Início / Vasto Mundo / Espanha / Você já pensou em viajar para a Andaluzia?

Você já pensou em viajar para a Andaluzia?

Guesr Post por Fernanda Scafi do blog Tá Indo Pra Onde?

viagem-espanha-andaluzia

Vista da Alhambra do Mirador de San Nicolas

Se ainda não pensou nisso, não sabe o que está perdendo! Essa região no sul da Espanha é riquíssima culturalmente falando, depois de ter sido reduto dos árabes por muitos anos. Foi em Granada que eles resistiram contra os espanhóis que estavam tentando retomar o poder na Península Ibérica.

Lembram dos reis Isabel de Castela e Fernando de Aragão da aula de História? Então, tudo na região remete aos reis que finalmente expulsaram os mouros de lá em 1492 .

A principal atração turística não poderia ser outra senão a Alhambra, complexo de palácio, fortaleza e jardins, que era a morada dos sultões árabes e é ricamente decorada. Existem também outras fortalezas lindas na região, por exemplo em Córdoba, Sevilha e Málaga. Saiba mais sobre a Alhambra neste link!

Mas não pense que Granada se resume à Alhambra não. Tem muito mais coisa para fazer nessa agitada cidade universitária, entre mosteiros, igrejas, mercados ou simplesmente “salir de tapas”, ir de bar em bar pedindo bebidas e ganhando aperitivos para matar a fome, um hábito muito legal nas calorosas noites de verão.

tourada-espanha

Não vi nenhuma tourada mas visitei a Plaza de Toros de Sevilha

Alias, evite ao máximo conhecer a região nessa estação do ano. Se você acha que o calor do verão 2014 no Brasil foi exagerado, na Andaluzia é muito pior. Estudei em Granada por 2 meses no verão (fui em maio e fiquei até julho) e no dia menos quente estava 36 graus!

E por que fui estudar em Granada? Sempre achei importante ser fluente em outro idioma, além de inglês é claro, mas achava o espanhol muito feio, um “português errado”.

Quando decidi estudar espanhol por lá, estava em dúvida entre várias cidades e acabei escolhendo por eliminação. Já conhecia bem Madri de outros carnavais e achei que Salamanca (outra cidade universitária) estava fora de mão para as viagens de final de semana que eu queria fazer.

Exclui Barcelona por 3 motivos: achei que o catalão (língua mais falada por lá) poderia atrapalhar meu aprendizado de espanhol, a cidade com certeza estaria cheia de brasileiros e seria um destino muito mais provável para qualquer viagem futura à Europa. É mais fácil sair do Brasil para ir conhecer Barcelona do que a Andaluzia, certo?

casa-picasso-nasceu

A casa onde Picasso nasceu, hoje abriga um museu do pintor espanhol

Entre Sevilha e Granada, escolhi a segunda por ser menor e com menos chance ainda de estudar com brasileiros, mas confesso que a Alhambra influenciou a escolha. Aprendi a gostar da língua e de vários aspectos da cultura espanhola, torcia para eles na Copa do Mundo de 2006 antes da seleção espanhol a ficar famosa e adorava experimentar comidas diferentes, além de ler muito e ouvir músicas espanholas.

Quer fazer uma viagem de intercâmbio para aprender espanhol? Veja mais dicas para estudar o idioma neste link e também outras formas para melhorar o aprendizado neste outro link.

Granada também foi um ponto estratégico para fazer vários passeios às cidades próximas. Conheci Sevilha, Córdoba, Málaga e Antequera e inclusive fiz uma excursão para o norte do Marrocos com vários outros estudantes. Só não viajei mais pela região porque não queria matar aula e também por conta da Copa passei alguns finais de semana em Granada mesmo, com meus amigos do curso, alguns dos quais converso pelo Facebook até hoje.

Roteiros em Antequera, Málaga, Córdoba e Sevilha

Eu não me canso de falar bem da região e recomendar para todo mundo porque muita gente ainda não sabe o quão maravilhosa é a região, seja para fazer intercâmbio ou viajar a turismo! Fizeram uma eleição na Espanha dos 12 tesouros do país e não é à toa que 3 (ou seja, ¼ deles) estão por ali.

Quer enviar o seu guest post para o blog Muita Viagem? Entre em contato conosco!

2 Comentários

  1. Oi Danilo, acredita que na correria de volta de viagem só hoje que vi o post? rs Obrigada!!

Pergunta aí! Queremos saber

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*