Home / Vasto Mundo / Canadá / Dicas básicas para conhecer Vancouver, no Canadá
Vancouver é uma cidade portuária com modernos prédios

Dicas básicas para conhecer Vancouver, no Canadá

Gabi Saraceni

O que dizer de uma cidade eleita por anos uma das melhores cidades para se viver do mundo?

Encantadora, agitada e completa, cercada de rios, mar e montanhas, Vancouver é a maior região metropolitana da costa oeste do Canadá, e mesmo assim não se vê tantos problemas alarmantes de grandes cidades.

 

Eu, que sou de São Paulo fiquei em choque com as ruas vazias e tranquilas em pleno horário de rush. No centro da cidade ficam os grandes arranha-céus das maiores corporações canadenses, imponentes sem destoar das demais construções .

Aliás, a mistura de cidade portuária com centro financeiro, abrigada por um imenso parque traz uma paisagem inusitada e interessante. Andar por Vancouver já é um passeio e tanto! A cada esquina temos uma nova impressão do que a faz tão única e agradável.

– O que fazer no Canadá, um dos melhores destinos internacionais de 2017

Onde ficar em Vancouver

O melhor bairro para se hospedar em Vancouver é o Centro (Downtown).

Há muitas e boas opções para quem deseja ficar à vontade em um confortável quarto de hotel ou prefere socializar em hostels.

Eu fiquei no Samesun Hostel na Granville Street e foi uma mão na roda estar cercada de lojas, mercados e restaurantes.

Ou se você quer um lugar mais calmo, procure nas imediações, como o bairro West End e North Vancouver.

Os hotéis nesses bairros de Vancouver costumam ser um pouco mais baratos do que o centro.

– Booking: Hotéis em Vancouver, no Canadá

Evite apenas o bairro Eastside, pois costuma ser mais perigoso.

Vale a pena andar a pé ou de bicicleta por Vancouver

Vale a pena andar a pé ou de bicicleta por Vancouver

Aeroporto e andando por Vancouver

O Aeroporto Internacional de Vancouver fica um pouco longe da cidade.

O modo mais econômico e muito prático de ir do aeroporto para a cidade é de metrô.

O bilhete custa em torno de 9 dólares e te leva para toda Grande Vancouver. Se está com muitas malas e quer mais conforto, procure os serviços de Shuttle com o hotel ou um bom e velho táxi.

A estrutura do transporte público em Vancouver é excelente.

Há ônibus por toda a cidade e costumam cumprir os horários fixados de cada ponto. Consulte o site oficial para planejar a viagem e saber o itinerário de cada linha.

Com apenas um ticket você pode fazer integração para outros ônibus dentro de 90 minutos. O que é considerável, pois praticamente não há trânsito na cidade. É possível chegar ao outro lado da cidade em poucos minutos.

Fique atento às moedas e valor exato, pois não há troco no ônibus. Você deposita suas moedas em uma máquina automática do lado do motorista, que depois “cospe” seu ticket. Não tem cobrador por lá.

O metrô por lá tem o nome de SkyTrain e cobre grande parte da cidade. Custa o mesmo que ônibus e também oferece 90 minutos de integração. Ou seja, é possível sair do metrô e depois pega-lo novamente com o mesmo ticket. Fique atento ao destino final, pois a tarifa varia se for muito longe.

A cidade é dividida em zonas e conforme se afasta do centro, mas caro fica. Você precisa escanear o ticket também quando sai do metrô! Então pague a tarifa para a zona correta e não jogue fora o seu ticket.

Se você errou na tarifa na hora de comprar o bilhete, não se assuste. Pague a tarifa de upgrade e estará liberado. Todo o sistema de compra de bilhetes é automático e aceita dinheiro, moedas e cartão de crédito.

A estação central Waterfront fica em um prédio histórico bem bonito! Vale a pena a visita.

A cidade tem rios e mar banhando por toda a sua volta. Se quiser ir para North Vancouver, por exemplo, uma opção é pegar um barco, chamado SeaBus. Ou ainda usar pequenas barquinhas que navegam pelos canais e levam de um bairro a outro, os Aquabus.

Alugue bicicleta em Vancouver

Também é uma boa opção circular com taxi ou motoristas de serviços como Uber. Salvam tempo e são cômodos. Ou se você encara o espírito aventureiro, vá de bike! A cidade é bem plana e preparada para receber ciclistas.

Alugar uma bicicleta no Centro de Vancouver é bem prático e você pode colocar a magrela no ônibus se não quiser fazer o percurso de volta ou começar a chover.

Clima em Vancouver

O Canadá tem a fama de ser um país muito frio, e é durante os meses de inverno. Brrr!

Mas, em Vancouver, a proximidade com o mar faz com que a cidade tenha um clima ameno ano todo! Nem muito quente, nem muito frio -para os padrões canadenses.

O inverno costuma ser mais chuvoso e neve é mais raro por lá. Confira a previsão do tempo em Vancouver.

No próximo post, vou dar dicas sobre o que fazer em Vancouver. Tem opções para quem curte a natureza, as baladas, os cafés e restaurantes e até a praia!

One comment

  1. Estou planejando uma viagem para os Estados Unidos no próximo ano. Este post tem sido muito útil. muito obrigado por compartilhar. beijo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*