fbpx
Home / Na Viagem / Dicas / Destinos econômicos para visitar no Brasil
A Lagoa da Pampulha, cartão postal de BH, é o cenário da Volta da Pampulha de 18 km

Destinos econômicos para visitar no Brasil

Assessoria de Imprensa

Viajar é bom, mas viajar pagando menos é melhor ainda. Qualquer pessoa viciada em turismo sabe que a melhor estratégia para viajar mais é economizando.

E – acredite – é possível economizar enquanto viaja. Há diversos destinos interessantes que podem render uma boa viagem, pagando menos.

Alguns têm passeios mais baratos, outros valem a pena pela hospedagem, há cidades com passagens aéreas promocionais o ano todo. A passagem, aliás, é um fator que faz toda a diferença no custo total da viagem. Uma dica é, antes de comprar, pesquisar preços no aplicativo da MaxMilhas, que oferece voos econômicos durante o ano todo.

O levantamento a seguir traz alguns destinos baratos no Brasil que são conhecidos por terem bom custo – benefício. São cidades com grande infraestrutura turística, sem complicação para quem quer curtir e com boas opções de lazer para quem gosta de viajar, mas não abre mão de uma boa economia.

Hospedagem barata

A hospedagem pode ser um dos itens mais caros em uma viagem, mas em Belo Horizonte a história é outra. Com média de valores de diárias menores do que em outras grandes capitais, Belo Horizonte tem sido o destino favorito de jovens que querem desfrutar dos atrativos de uma grande cidade, sem pagar tão caro quanto em São Paulo ou no Rio de Janeiro.

A hospedagem para duas pessoas, por duas noites, em um hotel quatro estrelas em Belo Horizonte, próximo ao Centro, sai a partir de R$ 320. Nas mesmas condições, a acomodação na cidade do Rio de Janeiro sai a partir de R$ 396; em São Paulo o preço pula para R$ 414.

Belo Horizonte é um destino ideal para quem gosta da vida noturna. A proliferação de bares na Savassi, tradicional bairro da capital mineira, tem atraído jovens de todo o país. O que sobra no valor da hospedagem, aproveita-se na noite. O artigo o que fazer em Belo Horizonte em três dias pode ajudar bastante a montar o roteiro.

Voos na promoção

A viagem começa bem quando se encontra passagem aérea em promoção . Nada melhor do que viajar pagando menos pelo voo. Brasília tem sido um dos destinos onde são mais frequentes os preços baixos e, por isso, tem atraído turistas de todo o Brasil.

A cidade é linda, conta com diversas atrações principalmente ligadas a sua arquitetura e valor cultural.

A cidade planejada ainda reserva uma série de atrações para quem curte não só arquitetura, mas também uma boa diversão noturna. Lazer e entretenimento estão concentrados no Pontão do Lago Sul, com grande oferta de restaurantes e quiosques.

Passeios gratuitos

Casinhas coloridas e conservadas no Largo da Ordem, em Curitiba

Curitiba é outra grande capital essencial na rota de viagem de quem gosta de viajar gastando menos. A cidade é super organizada e oferece a seus visitantes uma rica quantidade de atrativos culturais. A melhor notícia para os econômicos é que diversas atrações de Curitiba são gratuitas.

Entre os locais abertos que podem ser visitados sem gastar nada estão o Bosque do Alemão, o Jardim Botânico, o Parque Tanguá, o Bosque do Papa – destaque para o Memorial Polonês – e a Feira do Largo da Ordem.

Ainda dá para entrar em alguns prédios históricos de graça, como a Mesquita Imam Ali ibn Abi Talib, o Museu Oscar Niemeyer, o Museu do Holocausto, o Paço da Liberdade, o Mercado Municipal, o Solar do Rosário, a Igreja do Rosário dos Pretos de São Benedito, a Universidade Federal do Paraná e o Palácio Garibaldi.

Deslocamento que cabe no bolso

Nada mais desagradável do que gastar uma fortuna só para se locomover de um local para o outro durante uma viagem. Por isso, algumas cidades passam na frente por contar com atrativos próximos ou oferecer bom transporte público. Este é o caso de Foz do Iguaçu, com suas incríveis cataratas que dispensam apresentação

A cidade na fronteira com a Paraguai conta com uma boa rede de transporte público que conecta o turista a todos os atrativos turísticos e aos principais hotéis. Avenida das Cataratas, Parque das Aves, Vale dos Dinossauros, Parque Nacional do Iguaçu, Usina de Itaipu: todos são servidos por ônibus. As passagens aéreas custam R$ 3,90*.

Se a sua intenção é fazer compras na Ciudad del Este, no Paraguai,dá para ir de ônibus e passar pelas duas imigrações, sem descer. A passagem custa R$ 5,50*.

Comer bem pagando menos

Melhor do que uma boa gastronomia é comer bem e receber uma conta que cabe no bolso. Comer em viagens pode ser bastante caro, mas há destinos em que a comida é excelente e com bom custo. Estamos falando de Caldas Novas, em Goiás.

A terra dos mananciais de águas quentes, relaxantes e terapêuticas tem uma ótima gastronomia típica, muito próxima da comida mineira, mas com todas as particularidades que só as especiarias do cerrado podem garantir.

Para pagar menos, a dica é fugir dos restaurantes próximos a atrativos turísticos. Pode ser difícil andar muito depois de uma manhã gastando energia em algum parque aquático, mas uma breve caminhada até um restaurante com comida mais caseira pode significar uma boa recompensa, tanto em sabor quanto em valor.

* Preços pesquisados em novembro de 2019

Muita Viagem

Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário de voo, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

Comente aqui

O seu e-mail não é publicado. Preenchimento obrigatório *

*