Início / Vasto Mundo / Espanha / O que fazer à noite (e de madrugada!) em Madrid
A noite de Madrid é cheia de coisas para fazer
Gran Vía, uma das avenidas mais charmosas e badaladas da capital espanhola - Foto: Cesar Ruiz/ WikiCommons

O que fazer à noite (e de madrugada!) em Madrid

Luiza Sahd

Uma noite é pouco: a balada madrileña é das mais intensas do mundo.

Se você acha que brasileiros são os reis da festa, prepare seu coração para a Espanha, onde o povo ri na cara do perigo (de perder a hora para trabalhar) e a noitada só termina de dia.

 

É impossível explicar a fúria espanhola para a fiesta sem viajar um pouco no tempo e lembrar da Movida Madrileña — movimento contracultural com auge nos 80 que fez pipocar em Madrid os clubes mais undregounds, a música punk, a liberação sexual e deixou heranças no mínimo curiosas, como o hábito local de peregrinar por um monte de bares a cada noite ao invés de escolher um e beber sentadinho, como o resto do mundo faz.

Tem coisa para fazer em Madrid 365 dias por ano

Discoteca Teatro Joy Eslava, em Madrid – Foto: Luiza Sahd

Tomar uma cerveja ou drink e mudar de bar a cada par de horas pode parecer cansativo para um brasileiro, mas tem suas vantagens: em pouco tempo, você conhece mais lugares, pessoas, músicas e acaba encontrando algum que tenha a sua cara.

Outro detalhe interessante da noite na capital espanhola é a mistura de idades e estilos entre os boêmios. Não se admire se, ao seu lado, na pista, houver um (a) vovô (a) mais empolgado e beberrão do que você.

Aqui, selecionamos bares e boates míticas da cidade para uma noite inesquecível (ou um borrão de memória causado por ressaca). Sugestão: você pode ler o post ouvindo essa música ícone da Movida.

– Dicas de viagens para Madrid

Bares e boates de Madrid

Para começar a noite

Em Malasaña, faça como os espanhóis. No bairro mais descolado de Madrid, história e modernidade se misturam harmoniosamente.

Para começar a noite, dê uma volta pela Plaza San Idelfonso, cheia de mesinhas, agito e restaurantes.

Estique a caminhada até o Mercado San Idelfonso para provar umas tapas e chupitos (shots de bebidas destiladas), porque saco vazio não para em pé.

A noite em Madrid só termina de manhã e as pessoas rodam por bares e boates durante a madrugada

Mercado de San Idelfonso, no bairro de Malasaña – Foto: Divulgação

Se você for do tipo que ama um botequinho simplão, vá ao El Palentino, um boteco emblemático da cidade. Não deixe de provar o Pepito (sanduíche em pão francês recheado com um bife suculento, sabor bife da mamãe). Local perfeito para um esquenta low cost e divertido.

Se bar meio sujinho não faz sua cabeça, a boa é começar a noite no Corazón. Música legal, gente bonita e drinks elaborados. A decoração é sofisticada e, os coquetéis, muito bem feitos. O Bloody Mary é uma boa opção. Os preços são salgadinhos, mas vale o passeio.

Baladas em Madrid

Balada, balada meeesmo em Madrid começa entre 1:00 am e 2:00 am.

Para dançar de tudo um pouco, do pop ao rock passando por algo latino, a discoteca El Perro de La Parte de Atrás del Coche é perfeita.

Guarde um pouco de ânimo para, lá pelas 4:00 am, dar um pulinho no La Via Láctea, um bar-discoteca-com-sinuca tradicionalíssimo onde meia Madrid termina suas longas noites.

A balada de madrugada em Madrid é para os fortes

La Via Láctea, uma das baladas mais clássicas em Madrid – Foto: gaelx/ WikiCommons

Pelo centro de Madrid

Sala El Sol

Também muito tradicional e no coração da cidade, a discoteca Sala El Sol agrada a gregos e troianos com música pop internacional e espanhola desde 1979. As filas para entrar são longas, mas andam rápido. Não se assuste e siga as luzes!

Teatro Joy Eslava

Não faltam shows em Madrid nem no Natal ou no Réveillon

Teatro Joy Eslava, ao lado da Puerta del Sol em Madrid – Foto: Divulgação

Despretencioso por fora e chique de doer por dentro, o Joy Eslava tem shows 365 dias ao ano e todos os estilos de festa possíveis. Dê aquela analisada na programação antes de entrar.

Bônus: ele fica na esquina da melhor churrería de Madrid, a San Ginés, que também abre 24h inclusive no Natal, Reveillón e em qualquer hora que a fome bater, desde 1894.

Cassette

Os amantes de música eletrônica — e até quem não ama tanto assim — merecem uma noite no Cassette, uma discoteca que tem festas especialmente disputadas aos domingos. A pista é ampla, a música é bem boa e as luzes do palco são (positivamente) meio alucinantes.

El Bombón de Madrid

Drinks criativos e música latina mostrram a variedade da noite na Espanha

El Bombón, no bairro La Latina – Foto: Divulgação

O El Bombón deu tão certo em Barcelona que ganhamos um em Madrid. Perfeito para se jogar na pista com clássicos da música latina, excelente comida venezuelana e drinks muito criativos como o Amor Verdadero, uma espécie de mojito de maracujá com algum segredo da casa que vai te fazer pedir mais um, mais dois e tal.

Badalando por Lavapiés, zona sul de Madrid

Se você busca uma noite mais alternativa do que a do centro da cidade, o bairro de Lavapiés é um prato cheio.

Comece a noite obrigatoriamente em dúvida com a imensa oferta de bares na Calle Argumosa.

Dois clássicos são a Sidrería, com comida e bebidas gallegas de primeira e o disputadíssimo La Playa de Lavapies, cujo nome é autoexplicativo: o clima é bem praiano e tropical.

Antes de entrar na boate, dá tempo de passar pelo bar Amor Voodoo e provar a sopa sancocho para repor as energias perdidas durante as andanças. Quando o bar fechar, lá pela 1:00 am, siga para o Club 33, dê o melhor de si ao som de rocks e baladas com pegada mais indie/pop, e, por favor, não perca a oportunidade de dançar no palco.

Longe da gente receitar qualquer medicamento sem ter estudado para isso, mas na Espanha não existe Engov. Dizem as más línguas que, na manhã seguinte aqui, um ibuprofeno resolve o a ressaca.

Você prefere fazer passeios diurnos em Madrid? Então espia este post.

Muita Viagem

Muita Viagem - Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

Tire a sua dúvida, comente. Participe!

O e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*