Início / Antes da Viagem / O que fazer em São Bento do Sapucaí, cidade romântica e vila colonial na Serra da Mantiqueira

O que fazer em São Bento do Sapucaí, cidade romântica e vila colonial na Serra da Mantiqueira

São Bento do Sapucaí, no nordeste do estado, é uma das mais bonitas e charmosas cidades coloniais do interior paulista.

Bucólica e romântica, a cidadezinha é destino certo para curtir o friozinho, comer bem, passear ou, ir além, e radicalizar em esportes de aventura.

Lugares para conhecer no Sul de Minas

São Bento do Sapucaí, a 185 km de São Paulo e 45 km de Campos do Jordão

São Bento do Sapucaí, a 185 km de São Paulo e 45 km de Campos do Jordão

A Serra da Mantiqueira exibe contornos incríveis no horizonte do Vale do Paraíba, criando um cenário mágico para curtir uma viagem romântica, em família ou entre amigos em duas cidades vizinhas à Campos do JordãoSão Bento do Sapucaí e Santo Antônio do Pinhal.

A apenas 185 km de São Paulo e 45 km de Campos do Jordão, São Bento do Sapucaí se destaca pela riqueza cultural e diversidade de atividades – trilhas, escaladas, cachoeiras e ateliers pra lá de interessantes.

Voo livre, trilhas e mirantes incríveis em torno da Pedra do Baú

Voo livre, trilhas e mirantes incríveis em torno da Pedra do Baú

Bem diferente da agito de Campos, as belezas de São Bento podem ser admiradas de forma serena a um custo bem mais baixo.

A pacata cidade encaixa-se perfeitamente num roteiro simples de fim de semana para relaxar e contemplar a bucólica vida no interior com um bom dedo de prosa com seus simpáticos habitantes.

Com pousadas charmosas, restaurantes baratos, trilhas, passeios culturais e festas populares, a graciosa estância climática encanta e deslumbra o olhar do turista em cada cantinho.

A seguir, fotos e dicas sobre o que fazer em São Bento, com roteiro em um dos lugares românticos para viajar em SP. E o melhor, sem gastar muito.

Cidades turísticas no interior de São Paulo

O que fazer em São Bento do Sapucaí

Com ruas estreitas e asfaltadas, entre araucárias e formações rochosas, São Bento do Sapucaí tem visual de tirar o fôlego. Refinada e com rica cultura artesanal, parece ter sido esculpida em um mosaico de formas e cores.

Pedra do Baú

Pedra do Baú, cartão postal de São Bento do Sapucaí

Pedra do Baú, cartão postal de São Bento do Sapucaí

O Monumento Natural Estadual da Pedra do Baú, com seu mirante espetacular e de fácil acesso, é o principal cartão postal da cidade e passeio turístico para qualquer idade.

O complexo rochoso é composto pela Pedra do Baú, Bauzinho e Ana Chata. A Pedra do Baú é a principal formação, com quase 2 mil metros de altitude.

Trilhas na Pedra do Baú

Pequena trilha até o mirante do Bauzinho

Pequena trilha até o mirante do Bauzinho

Para quem gosta de aventura, o complexo da Pedra do Baú oferece inúmeras opções de trilhas, escaladas e rapel na rocha.

Vá de carro até o estacionamento do Bauzinho (siga Pedra do Baú). Pague a taxa de preservação ambiental (R$10 por carro) e observe as placas das trilhas.

Trilha do Bauzinho

Com 470 metros, a trilha do Bauzinho tem nível fácil e pode ser feita em cerca de 30 minutos. Para chegar, basta seguir a placa “Bauzinho”.

***

As trilhas Ana Chata e até o topo do Pedra do Baú são difíceis, exigem equipamentos de segurança (capacete, cadeirinha, fita e mosquetão).

Caso seja iniciante e precise destes apetrechos, procure uma agência de ecoturismo. Para a sua segurança, nunca faça as trilhas e escaladas sozinho.

Cachoeira do Toldi, em São Bento

Cachoeira do Toldi

A trilha Ana Chata tem nível moderado e um percurso de quase 4 km, feitos em aproximadamente 2 horas de caminhadas por entre uma trilha estreita, passando por uma caverna até chegar à base da pedra.

Já a trilha até o topo da Pedra do Baú tem nível difícil e um percurso de 4 km, feitos em cerca de 3 horas.

Cachoeiras – As belas cachoeiras do Toldi, dos Amores e do Tobogã não podem ser esquecidas, são pontos turísticos bonitos.

Roteiro em Campos do Jordão e São Bento

Trilha para bike

Para os adeptos do mountain bike, São Bento do Sapucaí tem opções para pedaladas por estradas de terra e trilhas estreitas na área rural do vilarejo.

Um dos roteiros bacanas é a Volta do Serrano, que passa pela Cachoeira do Tobogã e o visual da Pedra da Balança. É um percurso difícil, com quase 16 km de trajeto, feitos em cerca de 2 horas.

Uma outra rota de bike irada é a Trilha da Divisa. Com quase 20 km, o trajeto é muito difícil e pode levar até 3 horas.

Há opções mais fáceis e ainda assim curtir o visual da Mantiqueira sem muito esforço, como o Circuito Light, com 7 km de extensão, feitos em até 1 hora.

Dicas de trilhas e aventuras para roteiros de viagens

Artesanatos

Ditinho Joana

A arte saída das mãos de artesãos como Ditinho Joana, são expressões da cultura popular que deve ser preservada e prestigiada. O artesão é um ícone da cidade. Não à toa, a obra do artista é reconhecida mundialmente.

"A botinha representa a caminhada da vida"

“A botinha representa a caminhada da vida”

O objeto central das obras do artistas, totalmente esculpidas em troncos de madeira, é a bota.

“A botinha representa a caminhada da vida. Subi e desci. Andei depressa e devagar. Cansei e descansei. Entristeci e me alegrei e assim sempre caminhei. Hoje estou gasta e cheia de marcas, mas com certeza valeu a pena” – Ditinho Joana.

Capelinha em mosaico

Capelas de mosaico, em São Bento do Sapucaí, SP

Capelas de mosaico, em São Bento do Sapucaí, SP

A capela de mosaico é uma atração à parte. Construída por artesão da vila, a capelinha atrai curiosos, romeiros e turistas, ávidos em fotografar a bela construção, colorida e abençoada.

Há uma segunda igrejinha, menor e menos conservada, na estrada do Paiol, sentido Campos do Jordão, em direção à Pedra do Baú. Vale uma parada para foto. Os desenhos nas paredes do lado de fora valem a clique da máquina.

***

Cinema Paradiso

O pequeno museu funciona no quintal da casa do Manoel Coutinho, cinegrafista e cinéfilo.  A paixão pelo cinema, herdada do pai, é compartilhada com crianças de escolas, turistas e amantes do cinema.

O projeto é pra lá de especial e tornou-se um cantinho em SP para aprender um pouco mais sobre a sétima arte.

Cinema Paradiso, em São Bento do Sapucaí, SP

Acervo do Museu Cinema Paradiso, em São Bento do Sapucaí, SP

No local há máquinas fotográficas antigas, projetores 35 mm em pleno funcionamento, fotos, cartazes, filmes antigos e relíquias do cinema.

Vale a visita. O museu fica próximo à Praça do Coreto, na Av. Conselheiro Rodrigues Alves. Aberto aos finais de semana. A entrada é grátis.

— Roteiro musical: Um dia com os Beatles em Hamburgo

Igreja Matriz

Igreja Matriz, em São Bento do Sapucai

Igreja Matriz, em São Bento do Sapucai

Ponto de encontro de são-bendistas e turistas, a praça da igreja matriz  é palco das diversas festas populares que ocorrem ao longo do ano.

As principais comemorações são as quermesses de junho; festival de inverno, em julho; o bloco de carnaval Zé Pereira e seus bonecos gigantes, que desfilam pelas ruas do centro quando há feriados do calendário católico.

Não deixe de conferir a programação cultural da cidade, com eventos especialmente nas férias de julho, festas de fim de ano, réveillon e carnaval.

Onde comer em São Bento do Sapucaí

Há várias opções de cafés, restaurantes e cantinas onde comer. O Sabor da Serra, localizado na principal avenida da cidade é uma boa pedida.

Fondue no restaurante Sabor da Serra, em São Bento do Sapucaí (SP)

Fondue no restaurante Sabor da Serra, em São Bento do Sapucaí (SP)

O restaurante serve buffet de comida mineira no almoço, rodízio de sopas ou pizzas e fondue de queijo, que acompanhado de um leve e bom vinho, esquenta uma noite romântica no inverno nas montanhas.

Uma outra opção é o Sabor com Arte. No alto da serra, subindo em direção à Pedra do Baú, no sentido de Campos do Jordão, o lugar é aconchegante, barato e tem qualidade. A sugestão de prato é a truta assada, mas há também buffet de comida mineira.

Onde ficar em São Bento do Sapucaí

Pousada Vila dos Quilombolas

Uma cidade romântica com clima de montanha ficará ainda mais agradável se você escolher uma pousada charmosa, de bom gosto e com preço justo. Escolhemos a Pousada Vila dos Quilombolas e acertamos.

Veja mais fotos e faça a reserva pelo Booking

Rede na varanda com vista para as montanhas, na pousada Vila dos Quilombolas

Varanda com vista para as montanhas, na pousada Vila dos Quilombolas

A pousada é incrível, com café da manhã delicioso e completo, quartos bem decorados, limpos e agradáveis e uma vista maravilhosa para as montanhas. Soma-se uma linda área em mezanino dentro do salão principal, piscina aquecida, TV, wi-fi e estacionamento.

Sem dúvida, a linda pousada romântica colabora para uma viagem mais que perfeita na belíssima cidade de São Bento do Sapucaí.

Lugares românticos em SP: roteiros para casal

Como a pousada possui poucos quartos e reservamos somente na véspera, conseguimos apenas uma noite. Então, para podermos ficar todo o final de semana na cidade, tivemos que dormir a noite de sábado em uma outra pousada, que não recomendamos.

*

Atenção! Não faça reserva nos chalés Wicca Vale, são sujos, de mal gosto e sem estrutura para a localização gelada da serra. O café da manhã era de má qualidade e o caseiro prende dezenas de pássaros na gaiola, uma dó.

***

Além da pousada Vila dos Quilombolas, algumas pousadas indicadas são a pousada Caminho da Mata, Clorofila Hospedaria e os chalés Canto da Lua.

Danilo

Dan já foi Comissário de Voo e Relações Públicas. Hoje é um viajante. Já viveu no Canadá, fez road trip pela Califórnia e mochilão na Europa. Conhece 20 países e todas as capitais do Brasil. Quer conhecer 50 antes dos 50.

2 Comentários

  1. Amei teu post, lindas fotos e essas trilhas já dá vontade de partir e curtir tudo isso, parabéns!

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*