Início / Antes da Viagem / Quanto custa viajar e dicas para o orçamento da viagem
Economizar dinheiro na viagem
Quanto custa uma viagem? - Depende do seu perfil de viajante!

Quanto custa viajar e dicas para o orçamento da viagem

Muita gente chega até o blog, e de cara, já vai perguntando quanto custa viajar – “Quanto você acha que eu devo levar de dinheiro na viagem?”

A pergunta é sempre a mesma, só muda o destino. A resposta, por sua vez, também é padrão: – digo que é muito difícil estipular o quanto custará a viagem. É como prever o futuro e, definitivamente, não sou a “Mãe Jatira”.

Ora, se parte do custo de uma viagem, por exemplo, está atrelado ao dólar, tentar prever o custo da viagem é especulação. Não dá para responder a pergunta de um milhão – o dólar vai subir? o dólar vai baixar?

Escrevemos recentemente um guia com dicas para comprar dólar mais barato e destinos para fugir do dólar alto. Indicamos a leitura. Há informações importantes na hora de planejar a viagem internacional e comprar moeda estrangeira.

Viagem econômica: guia prático

A grande verdade é que as pessoas querem mesmo viajar gastando pouco. E há sim, formas de planejar os gastos para honrar o orçamento da viagem.

Claro que imprevistos acontecem, não é mesmo?

Blogs de viagem ajudam. Lendo blogs, por exemplo, você consegue comprar ingressos mais baratos, saber qual dia museus têm entrada gratuita, e dicas em geral, que certamente farão você economizar preciosos centavos – e hoje em dia, centavos de dólar ou euro valem, viu!

O que aprendi com minhas experiências de viagens é que, em geral, o gasto é maior com hotel, passagem aérea, alimentação, passeios e transporte, nessa ordem. Por isso, o meu planejamento sempre inclui muitas pesquisas para economizar o máximo possível com aéreo e hotel.

É a minha receita. Viajo para destinos que estão com passagem mais barata e fico em hotel com preço justo. É a forma mais simples para fazer uma viagem econômica – encontrar passagens promocionais, hotéis em oferta, fazer roteiros sem gastar muito e saber onde comer bem e barato.

Como encontrar hotéis baratos?

Para economizar na viagem é preciso encontrar um hotel barato. O bom é que existe um jeito de conseguir hotéis a preços promocionais no Booking.

O site possui alguns deals. Ou seja, “ofertas especiais” em hotéis com boa reputação. Como a hospedagem compromete boa parte do orçamento da viagem, qualquer desconto na diária pode fazer uma diferença.

Com o aplicativo, fica fácil encontrar um hotel com o melhor custo-benefício. Quer testar? Veja agora as ofertas especiais do Booking no link abaixo:

Ver as melhores ofertas em preços de hotéis em todo mundo

Como achar um hotel barato no Booking?

Após clicar o link acima, selecione o continente para onde pretende viajar – por exemplo, América do Sul, Europa, América do Norte, e, em seguida, escolha a cidade onde deseja pesquisar hotéis – Rio de Janeiro, São Paulo, Santiago.

Voilà! Os melhores hotéis, com os melhores preços.

Por fim, outra forma de economizar com hospedagem é fazer a carteirinha de alberguista do Hi Hostel. Você paga R$ 30 e ganha descontos em hostels da rede. E, se não for de frescura, poderá tentar alguma estadia grátis pelo Couchsurfing.

Como encontrar passagens baratas?

Para encontrar passagens baratas, se você ainda não conhece, a dica é espiar o Melhores Destinos toda semana. O Twitter @passagensaereas tem sempre algum tweet com promoção relâmpago na timeline.

Vale também contar com a experiência de quem viaja. Leia os segredos, macetes e estratégias que o Muita Viagem já escreveu sobre o assunto.

Temos um bocado de dicas para economizar na hora de viajar, gastando pouco, e ainda aproveitando melhor os destinos com nossos roteiros para viagens baratas.

– Voos em promoção: 10 dicas para viajar barato

– Como comprar passagens aéreas com dólar alto

– Como usar as milhas aéreas para fazer viagens baratas

Gastos com alimentação

Estipular gastos e definir um orçamento fixo para alimentação, por exemplo, é uma ótima forma de manter a viagem econômica. Tem dias que se gasta mais, outros menos, mas a minha média é essa:

Entre 10 e 25 Dólares – América Latina, Ásia e Leste Europeu

Entre 25 e 50 Dólares – Estados Unidos, Canadá e Europa (em geral)

Agora, mais uma vez, é difícil dizer – você pode almoçar um peixe em restaurante bacana ou comprar comida no supermercado. A sua atitude e jeito de viajar irá determinar os seus gastos.

Gastos com transporte

Um item que merece atenção para todo mundo que quer viajar gastando pouco é não ter preguiça de fazer roteiros a pé, usar o metrô e saber como chegar e sair do aeroporto. Este último é o trajeto que certamente mais irá lhe custar.

Antes da viagem, pesquise como fazer para chegar ao hotel saindo do aeroporto. Evite andar de táxi, mesmo que a cidade tenha fama de ter “táxi barato”, como Buenos Aires e Rio de Janeiro. O metrô e a sola do sapato tornam a viagem mais barata e divertida.

Quanto vou gastar com passeios?

Em relação aos passeios, é possível organizar roteiros a pé e descobrir atrações baratas tão divertidas quanto outras mais hype – andar de lancha, helicóptero, etc. Mais uma vez – quem faz a viagem ficar barata ou não é você.

Quanto custa um passeio de helicóptero? Paguei mais de US$ 200 pelo passeio de helicóptero pelo Gran Canyon. Era um passeio que queria muito fazer. Sou comissário de voo e gosto de aviões e helicópteros.

Veja: como consegui pagar mais barato o passeio de helicóptero nos EUA.

Por outro lado, adoro fazer roteiros a pé com guias voluntários que ganham apenas uma gorjeta para fazer uma caminhada turística pela cidade. Este passeio é o chamado Free Walking Tour.

É uma dica – procure sempre informações no hostel ou hotel sobre estes passeios. Em destinos mais turísticos, há empresas, inclusive, que realizam os roteiros. Já fizemos em São Paulo, Buenos Aires e Santiago. É uma dica para não estourar o orçamento da viagem.

Aprendi com meus erros

Lembra que falamos de imprevistos no começo deste post? Pois é, acontecem. Por isso, é muito importante que você viaje precavido e não se desespere se algo der errado. Siga a frase e ganhe experiência para a sua próxima viagem.

Seguro viagem: Eu já viajei sem seguro e não sou defensor nato de que é imprescindível a compra deste serviço, contudo, com as experiências que já vi amigos passar, recomendo. É barato.

Um seguro de viagem básico será o menor custo no orçamento da sua viagem. Contudo, caso precise e não tenha, cairá inevitavelmente na velha “o barato sai caro”.

A dica para economizar neste item, mas não ficar a ver navios caso a “velha da foice” queira lhe pregar uma surpresinha, é que o seguro ofereça os 30 mil euros (cobertura exigida pelo Schengen) e repatriação do corpo em caso de morte.

Existem países – Cabo Verde, Itália e Portugal, com acordos bilaterais com o Brasil, onde beneficiários do INSS e os seus dependentes têm direito à assistência médica gratuita.

Portanto, se você trabalha com carteira assinada (CLT) e está planejando conhecer algum destes países, poderá economizar com o seguro viagem. No entanto, será preciso providenciar o CDAM – Certificado de Direito a Assistência Médica. Leia mais informações no site do Ministério da Saúde.

Países baratos para viajar

Está pensando em morar no Canadá, trabalhar na Irlanda, fazer intercâmbio nos Estados Unidos ou simplesmente quer um país barato para viajar?

Um site bem legal que uma agência de turismo me indicou é o Numbeo. O site compara o custo de vida em várias cidades do mundo.

Você escolhe a moeda e 2 cidades e a página mostra o quanto uma cidade é mais cara ou barata para viver – preço de aluguel, compras no supermercado, bilhete de transporte público mensal, conta de luz, refeição em restaurante, etc.

Já o aplicativo Quanto Custa Viajar – que dá o valor (em reais) de quanto custa viajar para Buenos Aires, Santiago, e outras centenas de destinos. O app de viagem simula gastos com passagens aéreas, hotéis, restaurantes, metrô e atrações turísticas.

Dica de tecnologia: aplicativo para montar roteiros com mapas offline

E onde o real se desvalorizou menos? Com o câmbio do jeito que está, ficou mais caro viajar para quase todo lugar, mas os países que menos tiveram altas tão expressivas foram o Canadá, México e República Tcheca. Vale a pena ler as reflexões do Ricardo Freire sobre o nosso rico dinheirinho.

foto: pixabay

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*