Início / Destinos / Boituva – Voo livre, natureza e cultura tropeira a 100 km de SP
Boituva, a 100 km de SP | Muita Viagem

Boituva – Voo livre, natureza e cultura tropeira a 100 km de SP

Vamos saltar de paraquedas?

Tão veloz quanto a queda-livre de um salto de paraquedas em Boituva, o trajeto até cidade a 100 km de São Paulo é também uma viagem rápida. Além disso, é uma tremenda aventura para quem gosta de esportes radicais.

Boituva é a capital do esporte aéreo.

É lá que se encontra o Centro Nacional de Paraquedismo, referência nacional e internacional em paraquedismo.

O local é um verdadeiro parque de diversões para quem gosta de esportes radicais e voo livre.

Já à beira da estrada, a rodovia Castelo Branco (SP-280), é possível ver o voo de dezenas de paraquedistas e aviões pairando no alto. Muito próxima à capital, Boituva é certamente uma boa sugestão de viagem bate-volta de São Paulo no final de semana.

Salto de paraquedas em Boituva

salto de paraquedas boituva

Centro Nacional de Paraquedismo, em Boituva | Muita Viagem

Para quem pretende saltar pela primeira vez de paraquedas, será necessário realizar o salto duplo, o salto de paraquedas onde um instrutor qualificado, salta com alguém que não é paraquedista, usando paraquedas especial para duas pessoas.

Os saltos de paraquedas em Boituva podem ser feitos todos os dias da semana e final de semana.

saltar de paraquedas sp

Pista de voo livre em Boituva | Muita Viagem

Quando fomos, além de termos chegado um pouco tarde (após as 14h), o que demorou nossa ordem na fila do instrutor de paraquedismo.

O tempo foi fechando e o vento mudou de direção, causando o cancelamento do voo. Por este motivo não realizamos o salto. Já fica a sugestão, de avaliar as condições climáticas, especialmente em relação a chuvas e rajadas de vento.

Desta forma, a dica é sempre ir em dias claros.

Portanto, a melhor época para saltar de paraquedas em Boituva são nos dias do outono, entre abril e maio. No verão, entre novembro e janeiro também as condições do clima costumam colaborar.

voo livre sp

Boituva, em SP, a capital do paraquedismo | Muita Viagem

A verdade é que depende das condições climáticas favoráveis do dia do salto.

A sugestão é chegar cedo e saltar pela manhã.

A luz do sol ainda próximo ao horizonte deixa o visual incrível e não ofusca os olhos.

Na página do Centro Nacional de Paraquedismo no Facebook é possível conhecer mais sobre esse esporte radical e ver fotos e vídeos de saltos de paraquedas.

boituva sp

Salto de paraquedas em Boituva, a 100 km de São Paulo | Muita Viagem

Há várias escolas de paraquedismo no centro de Boituva, recomendamos a Go Fly.

Os saltos custam a partir de R$ 350,00.

Voo de Balão em Boituva, SP

voo balão boituva

Passeio de balão em Boituva | Divulgação

Em Boituva também é possível viajar de balão de ar quente.

O voo dura pouco mais de uma hora e o visual deslumbrante das imagens aéreas fica pra sempre na memória, além das dezenas de fotos que você poderá fazer lá de cima.

O preço também não é barato, custa aproximadamente R$ 400,00. Mas quem faz qualquer um dos passeios acima, antes de chegar no chão, já pensa no próximo salta de paraquedas em Boituva pra fazer tudo novamente.

Atrações históricas e culturais de Boituva

Além dos esportes aéreos, a cidade turística ainda conta com diversos atrativos naturais e atrações históricas. Entre Sorocaba e Porto Feliz, Boituva sempre foi uma cidade hospitaleira.

Os bairros cresceram entre pernoites de viajantes, mascates e tropeiros em pousadas e pousos de descanso. Trotando em mulas e cavalos, os tropeiros levavam mercadorias de uma região à outra. Vendiam de tudo — alimentos, tralhas, quinquilharias e também animais.

Dependendo da época e do horário da sua viagem, ainda hoje é possível avistar tropeiros na estrada. No entanto, é lá no Museu do Tropeiro  que você encontrará peças e itens da cultura tropeira.

O sítio é uma grande homenagem aos desbravadores que percorriam o interior do estado. O museu fica localizado no Sítio Zé Bueno, na Estrada Municipal, 355, no bairro de Jerivá.

Algumas festas populares acontecem no Centro de Eventos Francisco Gianotti, localizado na Av. Pereira Ignácio.

Uma delas, a tradicional Festa Boituvana, em comemoração ao aniversário do município, em setembro, além do Natal de Luzes e a Festa de São Roque, uma grande atração no interior de SP.

Para quem gosta de contato com a natureza, o Parque Ecológico possui diversas trilhas e conta com dezenas de viveiros com pássaros selvagens.

O parque, que abriga animais vítimas do tráfico e outras centenas de aves migratórias que procuram a área para reprodução, é uma espécie de santuário de aves silvestres. Está localizado na Rua Pedro Eid, abrindo de quinta a domingo das 9h às 17h.

Onde ficar em Boituva

Por fim, para continuar a diversão, vale a pena passar o final de semana no Hotel Boituva Inn.

As diárias nesse hotel em Boituva para dezembro de 2021 estavam por a partir de R$ 115,00 quando pesquisamos o preço, em 21 de setembro de 2021.

Post atualizado em 21 de setembro de 2021.

Sobre Danilo Hadek

Antes de começar o Muita Viagem, fui Relações Públicas e Comissário de Voo. Vivi no Canadá, fiz longas viagens nos Estados Unidos e alguns roteiros na Europa. Já estive em todas as capitais do Brasil, e em mais de 20 países pelo mundo. Quero conhecer o Oriente Médio, África e Ásia.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.