Início / Vasto Mundo / Alemanha / Roteiro 10 dias no leste europeu – Praga, Viena e Berlim

Roteiro 10 dias no leste europeu – Praga, Viena e Berlim

Dediquei roteiro na viagem de férias na Europa a visitar países do leste europeu, experimentando a história viajando por pontos turísticos e marcos que ambientam tempos medievais e da Segunda Grande Guerra.

Um dos motivos da viagem para a Europa foi visitar minha irmã, que mora em Praga, na República Tcheca. Logo, meu voo saiu do Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos para Praga, com escala em Munique, na Alemanha.

O roteiro da viagem na Europa incluiu Praga e outras cidades na República Tcheca, Viena, na Áustria e Berlim, Alemanha. Também fiz uma rota alternativa escapando para a Croácia e Bósnia, mais isso eu conto depois, incluindo também a Eslovênia, em viagem que fiz 7 meses depois.

Esta é uma boa dica para quem quer fazer uma viagem barata na Europa. Quem tem 10 dias, altamente recomendo ficar em até no máximo 3 destinos, o que tornaria uma viagem bacana com mais tempo em Praga, ida à Viena e Berlim.

***

5 dias na República Tcheca

Praga, a cidade das 100 cúpulas

ponte-carlos-praga-por-sol-foto

Castelo de Praga visto da Ponte Carlos no entardecer em Praga. | Foto: MV

Fiquei mais tempo em Praga, e com muitas dicas da minha irmã que mora lá há quase 10 anos, tenho boas dicas e relatos, como restaurante estilo medieval, Ópera no Teatro Nacional e degustação de cervejas.

– O que fazer em Praga?

– Onde comer em Praga?

Vale a pena também desbravar as regiões das montanhas, na cidade de Tanvald (aliás, cidade natal de meu avô paterno), bem como a romântica Cesky Krumlov, ao sul, bem pertinho de Praga, ou ainda Kutna Hora.

Ler as dicas que já escrevemos sobre Praga, na República Tcheca. Na última viagem que fiz pra lá conheci muitos lugares interessantes. A seguir diversos links com dicas fresquinhas sobre Praga.

Quantos dias? Acredito que vale a pena ter 3 noites em Praga e dormir uma noite em Cesky Krumlov ou outra cidade tcheca. No total, 5 dias na CZ.

Hotel barato – É possível pagar menos de R$100 pela diária em hotéis em Praga. Pesquise opções de hospedagem em Praga pelo Booking.

– Onde ficar em Praga?

Cesky Krumlov, cidade medieval linda e romântica

cesky-krumlov-2015

O castelo de Cesky Krumlov é o 2.º maior da CZ.

Alugue um carro em Praga e siga rumo ao sul, pertinho da capital tcheca, você irá encontrar a encantadora cidade de Cesky Krumlov – uma das cidades medievais mais bem preservadas da Europa.

A República Tcheca é um país barato para viagem na Europa, então pode valer a pena ficar mais tempo no país e conhecer o norte e cidades como Kutna Hora, Karlovy Vary ou Tanvald.

Hluboká nad Vltavou: um chateau pertinho de Praga

Hluboká nad Vltavou

Hluboká nad Vltavou.

Quando alugar o carro para ir até Cesky Krumlov, faça uma parada em Hluboká nad Vltavou, o chateau é uma graça.

2 dias em Viena, da princesa Sisi e de Mozart

Karntnerstrasse-viena

A movimentada Karntnerstrasse, centrinho de Viena no fim de tarde.

De Praga fizemos uma viagem de ônibus para passar o fim de semana em Viena, na Áustria. A cidade é bonita, com muitos museus e arquitetura de tirar o fôlego de quem admira grandes e bonitas construções.

Clique abaixo e veja fotos e leia dicas de como chegar em Viena, onde comer e o que fazer na capital da Áustria.

– Roteiro de 2 dias em Viena: Onde ficar, O que fazer e onde comer

A Áustria também pode reservar outros destinos interessantes, como Salzburg ou Füssen, onde está localizado o castelo da Cinderela – Neuschwanstein.

3 dias em Berlin, uma cidade f#d@!

dom-berlim-reichtag

A visita à cúpula do Reichtag é gratuita, mas é preciso planejamento.

Confira nos links abaixo boas dicas para curtir ao máximo a agitada, gigante e organizada Berlim. O destino na Alemanha nos leva a pensar sobre as barbáries humanas no holocausto e lembrar a história recente da civilização.

Em um dia você pode visitar o campo de concentração em Sachsenhausen, a cerca de 40 minutos de Berlim.

Outro dia caminhar pelo centro da cidade e conhecer o Brandenburg Gate, Checkpoint Charlie, Memorial dos Judeus Mortos, Tiergarten, Coluna da Vitória, Cathedral de Berlim e, se quiser ir até o muro de Berlim grafitado na East Side Gallery, ou deixar para o último dia algumas destas atrações.

– O que fazer em Berlin?

Campo de Concentração Nazista

Saiba onde comer comida típica alemã, comprar cerveja barata e dica de hostel bacana e bem localizado.

– Onde comer em Berlin?

Em Berlim você gasta um pouco mais do que R$100. Pesquise opções de hospedagem em Berlim com o Booking.

– Onde ficar em Berlin?

Alemanha dividida: o muro de Berlim e a história da guerra.

muro-berlim-2015

East Side Gallery: arte e grafitti no muro de Berlim.

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

19 Comentários

  1. Oi… estou pensando em ir para o Leste Europeu agora em novembro… entretanto algumas coisas me preocupam… primeira: a língua, só falo inglês, em Viena creio ser tranquilo… mas em Praga… consigo me virar bem? E em Berlim?… Estava cogitando ir pra Budapeste também, mas a comunicação está me deixando bem preocupada… outra coisa, a moeda, o Euro já foi adotado por Budapeste, Viena e Praga?… Consigo tranquilo passar os dias lá apenas com Euro, ou é necessário trocar pela moeda local?… SOS

    • Olá Denielly!

      Com inglês você se vira bem em Viena (apesar de muitos locais falarem melhor o alemão) e Berlim (na Alemanha a grande maioria das pessoas têm o inglês como segundo idioma). Praga é uma das cidades mais turísticas da Europa e mesmo que “meia boca” todos falam um pouco de inglês e com certeza irão te entender. Budapeste eu ainda não conheço, mas acredito que também não tenha dificuldades. Na Europa, de um modo geral, as pessoas são bem educadas e prontas a ajudar o turista.

      Já em relação à moeda, em Viena você usa Euro; em Praga é melhor trocar o dinheiro por Coroas Tchecas. A dica é levar Euro e quando chegar lá troca Euro por Coroa Tcheca em loja de câmbio no centro (certifique-se de que realmente eles não cobrem taxas).

      Boa Viagem!

  2. Olá! Gostei das dicas e do roteiro. Pretendo conhecer o Leste Europeu no final desse ano (inverno em Praga, correto?) A minha dúvida, no entanto, é sobre esse roteiro para crianças. Eu tenho dois filhos: um de sete e um de dois anos. Qual a sua opinião? Será que da para curtir numa boa, sem maiores preocupações?

    • Oi Rogério. É bom saber que o frio por lá pode ser extremamente rigoroso. O sistema de transporte do leste europeu é razoável e possível se locomover com crianças sem dificuldade. A dica é usar roupas de frio adequadas ao inverno da Europa.

  3. Oi Rogério, minha dúvida é em relação ao idioma, eu entendo e leio até bem em inglês, porém não articulo muito bem no momento de falar frases, parece que tenho uma trava kkkk
    Será que vou ter muita dificuldade ou dá para improvisar.

    Obrigada, Viviane

  4. Olá Dan!
    Amigo, vou fazer uma viagem de ônibus entre Praga, Viena e Budapeste.
    Como fica a questão do visto?
    Pego um visto de entrada em Praga, mas e onde pego o visto em Viena? E depois em Budapeste?
    Preciso de um visto em cada país desses né?!
    Aguardo.
    Obrigado!

  5. ALICE DE ANDRADE GROTH

    Oi, estou me organizando para viajar em abril/2017 com meu marido e um casal. Estamos em dúvida entre o roteiro acima de 10 dias pelo leste europeu (Praga, Viena e Berlin) ou 10 dias em Nova Iorque. Tem ideia de quanto gastaria por dia em hospedagem (hotel 3 estrelas) alimentação, passeios, transportes?

    Desde já fico grata pelas dicas que puder dar.

    Alice

  6. Olá, meu nome é Fabiana e eu e meu marido estamos programando viagem para leste europeu em final de setembro. O que você nos recomenda? Obrigada.

  7. olá boa noite.
    vou viajar com meu marido, em outubro 2016 para berlim, munique, salzburg e praga (chegando e voltando por berlim) e gostaria de saber se você tem sugestão de empresas baratas para fazer os trajetos salzburg – praga – berlim. Andei vendo REGIOJET STUDENT AGENCY e achei os preços ótimos, além do tempo de viagem não ser tão ruim. Você recomenda? Dentro da Alemanha é mais aconselhável trem ou ônibus? Alguma empresa para indicar? Obrigada, desde já.

    • Pode comprar os bilhetes na Student Agency sem problemas. É uma empresa pontual e confiável. Fizemos o trajeto de Praga até Viena. veja nosso relato aqui: http://goo.gl/VVgWLz

      Já em Munique, vale a pena optar pelo Bayern Pass. Com este ticket você consegue fazer viagens bate-vola no Sul da Alemanha. Algumas viagens possíveis são Augsburg, Nuremberg, Rothenburg e Salzburg, que apesar de ficar na Áustria, também faz parte da Bavária.

      O preço é bem camarada. Acho que custa pouco mais que 20 Euros. Veja mais informações aqui: https://goo.gl/jtEHC0
      A única ressalva é que os trens devem ser os regionais e a viagens após às 9AM durante a semana (para não atrapalhar quem usa os trens para ir trabalhar em outras cidades). Aos finais de semana valem pelo dia todo.

      Boa viagem!

  8. Olá! Estou indo para Viena, Praga e Budapeste no início de novembro deste ano, gostaria de saber como costuma ser o tempo nesta época do ano por lá? Costuma chover?
    Obrigada

    • Olá Lilian,

      Nesta época já está bem friozinho nesta região e costuma ter garoa alguns dias. É bom levar roupas de frio e até um guarda-chuva. Neste artigo damos algumas dicas de lugares para ir com chuva em Praga, como a casa de chá Dobrá Cajovna, que cai muito bem com um tempinho chuvoso…

      Boa viagem!

      • Ola Dan, ainda sobre o tempo nessa epoca do ano; os dias são curtos a ponto de atrapalhar os passeios? Ha muita neve? Não me importo com o frio mas sim com chuva e neve a ponto de atrapalhar…

  9. Oi, Dan!
    Dia 07 de novembro chegarei a Praga, onde ficarei por 4 dias. De lá irei à Cracóvia e possivelmente, descerei até Budapeste. Tenho 13 dias para fazer 3 países, excluindo os dias de voos.
    Gostaria de ter comprado passagens multi-trechos, mas não consegui. Voltar por Bucareste ou Budapeste, por exemplo.[
    Praga está justamente no meio entre Polônia e Hungria, ou seja, de qquer forma terei que retornar para embarcar para o Brasil dia 21.
    Até agora o certo mesmo são os 4 dias em Praga.
    Vc pode sugerir algo ou então, só deixar sua opinião sobe esse meu pretenso roteiro?
    Grata
    * Obs. : deverei atravessar de ônibus, pois de trem está muito mais caro.

  10. ola vou viajar dia 14 de novembro pro leste europeu, é um pacote com guia isso sem problemas, mas quanto a quantia de euros levo uns 1.500 euros ou mais, e quanto ao rigor do tempo que tipo de roupas preciso???

    • Olá Marli!

      Leve uma média de 100 Euros por dia, desconsiderando valores gastos com hotel, passagens aéreas e transporte entre os destinos. Com 100 EUR por dia você consegue fazer refeições não muito caras, alguns passeios, museus, etc, e até comprar lembrancinhas baratas. Leve uma quantia maior caso queira fazer compras ou jantar em lugares mais caros.

      Além deste dinheiro, é sempre bom ter um valor disponível para gastar no cartão de crédito ou uma reserva em dinheiro mesmo. É importante ter um dinheiro extra para despesas inesperadas ou emergências. 500 Euros a mais são suficientes.

      Quanto ao frio, coloque na mala gorro de lã, cachecol, luvas, meias grossas, suéter, cardigã ou cachemir que esquente e um bom casacão.

      Boa viagem!

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*