Início / Feriados em 2021 / Réveillon 2022 / Dicas de viagens para o Réveillon 2022 e as férias de verão
Lugares baratos ano novo
Lugares tranquilos e baratos para passar o réveillon no Brasil

Dicas de viagens para o Réveillon 2022 e as férias de verão

O Réveillon 2022 ainda está cheio de incertezas: as megafestas de Ano Novo do Brasil, como a virada do ano em Copacabana, no Rio de Janeiro, e o Réveillon da Paulista, em São Paulo, já não vão existir por causa da pandemia.

E não sabemos quais destinos internacionais de final de ano vão receber brasileiros sem uma quarentena ao chegar no país, isso para não falar da instabilidade do dólar, que está variando muito  (e alto) em 2021.

Mesmo com toda essa instabilidade causada pelo covid-19, o Réveillon 2022 –e as férias de verão 2021/2022, de modo geral– já cria expectativa em muita gente que está guardando distanciamento social por causa da pandemia.

Quem quer começar a planejar para onde viajar na última semana de 2020, ou viajar para aproveitar o verão brasileiro, deve ir com calma por causa das incertezas causadas pelo covid-19.

Comprar ou não pacotes de Réveillon 2022

Santo Antônio do Pinhal perto de SP

Chalés românticos da Casa Centenária, em Santo Antônio do Pinhal

Ainda é muito cedo para comprar um pacote de Réveillon 2022 porque as mudanças podem vir desde das passagens aéreas até nos hotéis, dada a pandemia.

Há, à venda, muitos pacotes de viagens com promessas difíceis de garantir, principalmente para destinos internacionais.

Quem não gosta de surpresas desagradáveis deve passar longe, também, de comprar pacotes de cruzeiro para a temporada de verão 2021/2022, sejam cruzeiros marítimos no Brasil, sejam cruzeiros internacionais. Esse tipo de viagem é muito afetada por questões sanitárias.

Procure lugares no interior de SP, MG ou RJ

Socorro SP

A tirolesa rasga o céu na fronteira entre o interior de SP e o interior de MG

Nossa dica para começar a planejar a viagem de Réveillon ou de férias de verão é procurar por lugares próximos da sua região, que sejam acessíveis de carro, e que não costumem lotar demais no final do ano, como as praias do litoral de São Paulo.

Quem quer viajar na última semana do ano, aproveitando os feriados de Natal 2020 e Réveillon 2021 deve olhar mais para cidades do interior do estado em que vive — o interior de SP, o interior de Minas Gerais e o interior do Rio de Janeiro possuem cidades agradáveis, com muitas atividades ao ar livre para fazer.

Santo Antonio do Pinhal SP

Manacá florido em trilha perto de chalés na serra | @jardimsuspensodababilonia

Um exemplo é Socorro, no interior paulista. A cidade aventura tem rios com correntezas para boia cross e águas calmas para stand up, por exemplo. Brotas, na mesma pegada, também no interior do estado de São Paulo, é outra boa opção para dar uma olhada para as férias de final de ano.

Quem quer algo mais calminho, tem em São Paulo destinos como Monte Alegre do Sul, bom para ir com namorado ou em viagem de casal, ou Gonçalves, no sul de Minas, nas franjas da Serra da Mantiqueira.

As cidades da Serra da Mantiqueira são boas pedidas: São Francisco Xavier, Monte Verde e São Bento do Sapucaí estão entre as boas pedidas. Campos do Jordão é um ótimo destino, mas que pode lotar e ficar incômodo por causa do covid-19, então vale a pena pensar duas vezes.

Casas por temporada e chalés para o Réveillon 2022

Chalés em Campos do Jordão

Chalé em pousada romântica, em Santo Antônio do Pinhal

Uma dica para planejar de forma mais tranquila a viagem de Réveillon 2022, com todas as incertezas causadas pelo futuro da pandemia, é procurar chalés no interior para se hospedar ou casas de temporada.

Os chalés na época de Réveillon permitem mais privacidade e menos contato com os outros hóspedes, e existem desde pequenos chalés românticos para casais até verdadeiras casas por temporada, com cozinha e quartos para crianças em viagens de família por exemplo, ou chalés que aceitam animais de estimação, para quem quer levar o pet na viagem de final de ano.

Vai dar praia?

Fuja da altíssima temporada

Se a ideia é tentar curtir uma praia no calor do final do ano brasileiro, vale mais a pena pesquisar viagens em novembro de 2021 e no começo de dezembro.

Planeje a viagem de Réveillon 2022

  • Esqueça por enquanto os pacotes de viagem, as passagens aéreas, as grandes redes de hotéis e, principalmente, as viagens internacionais de Réveillon 2022;
  • Procure destinos acessíveis de carro dentro do seu estado ou nas vizinhanças, que não tomem muitas horas de viagem;
  • Dê uma olhada em casas de temporada e chalés, tipo de hospedagens que permitem mais privacidade e menos contato com outros hóspedes; e
  • Se você tem vontade de conhecer um destino muito procurado, como Campos do Jordão ou Ubatuba, cogite mudar a data da viagem para o começo de dezembro ou até mesmo de novembro –ainda não é verão, mas as temperaturas no Brasil são altas para aproveitar o dia a céu aberto.

Quer viajar mais em 2022?

Elencamos abaixo algumas dicas que vão te ajudar a descobrir, ou redescobrir, destinos e lugares com mais intensidade a partir de agora (sim, você não precisa o ano começar para fazer essas coisas…)

1 – Faça um fundo de dinheiro para viagens

Tenho uma filosofia: gastar em viagem é gastar melhor

Tente guardar uma parte do seu dinheiro com o objetivo de gastar em viagens.

Uma boa ideia para criar essa poupança sem comprometer o orçamento é cortar aqui (restaurantes caros no almoço de trabalho? transporte público em vez de táxi? cigarro? compras por impulso) para gastar ali (restaurantes legais na viagem, passagem de avião, comprinhas charmosas de artesanato típico).

Eu, no lugar da academia, corro, caminho e pedalo quase diariamente. Compro poucas roupas, mas coleciono camisetas de destinos (adoro as bem bregas).

Celular? É pré-pago. Uma delícia nunca gastar mais que 30 reais por mês com o telefone.

Para diminuir gastos desnecessários, um primeiro passo é entender onde você está gastando seu dinheiro. Vale a a pena anotar tudo o que você compra para ver se não tem nada que dá para cortar sem nem perceber.

2 – Descubra o Brasil

Explore o país do Oiapoque ao Chuí, de João Pessoa ao Acre

O país é um continente. Tem floresta, tem praia, tem cânions. Tem festa junina, celebrações religiosas, culinária rica e tradições regionais.

Viajar para o exterior normalmente demanda gastos com documentos, passagens aéreas mais caras, seguro de viagem e muito mais planejamento.

Com o dólar nas alturas e instável, grande parte das viagens ao exterior ganha ainda um fator surpresa em um ponto onde surpresas, em viagens, são ruins: o orçamento.

Acredite: conhecer bem o Brasil é o sonho dos viajantes pelo mundo inteiro. Você já realizou esse sonho?

3 – Faça fugidinhas de final de semana

Vamos ver o sol nascer nas montanhas no domingo?

As viagens não precisam ser longas.

Às vezes, em um final de semana prolongado, dá para explorar lugares inusitados em uma viagem romântica ou em uma aventura em meio a Mata Atlântica.

Na lista de cidades turísticas do estado de São Paulo, por exemplo, tem lugares românticos na montanha como São Francisco Xavier, destinos de ecoturismo como o Petar, com trilhas na Mata Atlântica, cachoeiras e cavernas, e Socorro, cidade turística no Circuito das Águas com rafting, tirolesa e outros esportes para quem procura turismo de ação no final de semana.

No interior de Minas, no sul de MG, São Lourenço oferece lindos passeios de balão de ar quente, Monte Verde clima agradável de montanha e muitos chalés românticos e, Ouro Preto, igrejas históricas e culinária de fazenda.

4 – Fuja da alta temporada

Oba, não tem aglomeração!

Em novembro, já está muito calor e dá para visitar praias em todo o litoral brasileiro com preços mais baratos.

Em junho, as lagoas dos Lençóis Maranhenses estão cheias, mas os preços ainda são mais baixos do que em julho, alta temporada nesse parque no Maranhão.

Campos do Jordão, cidade mais alta do Brasil, cercada por montanhas e matas, tem noites agradáveis quase o ano inteiro, com noites geladinhas em junho e agosto também, não só em julho, durante a altíssima temporada dessa estância de inverno em São Paulo.

Qualquer que seja sua viagem dos sonhos no Brasil (e no mundo), dá para descobrir épocas mais baratas para viajar e conhecer o que o lugar oferece de melhor, sem tanta aglomeração e preços de temporada.

Para realizar sua resolução de Ano Novo de viajar mais, faça uma lista de destinos e veja épocas legais para conhecer a cidade fora da alta temporada.

5 – Explore sua cidade e arredores

Onde é o pôr do sol mais bonito na sua região?

Às vezes, ignoramos as atrações da nossa própria cidade.

Eu passei a conhecer mais Campinas, onde vivi por mais de 20 anos, nos últimos dois anos. Descobri trilhas, cenários deslumbrantes, novos restaurantes, prédios históricos…

Sites como o TripAdvisor ajudam bastante na empreitada de descobrir atrações turísticas nas cidades e na região. Mas, nesse caso, o boca a boca é o melhor jeito de descobrir coisas legais, fáceis e baratas para fazer no próprio quintal.

6 – Tenha um objetivo concreto

É neste ano que vou no São João de Caruaru

Na hora de buscar inspiração para viajar no ano que vem, pense em pelo menos um objetivo concreto.

Por exemplo, ano que vem eu quero correr a Volta da Pampulha, em Belo Horizonte, uma das corridas mais legais do Brasil. Já sei que a Volta da Pampulha é em dezembro, que tenho que me preparar fisicamente etc. Planejar com um objetivo é mais fácil.

Ir a algum show, participar de uma festa popular, ver o Corinthians jogando e, claro, corridas de rua são boas sugestões de objetivos para nortear o planejamento da sua viagem de resolução de Ano Novo (e ajuda a marcar as férias).

7 – Faça uma resolução de Ano Novo radical

Uma grande jornada começa com o primeiro passo

Para quem quer entrar de mala e cuia no mundo das viagens, faça uma resolução de Ano Novo radical em 2022: descubra formas de trabalhar viajando e transforme a estrada no seu ganha-pão.

Já conhece nossa lista de empregos para trabalhar viajando? Dá uma olhadinha, vale a pena!

Post atualizado em 25 de agosto de 2021.

Sobre Gustavo Villas Boas

-- "Vamo? Vamo! (ou não)" Jornalista e editor do Muita Viagem. Gosta de praias, baladas e comidas diferentes. A Amazônia é o destino que o emociona. Antes de embarcar no Muita Viagem, trabalhou no jornal Folha de São Paulo e no Estado de São Paulo na cobertura de tecnologia, cultura e cidades. Mas lia o caderno de turismo.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.