Início / Dicas / Países mais baratos para viajar na Europa
  • Dubrovnik

    A Fortaleza da Cidade Velha de Dubrovnik

  • Mostar

    Caminhar pelas ruas de pedras no centro antigo

  • Sarajevo

    Cidade reconstruída após a guerra na Bósnia

  • Ljubljana

    A capital da Eslovênia é apaixonante

  • Most na Soci

    Roteiro de carro contornando o Rio Soca

Países mais baratos para viajar na Europa

Croácia, Bósnia, Eslovênia, Berlim e Madrid

Confira os países mais baratos para viajar na Europa.

Para economizar em viagem na Europa e fugir dos preços caros de destinos mais famosos como Paris, Roma e Londres, além dos países do leste europeu também indicamos os Balcãs e algumas capitais, como Berlim e Madrid.

Os destinos baratos na Europa ficam no leste europeu e na região do Mar Adriático. Viajamos pela Croácia, Bósnia e Herzegovina e Eslovênia, países baratos para roteiros de 10 dias no Sul. Confira nossa lista de lugares baratos na Europa.

Países mais baratos para viajar

Minha primeira viagem para os Balcãs foi em Outubro de 2014, quando visitei Dubrovnik, na Croácia; Mostar e Sarajevo, na Bósnia; e a segunda, em Maio de 2015, quando conheci a Eslovênia.

dan-muita-viagem-dubrovnik

Caminhando na fortaleza da cidade velha de Dubrovnik. | Foto: MV

A viagem teve início em Vienna, na Áustria, de onde comecei o roteiro ao comprar passagem aérea para Dubrovnik. O voo é rápido e o visual bem bacana. Sente-se do lado esquerdo, na janela.

Na Croácia fiquei 2 dias. Ainda não foi desta vez que a viagem teve turismo em Zagreb, na capital, contudo, apenas Dubrovnik já fez ter ideia dos destinos possíveis na Croácia, como Split, Zadar e ilhas.

O que fazer em Dubrovnik na Croácia?

foto-aerea-dubrovnik-oldtown

Cidade velha de Dubrovnik. | Foto: MV

Uma cidade de pedras, medieval e incrível

Dubrovnik me surpeendeu. A cidade portuária que recebe muitos navios cruzeiros tem um centro antigo à beira-mar rodeado por uma imensa fortaleza. O impressionante são as vielas e as escadarias de pedra.

Não sou muito de assistir séries, então nem havia me ligado que a cidade por seu estilo medieval e antigo já foi cenário para Game of Thrones. Fiquei 2 noites na cidade e recomendo até 3 ou 4 noites, especialmente no verão.

Ainda volto para conhecer algumas ilhas, as praias de Split e Zagreb.

– Croácia: onde ficar, o que fazer em Dubrovnik?

– Pesquise opções de hospedagens em Dubrovnik pelo Booking.

Bósnia-i-Herzegovina – BiH

– Pesquise opções de hotéis na Bósnia pelo Booking

O próximo destino foi uma viagem particular minha. Sempre quis conhecer Sarajevo, uma cidade incrível. Além dela, a linda cidade de Mostar (foto).

Móstar, BiH

Old Bridge Mostar. | Foto: MV

A viagem pela Bósnia foi mágica. Mostar é uma cidadezinha charmosa com um clima amoroso. A cidade velha gira em torno da ponte que foi destruída durante a guerra nos Balcãs e o rio de tom esverdeado típico da região.

– Onde ficar em Móstar: pesquise hotéis pelo Booking

Sarajevo, BiH

dont-forget-93-mostar

“Don´t Forget 93” (sobre a guerra da Bósnia). | Foto: MV

Sarajevo é uma cidade simplesmente diferente, com ar que inspira bons fluídos e povo muito amigável. A cidade orgulha-se de ser uma das mais tolerantes a todos os tipos de religiões – cristão, ortodoxos, muçulmanos, católicos vivem em harmonia e respeito.

– Onde ficar em Sarajevo: pesquise hotéis pelo Booking

Leia o post que já publicamos com todas as dicas da nossa viagem até Sarajevo e Mostar, destinos divinos na Bósnia e Herzegovina. Saiba como chegar, onde comer, onde ir, o que fazer em Sarajevo e onde ficar em Mostar.

– Viagens baratas para casal pelo Brasil

Eslovênia – Sul da Europa

A cidade de Bled, famosa por competições de canoagem. | Foto: MV

A cidade de Bled, famosa por competições de canoagem. | Foto: MV

Publicamos recentemente nosso relato com todas as dicas sobre o que fazer na Eslovênia, especialmente um roteiro que sai da capital Liubliana até Piran, na costa, pertinho da Itália, passando por Postojna e Predjama, e outro, que segue por Bled, Most na Soci, Tolmin, Kobarid, Bovec, Trenta, Soca River, Velika Korita Soce, Vrsic, Jezero Jasna, Kranjska Gora e Zelenci. (em breve relatos no blog)

– Pesquise hotéis na Eslovênia pelo Booking

Ljubljana, Eslovênia

centro-liubliana

Ruas tranquilas e charmosas no centrinho de Ljubljana. | Foto: MV

Há muita coisa para fazer em Liubliana. Admirar a arquitetura da cidade, subir de funicular para ter vistas panorâmicas, pôr-do-sol, visitas ao Castelo de Liubliana, passeios de barco, viagens de trem, alugar carro para viagens curtas, conhecer museus, caminhar em parques, compra em shoppings, restaurantes, cafés e shows.

A cidade é especialmente agitada durante os meses de Junho, Julho, Agosto, Setembro e no final do ano, em Dezembro, e ano novo, em Janeiro.

No final de Junho acontece o Festival de Jazz de Ljubljana; Entre Julho, Agosto e Setembro acontece o Festival de Verão com shows e concertos de música. Em Dezembro é a vez das da festa de Réveillon . Todos os eventos são no centro antigo (Old Town Quarter).

– O que fazer em Ljubljana? Dicas de viagem na Eslovênia

– Onde ficar em Ljubljana: Pesquise hotéis pelo Booking

Kranjska Gora e Rio Soca, na Eslovênia

kranjska-gora-eslovenia

Planica, em Kranjska Gora, Alpes Julianos, Eslovênia. | Foto: MV

A dica do Muita Viagem é ficar mais tempo em Ljubljana e fazer viagens bate-volta para cidades do interior. Fizemos 2 roteiros em 5 dias de viagem.

Nesta viagem acredito que dê para fazer roteiro de 10 dias na Europa – 4 dias na Bósnia, 2 dias na Croácia e 4 dias na Eslovênia. Na Eslovênia inclua Bled, Kranjska Gora e Most na Soci, além de Postojna e Predjama e Piran, claro.

– Leia todos os roteiros que fizemos na Eslovênia. 

Uma das viagens já foi relatada no post sobre Ljubljana e outro sobre Postojna, Predjama e Piran, bem como o roteiro das fotos acima contornando o Rio Soca que logo estarão no blog.

Lugares baratos para conhecer no mundo

Berlim. É possível economizar 35% em viagens para lá. | Foto: Muita Viagem

Uma pesquisa divulgada pelo TripAdvisor, realizada de forma independente pela empresa de pesquisa TNS, comparou o custo de uma viagem, calculando a estadia de três noites entre os meses de junho e setembro em 20 destinos populares ao redor do mundo.

Para avaliar quanto custa viajar para os mais variados destinos, a pesquisa considerou os gastos básicos em cada local para duas pessoas, com estadia de três noites em um hotel quatro estrelas, ingressos para três atrações, almoço e jantar todos os dias, além do custo de táxi de ida e volta para o jantar.

O estudo revelou que a média de preços para uma curta estadia nessas 20 cidades, excluindo voos, é de R$ 3.177, com valores que variam significativamente do destino mais barato para o mais caro.

10 países baratos para viajar de junho a setembro

Hanói é a cidade mais econômica entre as pesquisadas, com a viagem saindo por R$ 1.601, enquanto Nova York (EUA) é a mais cara, sendo preciso desembolsar R$ 5.887, quase o dobro da média.

— Apesar de Nova York ser um destino caro é possível economizar com passeios grátis, ficar em hotel barato com bom custo benefício perto de Manhattan, entre outras dicas que você encontra aqui no blog.

Países mais baratos para viajar no mundo

Melhores destinos para economizar

Ásia oferece melhores preços para você realizar uma viagem internacional barata.

Ao analisar os custos em cada destino para uma viagem de três noites, a pesquisa do TripIndex revelou que os viajantes encontram as melhores ofertas na Ásia, com quatro dos dez destinos mais baratos localizados no Sudeste do continente: Hanói, Kuala Lumpur (Malásia), Bankok (Tailândia) e Bali (Indonésia) ficaram em primeiro, quarto, quinto e sétimo lugares na lista, respectivamente.

Destinos mais baratos

Dados da pesquisa TripIndex Cidades 2016

Dados da pesquisa TripIndex Cidades (2016)

Entretanto, viajantes devem ficar atentos ao escolher um destino asiático, já que a região também concentra três dos destinos mais caros do mundo: Tóquio (Japão), Singapura e Hong Kong (China), em segunda, sexta e sétima posições, respectivamente.

Dicas para viagem mochilão pelo Sudeste Asiático

Quanto custa viajar

— Como calcular o preço de uma viagem?

Gastos detalhados – o que compõe o preço total? Em média, o custo com acomodações é equivalente a pouco mais da metade (52%) dos gastos para a viagem a um dos destinos incluídos na pesquisa.

As cidades mais caras tem alto custo com hotel. Em Nova York (EUA), Paris (França) e Cancún (México), por exemplo, o preço do hotel chega a comprometer de 61% a 71% do gasto da viagem.

Destinos mais caros

Dados da pesquisa TripIndex Cidades 2016

Dados da pesquisa TripIndex Cidades (2016)

Onde comer bem e barato em Paris? As melhores dicas para economizar com o almoço e o jantar em Paris.

Destinos com hotéis mais baratos costumam exigir mais do orçamento na conta do restaurante. Se por um lado, visitantes nas cidades mais baratas podem economizar com hotel, por outro, gastam mais com o jantar. Por exemplo, em Hanói e Kuala Lumpur, 50% do orçamento de viagem é usado para comer fora, enquanto em Bankoc essa taxa é de 54%.

A pesquisa aponta hotel barato no Sudeste Asiático e mais caro nos EUA e Cancún. Tanto na Ásia quanto na África do Sul é fácil economizar na hora de comer, e que alguns países oferecem atrações turísticas gratuitas, o que deixa a viagem mais barata.

  • Preços de hotéis são mais baratos em Hanói (R$ 761), Bancoc (R$ 823) e Kuala Lumpur (R$ 832) para três noites), enquanto os preços mais altos são encontrados em Nova York (R$ 3.567), Cancún, (R$ 3.184) e Londres (R$ 2.591) por três noites– quase quatro vezes maior do que os preços das cidades mais econômicas;
  • Quando o assunto é alimentação, os melhores preços para almoço e jantar estão na Cidade do Cabo (R$ 558), Mumbai (R$ 608) e Bali (R$ 724) para três dias. Refeições em Hong Kong (R$ 1.810) e Tóquio (R$ 1.924), as mais caras, têm valores três vezes mais altos para o mesmo período;
  • Preços para visitar atrações variam significativamente, com alguns destinos predominantemente oferecendo entradas gratuitas, como Hong Kong, Hanói e Tóquio, onde apenas 1% do orçamento é gasto em passeios, enquanto em outras cidades, como Moscou, essa atividade é equivalente a 14% do custo de viagem;
  • As viagens de táxi também variam bastante entre as cidades analisadas. O custo para uma corrida de ida e volta de 3 km na cidade mais cara é quase 16 vezes maior do que no destino mais barato. A mesma viagem de táxi em Bali custará R$ 24 e R$ 348, R$ 362 e R$ 367 em Nova York, Roma e Tóquio respectivamente.

Aplicativos para montar o roteiro da viagem

Em Hanói, Vietnã, o hotel sai por R$761. Outros países baratos são Tailândia e África do Sul, com gastos de R$823 em Bankok e R$1.122 na Cidade do Cabo.

Países baratos na Europa

Descubra o que fazer à noite em Madrid a partir de Malasaña – foto: Luiza Sahd

Na Europa, os destinos mais baratos são Madrid com custo de R$1.109 de hotel; Berlim com hotel a R$1.258; e Viena com hotel a R$1.321.

Viajar na Europa é mais caro, mas não é necessário desistir de conhecer os destinos por conta disso. É possível reduzir os custos, principalmente ao escolher hotéis mais baratos e seguir alguns roteiros econômicos.

Confira dicas para economizar na viagem para alguns dos destinos listados:

Dicas para economizar em Berlim

Lugares baratos para viajar no réveillon

Confira a seguir o resultado de pesquisa para saber a melhor época para viajar para alguns dos destinos mais desejados do mundo.

O estudo do site de planejamento e reservas de viagens, analisou preços de 26 cidades para ajudar viajantes que buscam economia durante as festas de fim de ano e réveillon. A melhor época para reservar foi definida pelos períodos em que os preços das acomodações eram menores do que a média local.

buenos aires

O final de dezembro reserva promoções para Buenos Aires. | Foto: Muita Viagem

Enquanto a maior parte dos destinos tem mudança gradual nos preços ao longo do ano, outros apresentam um crescimento considerável semana a semana para os feriados de fim de ano.

Abaixo estão os potenciais de economia para cada uma dessas regiões do mundo, além de 26 cidades, comparando a melhor e a pior época para reservar hotéis nas duas últimas semanas de dezembro.

Os melhores meses para fazer viagens baratas

destinos-baratos-dezembro

Quando reservar hotel para viagens em dezembro

América do Sul

De setembro até o fim do ano: Os preços dos hotéis caem cerca de 10% do meio de julho a setembro, e se mantêm estáveis na média de R$ 295 até uma última queda de 5% para reservas feitas no último minuto na segunda semana de dezembro. Fazer a reserva nesse período pode significar economia de 24% a 30% versus o começo do ano.

Dicas de destinos do Muita Viagem: Argentina, Chile, Peru e Equador.

Estados Unidos

A partir de novembro: A média de R$ 444 por noite se mantém estável de março a novembro, quando os preços começam a cair. A semana do Dia de Ação de Graças (24 de novembro) é o pico da economia, quando viajantes poupam 21% nos hotéis.

Dicas de destinos do Muita Viagem: Texas, Califórnia e Louisiana

Europa

Março a novembro: Os hotéis europeus custam em média R$ 323 por diária nos feriados. Os preços ficam mais acessíveis a partir de março, chegando ao menor valor no meio de novembro, quando os turistas economizam até 15% comparado ao início do ano.

Dicas de destinos do Muita Viagem: República Tcheca, Holanda, França e Portugal

Os relatos e dicas do blog Muita Viagem colaboram para você viajar gastando pouco até mesmo para os destinos mais caros. 

Com informações do TripAdvisor e TripIndex Cidades

Sobre Danilo Hadek

Antes de começar o Muita Viagem, fui Relações Públicas e Comissário de Voo. Vivi no Canadá, fiz longas viagens nos Estados Unidos e alguns roteiros na Europa. Já estive em todas as capitais do Brasil, e em mais de 20 países pelo mundo. Quero conhecer o Oriente Médio, África e Ásia.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*