Home / Viajei (relatos) / Cartão Postal / O que fazer em BH – Lugares para conhecer e colocar no roteiro
A Lagoa e o Conjunto Moderno da Pampulha, projetado por Niemeyer, estão entre as principais atrações de BH

O que fazer em BH – Lugares para conhecer e colocar no roteiro

Belo Horizonte, a capital das Minas Gerais, é uma cidade de rico e variado patrimônio arquitetônico, belas praças e parques e uma agitada vida cultural (e boêmia) –e, claro, reúne o melhor da culinária mineira. Para todos os tipos de turistas, tem muito o que fazer em BH.

Além disso, BH é cercada por cidades históricas, lugares com verde e cachoeiras e destinos imperdíveis do Brasil, como Inhotim, o museu ao céu aberto que encanta em Brumadinho, entre outras atrações para conhecer.

Aqui, vamos dar dicas de lugares legais para conhecer durante o dia em BH e fazer um roteiro de dois dias pela capital mineira, com algumas das principais atrações belorizontinas.

Não deixe de ver o que fazer em BH à noite –a balada em BH é bem agitada– e também os melhores destinos turísticos próximos, explorando o interior mineiro.

Lugares como Macacos, Ouro Preto, Brumadinho e a Serra do Cipó são fáceis de chegar de Belo Horizonte e boas opções de viagens baratas nos finais de semana e feriados.

– Cidades turísticas perto de BH

Lagoa e Conjunto Arquitetônico da Pampulha

Em BH, não deixe de conhecer a Lagoa da Pampulha

A Lagoa da Pampulha tem ícones arquitetônicos e outras coisas para fazer

Localizado na região da Pampulha, próximo a bairros como Ouro Preto e de lugares como a Universidade Federal de Minas Gerais, a Lagoa da Pampulha é uma das principais atrações de Belo Horizonte.

Famílias, esportistas e casais movimentam a orla da lagoa, que recebe uma das principais corridas de rua do Brasil, a volta da Pampulha.

É um bom lugar para correr ou fazer longas caminhadas em BH, com o contorno praticamente plano ou com subidas e descidas tranquilas (lembre-se, estamos nas montanhas de Minas Gerais).

Também é possível alugar bicicletas em diversos pontos ao redor da lagoa para pedalar nas ciclofaixas em torno da orla.

Casa do Baile, em Belo Horizonte. Projeto de Oscar Niemeyer. Foto de Clarice Muhlbauer/IPHAN

O contorno da lagoa é extenso –18,7 km– e os melhores lugares para passear estão concentrados nos poucos quilômetros que separam a Igreja de São Francisco de Assis, ícone turístico de BH, e a Casa do Baile, ambos patrimônios do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, projetado por Oscar Niemeyer e construído na década de 1940.

A Avenida Fleming, que termina na lagoa, é um bom lugar para ir no final de tarde e para sair a noite em BH, com diversos bares e baladinhas com música ao vivo, sertanejo e samba na programação ao longo da semana e nos finais de semana.

– Como chegar e endereço das principais atrações para conhecer

Praça da Liberdade

Fazer um passeio na Praça da Liberdade em BH é uma ótima opção para por no roteiro de dois dias em Belo Horizonte

A Praça da Liberdade é rodeada de atrações culturais gratuitas em BH

A Praça da Liberdade é um dos principais pontos de interesse da capital mineira, cercada por atrações culturais, arquitetônicas e turísticas –a maioria, coisas gratuitas para fazer.

Seus jardins geométricos ostentam duas fileiras de imensas palmeiras imperiais. Um coreto dá areas interioranos à praça em plena Savassi, uma das vizinhanças mais movimentadas, de dia e de noite, em BH.

Ao redor da praça, que tem toques inspirados no paisagismo francês, o Circuito Cultural da Praça da Liberdade é composto por construções de épocas que oferecem exposições gratuitas aos visitantes.

Consulte a programação cultural de lugares como o Espaço do Conhecimento UFMG, o Centro Cultural Banco do Brasil e o Museu das Minas e do Metal, com diversas exposições gratuitas ou apenas passeie em torno da bela praça em BH e admire os prédios históricos que emolduram a paisagem.

Endereço: Praça da Liberdade, s/n°

Telefone: 31 3272-9584 // www.circuitoliberdade.mg.gov.br/pt-br/

Mercado Central de Belo Horizonte

Entre os passeios para fazer em BH, não pode faltar no roteiro a comida mineira do Mercado Central

O Mercado Central de BH é um dos principais pontos de interesse para conhecer – Embratur/Divulgação

Os amantes dos queijos e das cachaças mineiras não devem deixar de fora do roteiro por BH o Mercado Central de Belo Horizonte, que tem ainda muitas lembranças, presentes típicos do interior e utensílios domésticos para comprar.

Vale a pena passear no Mercado Central de Belo Horizonte para tomar cerveja acompanhada por fígado com jiló nos bares e restaurantes do primeiro piso (lugares baratos para comer em BH) ou provar pratos típicos de Minas Gerais nos restaurantes do segundo piso, que são mais sofisticados.

Endereço: Avenida Augusto de Lima, 744

Telefone: 31 3274-9434 // http://www.mercadocentral.com.br

Horário de Funcionamento: 2ª a sáb. das 7h às 18h, dom. e feriados das 7h às 13h

Mercado Distrital do Cruzeiro

O Mercado Distrital do Cruzeiro é um mercado no estilo do central, mas mais gourmet –é menos barulhento, mais limpo e organizado– e também guarda delícias mineiras e produtos típicos nos seus corredores.

Com bons restaurantes e programação cultural, é um passeio mais sofisticado para quem gosta desse tipo de atração e quer fugir do agito do Mercado Central e sua região.

-Confira como chegar no mercado e a programação cultural gratuita

Praça Israel Pinheiro – Praça do Papa

A Praça do Papa oferece vista panorâmica de BH

Para conferir o merecimento do nome da cidade, vale a pena visitar a Praça do Papa em Belo Horizonte.

Localizado no alto do Mangabeiras, a imensa praça oferece uma bela vista panorâmica da cidade e reúne centenas de pessoas para assistir ao pôr do sol aos finais de semana.

Em BH não tem bar, vamo pro bar

Famosa pela quantidade de bares, há muitos lugares em BH para beber e comer o melhor da comida de boteco de Minas Gerais. Abaixo, alguns dos lugares mais legais para conhecer em Belo Horizonte.

Edifício Malleta- Um dos pontos de interesse mais tradicionais do centro de Belo Horizonte, é um ótimo lugar para o happy hour e para tomar uma cerveja no começo da noite belorizontina.

No Malleta (Avenida Augusto de Lima, 233 ), nos primeiros andares, sebos e cabeleleiros se misturam a bares com vista para o centro, boa comida e drinks diversos (além de cerveja gelada), reunindo tatuados, hipsters, roqueiros e pessoas variadas, um toque de cultura urbana a capital mineira.

Rua Sapucaí – No bairro Floresta, voltada para a Praça da Estação, virou um reduto dos hipsters de Belo Horizonte, com bares, restaurantes e até as calçadas ocupadas nas noites do final de semana.

Santa TerezaO clássico bairro boêmio de Belo Horizonte tem muitas coisas para fazer. No Bar do Orlando, o mais antigo de BH, com ótima cozinha de boteco, ocorrem sambas às segundas-feiras; para ouvir boa música ao vivo, o Bar Museu Clube da Esquina tem atmosfera intimista e ótima seleção de artistas.

Viagens de final de semana perto de Belo Horizonte

Vale a pena fazer um roteiro a pé em Ouro Preto e ver lugares como a rua dos Bancos

A menos de 150 km de BH existem diversos destinos para uma viagem de final de semana, feriado ou mesmo um bate e volta de um dia.

Para viagens baratas, Macacos é um destino fácil de chegar e gostoso para passar um domingo perto de Belo Horizonte. Tem bons restaurantes de comida mineira, churrascaria e outros, além de lojinhas de artesanato e bares que ficam movimentados por motoqueiros e trilheiros.

É um bom destino para casais pertinho de Belo Horizonte, com pousadas românticas e outras opções de lugares charmosos e cercados de verde.

– Resorts perto de BH

Ouro Preto é a principal cidade histórica mineira e um dos principais destinos turísticos do Brasil.

A 130 km de BH, tem restaurantes e bares, pousadinhas charmosas e muitas lojinhas de artesanato para visitar entre suas ladeiras, igrejas e casarões coloniais. Confira o que fazer em Ouro Preto.

É bastante movimentada em julho, quando acontece o Festival de Inverno de Ouro Preto, no Carnaval (é um dos mais famosos carnavais de rua do Brasil), em feriados religiosos e em diversos eventos ao longo de todo ano. Na cidade histórica, há opções baratas e mais sofisticadas de pousadas e hotéis em Ouro Preto.

Lavras Novas, um distrito de Ouro Preto, é mais bucólico e guarda o clima rural do interior de Minas Gerais. Com boas pousadas e chalés românticos, é um bom lugar para viajar de casal e descansar próximo de BH.

O Instituto Inhotim fica a 6 km de Brumadinho-MG

Inhotim / Brumadinho – A céu aberto, o museu de Inhotim guarda um dos maiores acervos de arte contemporânea do mundo.

É um cenário de sonho, com pavilhões desenhados por arquitetos consagrados e incríveis jardins, com plantas ornamentais e belos espelhos d’água.

É possível conhecer bastante coisa legal em um dia em Inhotim com um roteiro bem amarradinho, mas recomendamos ficar em uma pousada em Brumadinho e percorrer a imensa área do museu em dois ou três dias, para aproveitar melhor esse destino turístico e cultural no interior de Minas Gerais.

Nas épocas secas, as águas da cachoeira perto de BH ficam esmeralda

Serra do Cipó – A Serra do Cipó é o Jardim do Brasil, segundo o paisagista Burle Marx. Parte dessa riqueza natural está protegida no Parque Nacional da Serra do Cipó, um lugar perto de BH para entrar em contato com a natureza, visitar cachoeiras e fazer trilhas a pé ou de bicicleta.

Na região, existem ainda propriedades particulares com belas cachoeiras, como a Cachoeira Serra Morena.

Para se hospedar, vale a pena ver opções de pousadas em Santana do Riacho, uma das cidades-base para visitar o Parque Nacional da Serra do Cipó e algumas das mais bonitas cachoeiras do interior de Minas Gerais.

About Gustavo

Vamo? Vamo! (ou não).

Comente aqui

O seu e-mail não é publicado. Preenchimento obrigatório *

*