a equipe de funcionários era bem legal e os quartos ficavam sempre bem limpos…

O preço do Hotel Praia Bonita é barato e bom: até o frigobar tem preços decentes! Faça reserva on-line no hotel em Maceió.

Saudades de Maceió

Essa música é só porque deu saudade de Maceió: Ponta do Lápis, de Eliezer Setton.

Gustavo

Gustavo está em algum lugar da América do Sul, em um roteiro de mochilão que começou em março, no Equador.

1 Comentário

  1. Bom dia!
    Gostaria de algumas informações.
    Qual a distância entre Piranhas e a orla de Maceio?
    Qtos dias da para fazer os passeios em Aracaju?
    Qual a distancia entre Maceio e Aracaju?
    Qual a dica de transporte para fazer esses passeios?
    Aguardo o seu contato!
    Grata

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*