Início / Destinos / Punta del Diablo, Uruguai, a vila de pescadores pertinho do Chuí (RS)
Vilarejo de Punta del Diablo, Uruguai, e 45 km da fronteira do Brasil

Punta del Diablo, Uruguai, a vila de pescadores pertinho do Chuí (RS)

O Uruguai é, sem dúvida, um dos países mais agradáveis para viajar na América do Sul, e apesar de pequeno, possui belas paisagens e cenários únicos.

O litoral é entrecortado de pedras e retocado por vilarejos que nos aproximam da hospitalidade e cortesia gaúcha uruguaia.

Após seguir de Montevidéu para Punta del Este, o próximo destino foi a praia de Punta del Diablo, distante 180 km do balneário uruguaio, e 45 km do Chuí (RS), no Sul do Brasil. Punta del Diablo é um vilarejo esquecido no tempo, com artesãos, pescadores e pessoas pra lá de simpáticas.

Lugares românticos e baratos na América do Sul

Como chegar em Punta del Diablo?

A envolvente vila de pescadores no litoral do Uruguai

De Punta del Este para Punta del Diablo

Fizemos a viagem de Punta del Este até Punta del Diablo de ônibus com a empresa COT, a mesma que fizemos as demais viagens pelo Uruguai — de Colônia del Sacramento à Montevidéu, e da capital até o litoral. A rodoviária de Punta del Este fica bem no centro turístico, então basta seguir até o guichê da viação e escolher um horário. Há muitas opções.

Alugar um carro é o jeito mais fácil. De Punta del Este são 180 km. Já de Montevidéu são 290 km. Lembre-se sempre de levar a CNH brasileira.

A viagem de ônibus leva cerca de 4 horas. Fazer o bate-volta é complicado, pois você fica limitado a 2 horas no vilarejo apenas.

Reserve uma noite em pousada, chalé ou cabana à beira mar. Vale a pena também dar uma olhada nas opções de hospedagens baratas em Punta del Diablo pelo Airbnb. O céu estrelado é um convite à viver uma noite romântica 45 km ao sul do Brasil.

Viagens a partir do Brasil

É possível seguir viagem a partir do Brasil. Há ônibus que partem da rodoviária do Tietê, em São Paulo, e outras cidades brasileiras como Curitiba, Joinville, Camboriú, Florianópolis, Porto Alegre e Pelotas, até o Chuí (RS).

Neste caso, cote preços com a empresa EGA. É uma viagem cansativa, são 26 horas de estrada. De lá ainda é preciso seguir até Punta del Diablo.

O jeito mais fácil é um voo até Porto Alegre-RS e, no aeroporto, procurar por locadora de veículo e seguir para Punta del Diablo em 6 horas de viagem de carro.

O que fazer em Punta del Diablo

As trilhas que levam às praias de Punta del Diablo

A pequena vila de pescadores pode ser um destino para viajar sozinho e relaxar ou viajar a dois no réveillon. Punta del Diablo é um lugar bonito e barato.

As coisas que se tem para fazer basicamente são caminhadas na praia, banho de mar, comprar artesanatos, comida típica, paz e natureza.

Praia da Viúva

Praias Uruguai

Praia da Viúva, em Punta del Diablo – Uruguai

Ao sul da vila, caminhe vagarosamente pela estreita ponte de madeira que leva até a longa faixa de areia da Praia da Viúva.

Diz a lenda que há muitos anos atrás uma moça argentina que tinha perdido seu marido muito rico mudou-se para lá com seus filhos.

Há uma casa imensa no sul da vila que pertencia à ela, porém há anos que ninguém sabe ao certo por onde anda a tal da viúva, e sua antiga casa, conhecida como a “casa da viúva”, pertence hoje a um europeu desconhecido.

O mar é bastante perigoso, todo cuidado é pouco.

Praia dos Pescadores

Punta del Diablo - Uruguai

Praia dos Pescadores, em Punta del Diablo – Uruguai

praia uruguai

Pedras e natureza selvagem nas praias do Uruguai

Ao lado do centrinho comercial, onde há restaurantes, bares, pousadas e lojinhas, a Praia dos Pescadores é um recanto de paz, perfeito para contemplar a beleza do mundo.

A tranquilidade impera nesta pequena parte do litoral do Uruguai. Quem curte destinos rústicos e praias selvagens certamente vai curtir esta praia uruguaia, a apenas 45 km da fronteira com o Brasil.

— Leia também: O que fazer em Buenos Aires: 27 dicas de passeios

Quando ir?

Punta del Diablo, no Uruguai

Punta del Diablo é um excelente destino de viagem para descansar. Faz um calor agradável entre novembro e março. Já entre junho e agosto é bastante frio.

Para quem gosta de sol e agito, a dica é fazer a viagem entre janeiro e fevereiro. Quem ainda deseja curtir um solzinho e já evitar muita muvuca deve viajar no início de março até meados de abril.

Na alta temporada (dezembro a fevereiro) há dezenas de turistas brasileiros, argentinos e europeus, além dos próprios uruguaios. Uma mistura bem legal!

Post publicado em 13 de abril de 2017. Atualizado em 30 de agosto de 2021 por Muita Viagem.

Sobre Danilo Hadek

Antes de começar o Muita Viagem, fui Relações Públicas e Comissário de Voo. Vivi no Canadá, fiz longas viagens nos Estados Unidos e alguns roteiros na Europa. Já estive em todas as capitais do Brasil, e em mais de 20 países pelo mundo. Quero conhecer o Oriente Médio, África e Ásia.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.