Início / Destinos / Santiago, Chile / Visita vinícola Undurraga – Valle del Maipo, em Santiago, no Chile

Visita vinícola Undurraga – Valle del Maipo, em Santiago, no Chile

Em uma área total de 1.800 hectares, a vinícola Undurraga recebeu, a cerca de 7 anos, investimentos e está especializando-se na produção de vinhos premium. Foi a vinícola que decidi visitar quando estive em Santiago.

Com apenas um dia para fazer um tour até as vinícolas chilenas, optei pela Undurraga por indicação de um amigo. Na mesma região, a vinícola Undurraga é ainda melhor se visitada durante a semana, com pouquíssimos turistas. A dica é escolher o tour em inglês. Os grupos são sempre menores.

Após à visita, acabo concordando com a Anna do blog Nós no Mundo, quando diz que é bem melhor conhecer vinícolas mais tradicionais para fugir dos brasileiros que costumam visitar no Chile a Concha Y Toro.

visita-vinicola-santiago-2014

A visita é bem técnica, com muita informação, a degustação acontece só no final..

Passeios em Santiago – Chile

Como ir? Como chegar?

Neste post falamos das melhores vinícolas e a forma mais barata de chegar em cada uma delas. Indicamos para quem tem tempo e quer economizar, mas confesso que optei pelo serviço da Turistik por 29 mil pesos.

Como cheguei no hotel pouco depois do meia-dia, quis logo aproveitar a tarde do primeiro dia do roteiro em Santiago, visitando a vinícola neste dia e indo para Valle Nevado no dia seguinte. Quis evitar a fadiga e paguei pelo conforto.

A recepção do hotel fez a reserva e imprimiu o voucher.

Para chegar  ao pontos de partida do ônibus turístico para visitar a vinícola Undurraga, caminhamos cerca de 20 minutos no percurso do hotel até o shopping, passando pelo Parque Falabella Arauco, com linda imagem para a Cordilheira dos Andes.

Ir de ônibus é mais caro, mas menos cansativo e mais prático. O ônibus partiu às 14:20, mas há diversos horários.

Linhas de Nazca, no Peru

turistik-turismo-santiago-chile

Excursão é um jeito de ir, mas não o único. Economize com metrô e táxi, 50% mais barato.

Turismo no Chile

Durante o trajeto o guia fala sobre Santiago, uma das cidades mais caras da América do Sul.

A geografia do Chile é curiosa, pois para atravessar o país de norte a sul leva-se pelo menos 3 dias. Já para cruzá-lo de leste a oeste menos de 2 horas. A cidade de Santiago tem um túnel com 3 km feitos debaixo do rio, num total de 6 km de túnel (Costaneira Norte).

No ônibus ouvimos ainda sobre o cultivo de uvas. O Chile é o 7.º país em produção de vinho e o 4.º em exportação. O país passou a Austrália. A qualidade da uva chilena dá-se a alguns aspectos, como o solo montanhoso e rico em minerais dos Andes.

clima mediterrâneo é ótimo para cultivo de uvas. O verão forte de muito sol faz as uvas ficarem doces, o que é melhor, pois quanto mais açúcar, mais teor alcoólico. O crescimento das uvas neste clima é lento o que é bom para a produção do vinho.

Ou seja, terreno fértil e solo vulcânico rico em minerais qualificam as uvas chilenas, em especial a Carmenére.

– Dica de onde ir para comer e beber em Santiago

Vinícola Undurraga – Chile

Vinícolas: a produção do vinho no Chile

O lugar é muito lindo e conhecer toda a área desde as plantações, as árvores da fazenda, a história do fundador da vinícola, Francisco de Undurraga no século XIX.

uvas-carmenere-chile

O Chile é o maior produtor da variedade Carmenére.

Durante o passeio vimos os diferentes tipos de uvas. Uma pena que fomos em Agosto (2014), não sendo a melhor época para ir fazer turismo nas vinícolas chilenas.

Dentre as curiosidades do tour, aprendemos que a produção de vinho no Chile data da época da colonização pelos espanhóis, que começaram a produzir vinho sagrado para a realização das missas da igreja católica.

vinhos-armazenamento

A produção de vinho é altamente tecnológica

Um fato triste ocorreu no terremoto de 27 de Fevereiro de 2010, quando foram perdidos mais de 10 milhões de litros de vinho.

vinhos-chile-2014-2015

Ansioso com o momento da degustação, quase lambi esse chão. Juro!

A melhor época para visitar é entre Fevereiro e Março, onde as viñas estão carregadas. Visite em Abril, você pode até provar as uvas.

Os processos de produção do vinho

1. Ponta Verde: É a primeira aparição da folha, o primeiro broto verde vegetal, claramente visível. Época: Setembro

2. Folhas incipientes: A primeira folha abre, nascida do broto. Época: Setembro

3. Folhas estendidas: Os ápices das folhas visíveis crescem e começam a se expandir. Aparecem as primeiras folhas completamente abertas. Época: Setembro

4. Racemos visíveis: Corresponde ao desenvolvimento do cacho. Época: Outubro

5. Floração: Aparece a maior parte da flor visível. É uma flor branca, muito bonita e aromática. Época: Novembro

6. Bago tamanho ervilha: Devido ao aporte de nutrientes, os bagos alcançam um tamanho similar a uma ervilha. Época: Novembro

7. Pintor: A maior parte do cacho começa a mudar de cor e ao mesmo tempo começa a acumular açúcar. Época: Janeiro

8. Colheita: Os frutos estão prontos, uvas maduras para a colheita. Nesta época tem perda de acidez, os aromas afloram as característicos da variedade. Época: Março, Abril

9. Queda das folhas: As folhas mudam de cor para amarelo, se secam e caem.

Cultura chilena

Antes da degustação, passamos por galeria com imagens e artes sobre o povo originário do Sul do Chile e Argentinalos mapuches (Gente de la tierra).

Apesar de 300 anos de guerras contra os incas e também os espanhóis, os mapuches foram incorporados em 1885 à nova república chilena.

É o povo mais numeroso do Chile, porém a migração dos jovens às cidades torna-se um desafio na preservação desta cultura.

– Roteiro de 1 dia em Santiago

Vinho Undurraga

Degustação de vinhos na Undurraga, Valle Maipo

degustacao-vinhos-chile

Degustação: 4 vinhos (sauvignon blanc, cabernet sauvignon, carmenére, reserva especial).

Os vinhos que degustamos na ordem:

  1. Aliwen, uma reserva sauvignon blanc
  2. Aliwen, uma reserva cabernet sauvignon syrah
  3. Sibarys, uma reserva especial carmenére
  4. Late Harvest Undurraga, uma reserva especial

Não gosto de vinhos brancos e algumas pessoas também não gostaram. Agora todos os tintos são muito bons, em especial o Sibarys e o Aliwen cabernet syrah.

Sommelier: O Aliwen sauvignon blanc (1) é fresco e mineral, com sabores de pêssego, cítrico e ervas. Combina com frutos do mar, saladas e sushi; O Aliwen cabernet sauvignon syrah (2) tem potentes e finos taninos, acentuado de frutas maduras; Sibarys carmenére (3) tem expressão frutal e suaves taninos e frutos silvestres, vai bem com carnes vermelhas, brancas e queijos.

Ao final da degustação você ganha a taça em uma caixinha da Undurraga. Depois tem tempo de ir até a lojinha e comprar alguns dos melhores vinhos chilenos. Comprei dois vinhos, cada um paguei 5.000 pesos.

Falaremos também sobre onde comprar vinhos em Santiago. Acompanhe novidades assinando nossa revista online e receba grátis os novos conteúdos do blog.

Sobre Danilo Hadek

Antes de começar o Muita Viagem, fui Relações Públicas e Comissário de Voo. Vivi no Canadá, fiz longas viagens nos Estados Unidos e alguns roteiros na Europa. Já estive em todas as capitais do Brasil, e em mais de 20 países pelo mundo. Quero conhecer o Oriente Médio, África e Ásia.

5 comentários

  1. Na minha opinião a Undurraga, pela história, vinhos e proximidade de Santiago.

  2. olá boa noite !

    estarei indo ao chile em junho e gostaria que me indicasse uma vinicula para conhecer ?

    obrigada

  3. A reserva você pode fazer no próprio hotel ou em algum dos pontos de venda da Turistik, agência de turismo em Santiago.

  4. Margaret Behrens

    Gostaria de saber como fazer reserva para visita na Vinícola Undurraga – Santiago-Chile.
    Grata
    Margaret

  5. Adoro as matérias que vc coloca no seu blog. Sempre lugares interessantes e muito bem escrito.
    Sempre que começo a ler o que posta, viajo junto!!!
    Parabéns e muito sucesso!

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*