Início / Destinos / Praga / O que fazer em Praga? – Melhores dicas para viagem na República Tcheca

O que fazer em Praga? – Melhores dicas para viagem na República Tcheca

A cidade de Praga tem uma beleza ímpar. Caminhar pela cidade antiga de Praga em si já é um agrado a cada olhar.”É preciso caminhar olhando para cima“, diz minha irmã, que conhece bem a cidade. Eu completaria dizendo, e para todos os lados, entrando em todas as vielas e passagens.

Tenho um caso de amor pela cidade, considero a mais bonita da Europa. E por mais que você acredite conhecer a cidade, Praga te surpreende com novos cantinhos encantadores.

Já estive algumas vezes na República Tcheca e fiz muitos roteiros na “Paris do Leste” ou a “Cidade das 100 cúpulas”. A seguir algumas dicas fora dos convencionais pontos turísticos como a Ponte Carlos, Castelo de Praga e Relógio Astronômico.

O que fazer em Praga, República Tcheca

Almoço Medieval perto de Praga

zamecky-pivovar-cz

Restaurante medieval bem legal a 1 hora de carro de Praga

Este foi o top da viagem na República Tcheca. Seguindo de Praga para Liberec, ao Norte, desviamos um pouco do caminho para ir até o ótimo restaurante temático – Zámecký pivovar, em Detenice.

Pela entrada você não imagina como é lá dentro – tudo escuro, somente luz de velas em candelabros. Você mal consegue enxergar onde você coloca o pé!

Ao entrar, pedimos mesa para quatro pessoas, prontamente gritaram que havia mesas vagas no restaurante e que fossemos nós mesmos procurar, oras! Na hora de servir, estupidamente gritam o nome do prato e simplesmente arremessam o prato na mesa.

A caneca de cerveja é batida na mesa e servida grosseiramente. Tudo encenação do garçom vestido de pirata e dos outros personagens que dão vida a era dos castelos com príncipes, princesas e muita comilança e bebedeira!

Os pratos variam de 140 a 400 coroas tchecas, o que daria entre R$15 e R$45, e eu diria que é bem barato pelo ambiente e sensação que proporciona. Recomendo pedir o Devil´s Turkey por cerca de R$23 e experimente uma das cervejas da cervejaria do local.

– Onde ficar em Praga? – dicas de hotéis com boa localização em Praga

hotel-medieval-restaurante

O prato que pedi. Carne macia, saladinha gostosa, batata com alho e molhos diferentes.

Onde é? Como chegar? O nome do lugar é Zámecký pivovar, fica em Detenice a cerca de 1 hora de Praga. É possível ir de trem, descendo na estação Detenice. Clique aqui e confira a rota no Google Maps.

É possível hospedar-se no hotel. Não cheguei a conhecer, mas certamente deve ser uma experiência bem bacana. Faça sua reserva pelo Booking.

Degustação de cerveja em Praga

Prague Beer Museum

prague-beer-2015

Há muitas cervejarias em Praga, mas o lugar que indico para quem quer experimentar até 30 tipos de cervejas tchecas pode ir sem medo de errar no Museu da Cerveja – Prague Beer Museum. O lugar é um pub que serve apenas bebidas, no máximo um pritzel para acompanhar.

Cada copo de 150 ml de cerveja custa entre 22 e 32 coroas tchecas (média de R$3). Já os copos grandes de 0,5 ml saem por entre 32 coroas a 65 coroas (média de R$5).

Experimentamos metade dos 30 tipos de cervejas. Não deixe de degustar a Two Tales, Prachenska Perla, Cornel Red Ale e Svjany Weizen. As mulheres irão gostar da Modra Luna, uma pale com gosto de blueberry lager.

pub-praga-2015

O bar Museu da Cerveja fica localizado na Dlouhá 46, Praga 1. Veja a imagem pelo Google.

Pivovarský Dum

O kit degustação vem com 8 cervejas bem diferentes (café, banana, aveia, blueberry, etc)

Uma outra opção de lugar para degustar cervejas diferentes, recomendo o Pivovarský Dum, na Jecna Lipova, 15, Praga 2. É uma pequena cervejaria com 9 variedades de cervejas, entre elas uma deliciosa de pimenta, outra saborosa de aveia, uma refrescante de banana e outras. Além das cervejas, serve também bons sanduíches. O pub já foi eleito pelo The Guardian, um entre os 10 melhores pub´s cervejeiros da Europa.

A kit degustação com copos de 150 ml de cervejas de 8 tipos diferentes custa cerca de R$16. Já o pinch de Classic Czech-Style Lager custa cerca de R$4,5 com 500 ml. A porção de fritas R$4,5 e os pratos cerca de R$45.

Fuja! A não ser que queira fazer um programa de “turistão”, mas evite qualquer beer tour. Eles não costumam ir nos melhores bares de Praga.

Assista uma Ópera

teatro-nacional-praga-opera-2014

Teatro Nacional, Praga.

Eu nunca havia assistido uma ópera ao vivo. Foi uma experiência bem bacana. O espetáculo aconteceu no Teatro Nacional (Národní divaldo).

Ficamos em um assento de ótimo custo x benefício. Pagamos cerca de R$40. Se quiser pagar um pouco mais barato, escolha o assento de frente para a pilastra (não atrapalha muito a visão), esta pechincha sai por cerca de R$20.

Assistimos a encenação de Carmen, com o célebre coro “to-re-ador, to-re-ador”. Leia a sinopse de Carmen no Wikipédia.

Confira a programação completa do Teatro Nacional de PragaNárodiní divaldo. É possível comprar o ingresso para o show pela Internet e imprimir o eTicket, apresentando-o na hora do espetáculo. Para comprar ingresso é só acessar o site.

Estudantes têm 50% de Desconto. Não esqueça de levar a carteira de estudante da sua escola ou faculdade/universidade.

Os assentos são marcados e é bom chegar com pelo menos 15 minutos de antecedência. Há um pequeno intervalo durante a apresentação, sendo possível aguardar para ir ao toalete, fumar um cigarro ou beber algo.

Onde ficar em Praga? Com vida noturna agitada, ficar no centro anima passear à noite.

O que fazer em Praga com chuva?

Tomar um chá… fumar um shiva

Outros dois lugares que recomendo em um roteiro em dias de chuva ou mesmo se quiser dar um tempinho nas andanças e caminhadas para relaxar em ambiente agradável, são a casa de chá Dobrá Cajovna e o Andalous Shisha Lounge.

Dobrá Cajovna

casa-de-cha-praga

Num dia de chuva, entre em uma casa de chá e esqueça da vida!

A primeira dica, a casa de chá Dobrá Cajovna, fica em um cantinho ali perto da Praça Venceslau – ótima região onde ficar em Praga. Fomos lá em um dia de chuva para passar o tempo e relaxar um pouco. A casa vende apenas chás, nada alcoólico, nem café. Muito menos cigarro ou shisha.

Segundo o gerente, até o café tiraria o aroma de chá que exala o ambiente, com música calma e mesas no chão, minha dica é sentar em uma mesinha colada na parede, pedir um dos inúmeros chás e snack – peça o pitta with cheese (pão árabe). E a melhor parte, a sobremesa! Não deixe de pedir um delicioso bolo de cenoura.

Andalous Shisha Lounge

cafe-andalous-praha

Já para quem gosta de fumar arguile (shisha), o Andalous Shisha Lounge me pareceu bastante convidativo. Decidi conhecer.

É legal ir de sexta-feira ou sábado, quando há apresentações de danças árabes, com uma dançarina de dança do ventre, com música típica e a animação de uma casa com público predominantemente masculino, mas também tem muitos casais. É dica para quem procura o que fazer em Praga à noite.

O Café Andalous está localizado na Betlémské Náměsti, 251, em Praga 1.

Beber um chocolate quente…

choco-cafe-praga

Choco Café, localizado na Lilova, 250/4, serve bebidas deliciosas para um dia frio…

Um ótimo lugar para conhecer em Praga é o Choco Café. A dica é muito boa, mas deve ser planejada. Geralmente é bom reservar a mesa, especialmente em horários happy hour.

Fomos lá pela manhã, não estava cheio, porém já havia algumas mesas reservadas para o meio da tarde. Sentamos em uma mesa agradável, mas tomar o chocolate foi pesado demais para aquela manhã. Recomendo ir mais a tardinha.

Há cafés e chocolates de diversas origens e países. Escolhi um chocolate da Venezuela – 72% e leve sabor frutado. Alguns tem gosto bem amargo de cacau, como o a da República Dominicana e Tanzânia, ambos com 75% de cacau.

Outro café bem legal para sentar com um dia feinho lá fora é o Café Louvre. O café é centenário, Albert Einstein e muitos outros professores da Prague German University frequentavam o local no começa da década de 1910.

O Café Louvre fica localizado na Národiní, 22.

Há inúmeras coisas para se fazer Praga. Darei sequencia aos posts sobre Praga com boas dicas de restaurantes, lugares para beber cerveja, pontos turísticos, passeios diferentes.

Turismo em Praga, capital da República Tcheca. A capital tcheca é normalmente descrita por quem a visita como uma cidade mágica e de arquitetura antiga.

Outros vão além e a caracterizam como “linda para visitar mas não para morar”. Com o aval da experiência de quem vive na República Tcheca há 7 anos, acredito que posso dizer com certa propriedade que qualquer descrição seria injusta e insuficiente.

A arquitetura antiga, de uma beleza dourada e deslumbrante, fez meu queixo cair boquiaberto da primeira vez que sai da estação de trem.

Ruas estreitas de paralelepípedo contrastam com avenidas movimentadas, enquanto as muitas igrejas acrescentam ao cenário um toque romântico, como parte de uma produção épica.
Não importa a época do ano, centenas de turistas de diversas partes do mundo – com alemães, russos e italianos ganhando em quantidade – lotam as ruas razoavelmente limpas, o que me faz crer que visitar Praga está de moda.

A cidade deve ser explorada a pé, para que cada detalhe possa ser apreciado. Caminhe olhando para cima, pois os detalhes da arquitetura são encantadores.

Dicas de viagens e guia de turismo em Praga

Turismo em Praga

Kafka, o símbolo de Praga

Mas o sistema Disney parece ter tomado conta do mundo, e Praga não ficou de fora.

Para qualquer lugar que se olhe, é possível encontrar centenas de lojas de souvenir que vendem o mesmo tipo de reprodução barata: camisetas, chaveiros, canecas, bonés, ímãs de geladeira, canetas, gorros de inverno e o que mais a imaginação permitir no quesito tranqueiras.

E como estamos no velho mundo, sai Mickey e entra o escritor Franz Kafka, que, nascido em praga, é símbolo da cidade.

Tchecos são normalmente pessoas reservadas, porém educadas em sua maioria, por isso não tenha medo de treinar seu tcheco com frases simples como Dobry den (bom dia, usado durante o dia inteiro), Prosím (por favor) e Díki (obrigado, em sua forma popular).

Você também vai agradecer saber falar Jeden pivo, prosím (uma cerveja, por favor!).

Lindas mulheres, altas, magras, rostos cuidadosamente maquiados e quase sempre com mexas coloridas nos cabelos de cortes mais do que modernos destacam-se na multidão, dividindo espaço com dezenas de cambistas que juram de pés juntos terem a melhor taxa de câmbio da cidade.

Cuidado!

A prometida “Taxa zero, sem comissão” quase sempre é uma farsa.

Um bom lugar para trocar seu dinheiro, esteja ele em dólar ou euro, é a casa de câmbio Exchange, no centro velho. Apesar de estar localizada no centro, oferece as melhores taxas.

— Praga: uma cidade para comer bem e barato

Viajando em Praga

Um passeio por Praga – Comece o dia bem

O Národní Muzeum fica na saída da estação Museum de Praga, na linha vermelha

O Národní Muzeum fica na saída da estação Museum de Praga, na linha vermelha

Se for a sua primeira vez visitando Praga, acorde cedo para explorar tudo o que a cidade tem a oferecer.

Aproveite o café da manhã do seu hotel, mas não se preocupe em “levar uma fruta para comer depois”, pois comer e beber em Praga é relativamente barato, e você sem dúvida precisa experimentar a culinária local – pesada, não muito apropriada para vegetarianos, mas extremamente apetitosa.

Comece o passeio descendo na estação Muzeum do metrô (linha vermelha). Na  saída, você poderá visitar o museu nacional (Národní Muzeum).

O famoso relógio astronômico (Orloj), no topo da torre da antiga prefeitura de Praga

O famoso relógio astronômico (Orloj), no topo da torre da antiga prefeitura de Praga

Caminhe pela Václavské náměstí (Praça Venceslau, a praça principal da capital da República Tcheca) rumo ao centro velho (Staroměstská), e não deixe de visitar o famoso relógio astronômico (Orloj), no topo da torre da antiga prefeitura.

O relógio tem seus encantos e uma história curiosa: o artista responsável pela construção teve os olhos perfurados a mando do rei, para evitar que outro relógio similar fosse construído. Coisas do século XV.

Tudo muito bonito, mas mantenha sua bolsa próxima ao corpo, pois batedores de carteira são frequentes no local, sempre esperando um turista distraído com a apresentação do relógio, que acontece de hora em hora.

Cruze o rio Vltava pela famosa Ponte Carlos (Karluv Most), uma das tantas pontes que cruzam o rio, onde artistas locais brindam os passantes com seus fabulosos trabalhos e de onde se tem uma vista impagável da cidade.

Ao final da travessia, vale a pena enfrentar a subida para visitar o Castelo de Praga (Pražský Hrad), onde a cada hora cheia acontece a troca de guarda.

Onde ficar em Praga: dicas de hotéis

Encontre a comida típica tcheca. E por um preço justo!

Nas redondezas do lindo Castelo de Praga, você vai encontrar dezenas de restaurantes aconchegantes e convidativos, de portas pequenas, escondidos em ruas pequenas, porém os preços próximo ao Castelo de Praga podem ser abusivos.

Quer comer uma autêntica comida tcheca, regada a uma boa caneca de cerveja (ou duas, ou três!), em um restaurante frequentado não somente por turistas, mas também por pessoas locais, pagando um preço justo?

Vá almoçar no pub U Provaznice, um dos mais antigos pubs de Praga, localizado em uma travessa escondida atrás da estação Mustek e da loja New Yorker, ao final da Václavské náměstí.

Nele você vai poder saborear um autêntico Hovězí guláš ou o famoso Svicková na smetaně. Escolha entre as cervejas Pilsner Urquell (a preferida entre os tchecos, de sabor mais amargo), Gambrinus (mais barata e popular) ou Kozel (também com opção escura – minha favorita!).

As refeições são muito bem servidas e vem em pratos individuais.

Espere gastar uma média de Kc220 por pessoa (cerca de R$22!), incluindo comida e bebida. Altas gorjetas não são costumes, e não existe o famoso 10% incluso nas contas, mas gorjetas são esperadas e altamente apreciadas. A dica é arredondar a conta.

Cesky Krumlov: cidade medieval perto de Praga

Turismo em Praga

Roteiro pelo centro histórico

Praga é uma cidade que transpira cultura, e oferece ao visitante uma vasta diversidade em concertos de música clássica e peças de teatro, encenadas em teatros de luxo ou no interior de antigas igrejas, com concertos iniciando a partir das 11h, e galerias de arte com exposições magníficas de artistas renomados a preços relativamente acessíveis.

Por mais que você olhe, seus olhos nunca irão se cansar do que estão vendo.

Termine a noite assistindo a uma ópera no Teatro Nacional (Narodní Divadlo), onde os preços são extremamente acessíveis e você vai ter uma experiência única.

Enquanto espera o espetáculo, tome um café no renomado Café Slavia, localizado bem em frente ao teatro, antigamente frequentado por ícones da cultura mundial como Kafka, Goethe e Havel, e prefira sentar próximo a janela para apreciar a sensacional vista do rio e do Castelo iluminado – isso se você der a sorte de encontrar um lugar vago!

— Dicas de restaurantes vegetarianos em Praga

Endereços e dicas de Praga

  • Exchange casa de câmbio: Kaprova, 14/13, Praga 1 (metro Staroměstská)
  • Restaurante U Provaznice: Provaznická, 3, Praga 1 (metro Mustek)
  • Café Slavia: Smetanovo nábřeží 1012/2, Praga 1 (Bondes 6, 9 e 22)

Chegando em Praga: se você não estiver com muitas malas, ao invés de pegar um táxi prefira utilizar o transporte público para chegar ao hotel, que em Praga é eficiente e barato.

Saindo do aeroporto, você vai encontrar o ponto de ônibus, com opções para duas estacoes de metro, Zlícin (linha amarela) e Dejvická (linha verde).

Vai depender de onde for o seu hotel, mas a melhor opção é pegar o ônibus 119, com sentido a Dejvická, que leva cerca de 30 minutos até a estação de metrô. O mesmo ticket que você usou para o ônibus vale para o metrô.

Tickets de metrô: compre-os nas cabines automáticas dentro das estações do metrô, o não esqueça de validá-los na catraca, pois fiscais do metrô passam com frequência checando os tickets e você não vai querer ter que pagar uma multa (na hora) de cerca de Kc700 (ou R$70!).

Os tickets custam Kc32 e tem validade de 75 minutos, mesmo que você saia da estação do metrô.

Sobre Danilo Hadek

Antes de começar o Muita Viagem, fui Relações Públicas e Comissário de Voo. Vivi no Canadá, fiz longas viagens nos Estados Unidos e alguns roteiros na Europa. Já estive em todas as capitais do Brasil, e em mais de 20 países pelo mundo. Quero conhecer o Oriente Médio, África e Ásia.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*