Início / Viagens pelo Brasil / Sudeste / 5 Roteiros de bicicleta pelas ciclovias de São Paulo

5 Roteiros de bicicleta pelas ciclovias de São Paulo

SPTuris – Pedalar por São Paulo está cada vez mais agradável e seguro com a implantação da nova estrutura cicloviária.

Além de ser um meio de transporte para quem vai ao trabalho, à escola ou à faculdade, a bicicleta também pode ser uma opção de locomoção àqueles que desejam conhecer a cidade e explorar pontos turísticos.

Sobre duas rodas, o “turista-ciclista” – seja ele paulistano ou visitante de outros municípios e países – enxerga a cidade com outro olhar. Ele pode tirar fotos onde quiser, descobrir lugares inusitados no caminho, interagir com as pessoas, enfim, viver tudo o que São Paulo tem para oferecer.

Lembre-se sempre de levar alguns itens indispensáveis para uma volta de bicicleta – água, comida leve (barras de cereal ou frutas), protetor solar, boné, capa de chuva. Confira cartilha com dicas de etiqueta e segurança do ciclista.

Centro histórico durante a semana

Ciclovias em SP

Ciclofaixa no Viaduto do Chá, com o Theatro Municipal ao fundo.

Descobrir o centro histórico de São Paulo durante a semana é uma oportunidade de presenciar o movimento intenso das pessoas que trabalham na região e o comércio aberto.

Observe a arquitetura das construções históricas antigas e fique sempre atento aos pedestres que circulam pelas vias.

– Percurso total: 7,1 km
– Elevação: 75 metros
– Nível: Fácil
Tempo previsto: 2 horas (apenas com paradas externas para fotos), 4 horas (incluindo paradas breves para entrar na Biblioteca, Estação Julio Prestes e Estação Pinacoteca – que possuem paraciclos – checar), 6 horas (idem anterior mais Pinacoteca).

Roteiro

Pateo do Collegio > Solar da Marquesa > Caixa Cultural > Praça da Sé > Rua Benjamin Constant > Largo São Francisco – Faculdade de Direito da USP > Rua Líbero Badaró > Prédio da Prefeitura > Viaduto do Chá > Vista do Anhangabaú > Praça Ramos > Theatro Municipal > Rua Xavier de Toledo > Biblioteca Mário de Andrade > R. Dr. Bráulio Gomes > Rua Marconi > R. Barão de Itapetininga > Praça da República > Largo do Arouche > Av. São João > Av. Duque de Caxias > Estação Julio Prestes > Estação Pinacoteca > Memória da Resistência > Rua Mauá > Parque da Luz > Pinacoteca do Estado > Museu da Língua Portuguesa > Av. Cásper Líbero > Rua Antonio de Godoi > Largo Paissandu > Galeria Olido > Galeria do Rock > Av. São João (calçada) > Vale do Anhangabaú > Edifício Martinelli > Banespão > Rua São Bento (calçada compartilhada) > Café Girondino > Mosteiro São Bento.

Aos domingos, a ciclofaixa de lazer fica repleta de ciclistas no centro.

 

Da Luz à Liberdade aos sábados

roteiro-bike-luz

Roteiro de bike em SP inclui ciclofaixa próxima à Estação da Luz.

Este roteiro é para ser feito aos sábados, quando a Pinacoteca do Estado e o Museu da Língua Portuguesa têm entrada gratuita, e na Praça da Liberdade acontece a feira com barracas de comida e artesanatos típicos da cultura oriental.

– Percurso total: 5,6 km
Elevação: 74 metros
– Nível: Fácil
Tempo previsto: 3 horas (paradas para fotos e para comer na Liberdade), 6 horas (visitas à Pinacoteca e/ou Museu da Língua Portuguesa).

Roteiro

Parque da Luz > Pinacoteca > Museu da Língua Portuguesa > Cásper Líbero > Rua Antonio de Godoi > Largo Paissandu > Galeria Olido > Galeria do Rock > Dom José de Barros > Barão de Itapetininga > Rua Marconi > Dr. Bráulio Gomes > Biblioteca Mário de Andrade > Xavier de Toledo > Theatro Municipal > Praça Ramos de Azevedo > São João > Vale do Anhangabaú > Rua Líbero Badaró > Mosteiro São Bento > Rua Boa Vista > Pateo do Collegio > Rua do Tesouro > Rua Álvares Penteado (CCBB) > Rua da Quitanda > Praça Patriarca – Prédio da Prefeitura > Largo São Francisco > Rua Benjamin Constant > Catedral da Sé > Praça da Liberdade (feirinha).

De parque em parque durante a semana

alugar-bike-sp-parque

Ciclopassarela que liga Ciclovia do Rio Pinheiros ao Parque do Povo.

Opção para quem quer conhecer duas áreas verdes da cidade, o Parque Villa-Lobos, no bairro Alto de Pinheiros, e o Parque do Povo, que fica no Itaim Bibi. Ambos estão conectados pela ciclovia do Rio Pinheiros, que tem estrutura como banheiros, bebedouros e segurança no percurso totalmente plano.

– Percurso total: cerca de 23 km (ida e volta)
Elevação: 59 metros
– Nível: Intermediário
Tempo previsto: 2 horas (uma volta única em cada parque), 4 horas (incluindo percurso mais longo dentro de cada parque)

Roteiro

Parque Villa-Lobos* > Av. Prof Fonseca Rodrigues > Ponte Cidade Universitária > Ciclovia do Rio Pinheiros > Ciclopassarela > Parque do Povo.

*Há aluguel de bicicleta no Parque Villa-Lobos (vai e volta)

Av. Paulista – Ibirapuera aos domingos

Percurso recomendado para ser feito com a ciclofaixa de lazer que funciona aos domingos e feriados, das 7h às 16h.

É possível atravessar toda extensão da avenida mais famosa da cidade, passando por vários atrativos culturais, e ir até o Parque das Bicicletas e Ibirapuera, na região sul, perto dos bairros Vila Mariana e Moema.

– Percurso total: cerca de 15 km (apenas ida)
Elevação: 89 metros
– Nível: Intermediário
Tempo previsto: 2 horas (paradas na Avenida Paulista e volta rápida nos parques), 4 horas (ida e volta – atenção, o retorno tem mais subida).

Roteiro

Av. Paulista > Conjunto Nacional > Parque Mario Covas > Parque Trianon > Masp > Centro Cultural Fiesp > Espaço Cultural Citi > Prédio da Gazeta > Instituto Itaú Cultural > Casa das Rosas > Rua Vergueiro > Rua Domingos de Morais > Av. Jabaquara > Av. Indianópolis > Parque das Bicicletas > Ibirapuera

De parque em parque aos domingos

Aos domingos, com o funcionamento da ciclofaixa de lazer, das 7h às 16h, é possível percorrer três parques da cidade: Ibirapuera, do Povo e Villa-Lobos. Se for conhecer e pedalar dentro deles, lembre-se de tomar bastante água e fazer alguma pausa para comer algo, pois o passeio pode ser mais longo.

– Percurso total: cerca de 13 km (apenas ida)
Elevação: 82 metros
– Nível: Intermediário
Tempo previsto: 1 hora (só ida, direto e sem paradas), 3 horas (só ida, com volta pelos parques), 5 horas (ida e volta, com passeio pelos parques).

Roteiro

Outros roteiros de bike por aí

Há diversas cidades em SP que propiciam roteiros para bicicletas. O Gustavo, que gosta de pedalar na sua magrela velha, costuma fazer trilhas de bike na região de Sousas e Joaquim Egídio, dois distritos de Campinas.

Para quem gosta de aventuras sobre duas rodas e quiser pedalar pelo mundo, o site Viaje Aqui, elencou lista bem bacana com 10 rotas de bicicleta pelo mundo, incluindo a rota Camino Yungas (rota da morte), na Bolívia.

Fotos: José Cordeiro (as duas primeiras) e Marcelo Iha / SPTuris.

Muita Viagem

Muita Viagem - Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

Um comentário

  1. Para alugar bicicleta no Parque Villa Lobos, eu alugo na Bike Point Villa Lobos no Posto BR em frente ao parque Villa Lobos. Aluguel de bicicleta por um preço muito bom e um ótimo atendimento.

Tire a sua dúvida, comente. Participe!

O e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*