Início / Mochilão no Nordeste / Como são as praias de São Luís, no Maranhão

Como são as praias de São Luís, no Maranhão

Por Gustavo Villas Boas – Nordeste 40

O Maranhão não é conhecido pelas suas praias. E, infelizmente, as praias de São Luís que eu conheci ajudaram a entender o porquê.

– Onde ficar em São Luís

– Viagens baratas: o que fazer em São Luís

A mais indicada praia de São Luís é a praia do Calhau. Fica a uns 40 minutos do centro histórico de ônibus.

É uma praia nota 6, com águas amarronzadas, muito, muito vento e quiosques-shopping-center: gigantescos, sem personalidade e com altos preços.

Como fui sozinho, não podia nem comer: sabe aqueles lugares em que os preços dos pratos começam em R$ 30? Pois é.

Calhau é a praia dos turistas, com algumas opções de pousadas e hotéis ao redor. Dizem que a noite tem bares mais sofisticados do que no centro histórico, mas nem cogitei ir.

A praia da Ponta da Areia, em São Luís, não é lá essas coisas

A praia da Ponta da Areia, em São Luís, não é lá essas coisas

Também conheci a Ponta da Areia, perto da Lagoa da Jansen.

É a praia mais popular da capital maranhense. Feiosa. De novo, a água é amarronzada. Para piorar, a praia tem várias áreas cobertas de pedras que não colaboram para a paisagem.

A Lagoa da Jansen é uma das regiões mais sofisticadas de São Luís. Mas tem um odor forte, não gostei muito de andar em volta: tem pista para correr e parquinho infantil.

Segundo me contaram, as praias legais da ilha de São Luís ficam em Raposo. Marquei de não ter ido para Mangue Seco.

Dá para fazer o passeio com agências que você encontra no centro histórico de São Luís, mas acabei conhecendo só por este vídeo do YouTube.

Gustavo

Gustavo está em algum lugar da América do Sul, em um roteiro de mochilão que começou em março, no Equador.

1 Comentário

  1. Primeiramente, respeite a cidade de São Luís e o povo que aqui vive, se é que vc sabe o que é respeito.
    E, antes de sair falando da água amarronzada e das praias feiosas, procure conhecer mais sobre as particularidades dos lugares onde visita, pois pra ser mochileiro de verdade é preciso valorizar cada lugar onde passa; tenha conteúdo! E não saia falando um monte de asneiras! Vá estudar!

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*