Início / Vasto Mundo / Canadá / O que fazer em Vancouver em 3 dias
O Stanley Park é um lindo parque que vale a pena colocar no roteiro em Vancouver
O Stanley Park é um lindo parque que vale a pena colocar no roteiro em Vancouver

O que fazer em Vancouver em 3 dias

Por Gabi Saraceni

Vancouver, no Canada, é uma daquelas cidades que dá vontade de sair andando (ou pedalando!) pelas ruas. Repleta de atrações, mistura ambientes naturais, como praias e florestas, com grandes estádios. Há um pouco de tudo, então resumi por aqui um roteiro de 3 dias para conhecer a cidade mais querida da costa oeste: Vancouver.

Vamos nessa?

– O que fazer no Canadá

– O que fazer nos Estados Unidos

Dia 1 em Vancouver – Stanley Park

Stanley Park 

São 9km de pista de bicicleta e caminhada que circundam este que é um dos parques mais lindos que eu já vi.

O Stanley Park surge de repente e deslumbrante na paisagem urbana de Vancouver. Vá para um passeio de bicicleta, é possível alugar uma magrela ou agendar um passeio turístico em grupo.

Prepare um piquenique no gramado, debaixo de lindas castanheiras. Ou ainda aproveite uma sessão no Aquário de Vancouver , ótima opção para crianças.

Mesmo aos finais de semana e feriado, o parque é um ambiente tranquilo de contato com a natureza. Limpo e organizado, você vai querer passar um tempo por lá.

Outra atração interessante é a coleção de tótens indígenas, que retratam parte da história local.

Granville Island Public Market 

É possível conhecer a Granville Island a partir de um passeio de barco

É possível conhecer a Granville Island a partir de um passeio de barco

O mercado público da ilha Granville guarda um pitoresco charme de porto, misturado com cidade pequena.

Mercado de Vancouver

Mercado de Vancouver

Para chegar no mercado de Vancouver, você pode pegar uma barca Aquabusno final da Hornby St., ou ainda ir de carro ou ônibus.

São vários restaurantes, lojas de artesanato local e, claro, feira de frutas, vegetais, carnes, queijos, empórios… Pode-se encontrar de tudo!

Ao redor do mercado, tem um parque com playground para as crianças.

É um destino muito popular de Vancouver, não deixe de ir.

Procure pela loja de vassouras (sim! Vassouras!) feitas à mão, são muito bonitas! Ou seja, um destino imperdível para quem curte os “mercadões”.

Dia 02 em Vancouver

Passeando por Downtown

O centro de Vancouver é um ótimo lugar para passear e conhecer a cidade.

Na região da Robson St e Granville St., há várias opções de lojas e restaurantes.

Não deixe de conferir o charmoso relógio badalando

Não deixe de conferir o charmoso relógio badalando

Ande em direção ao Vancouver Harbour para ter uma bela vista da costa.

A antiga e central estação Waterfront preserva uma linda construção antiga. É de lá onde saem os barcos em direção à North Vancouver.

Gastown

Saindo de Waterfront, caminhe pela Water St. e você estará em Gastown, o bairro antigo mais charmoso de Vancouver.

Tente ir à noite, quando as luzes das árvores se acendem, dando um charme muito romântico para o local.

É um ótimo destino para um jantar mais calmo e um passeio pelas ruas. Caminhando por ali, você verá um relógio estilo antigo à vapor! O Steam Clock é uma verdadeira jóia da cidade, espere as badaladas das horas cheias para um momento mágico.

Dia 03 em Vancouver

Museum of Anthropology

Um dos mais importantes museus do Canadá, o MOA foi construído dentro da Universidade de British Columbia. As suas exposições focam arte e cultura, principalmente dos “First Nations”, primeiros povos indígenas a habitarem aquele território. É uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais da história do lugar.

Science World

O Science World é um daqueles lugares para os apaixonados por Ciência. São várias atrações interessantes e bem interativas, o que acaba sendo um bom programa para se fazer com crianças. É uma atração que impressiona pela sua construção: uma geodésica gigante à beira do mar!

Bônus: Hóckey no gelo

Se você gosta de esportes, vai adorar essa dica: Rogers Arena é a casa do time de hóckey no gelo da cidade, o Vancouver Canucks!

O hóckey no gelo está para os canadenses assim como o futebol está para os brasileiros. Ou seja, é a paixão nacional. Recomendo! Uma experiência muito divertida e bem canadense.

Gustavo

Gustavo está em algum lugar da América do Sul, em um roteiro de mochilão que começou em março, no Equador.

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*