Início / Viagens pelo Brasil / Sudeste / Estado de São Paulo / O que fazer em Itanhaém – SP
Itanhaém, litoral sul de SP

O que fazer em Itanhaém – SP

Itanhaém, a cidade litorânea traz belas paisagens e monumentos que contam um pouco da história do povo paulista. Entre praias e esculturas, Itanhaém é uma ótima opção para quer quem relaxar numa praia barata perto da capital.

Em Itanhaém dá para recarregar as energias e ainda conhecer um pouco da história de São Paulo. Tudo isso com o adicional de ser bem pertinho da capital – são apenas 90 km de distância.

Resorts em praias de São Paulo

Itanhaém, no litoral sul de SP

Itanhaém conta com 14 praias – cartão de visitas da cidade, conhecidas por suas belezas naturais e praias com grandes extensões de areia escura.

Entre as mais populares estão: Praias dos Sonhos, do Cibratel e dos Pescadores, onde o fluxo turístico é intenso, principalmente, por suas ótima balneabilidade durante o ano inteiro.

Além disso, vale a pena conferir a agenda municipal que sempre oferece shows, esportes, aulas de ginástica à beira do mar, especialmente durante as férias de verão. Itanhaém é, certamente, um ótimo destino para programar uma viagem em família.

Ali, aproveitando a maresia, um dos pontos a serem vistos é a Cama de Anchieta. Segundo a lenda, o beato José Anchieta escolheu a formação rochosa na Praia dos Sonhos para descansar e encontrar inspiração para escrever seus poemas.

Os turistas também podem encontrar inspiração no Portal Místico do Morro de Pernambuco, formação rochosa de forma peculiar que ficou famosa por conta de simpatias e citadas por esotéricos de todo Brasil.

Fato é, independente de qualquer crença, trata-se de uma bela paisagem para qualquer um recarregar as energias e tirar belas fotos para o Instagram.

Após relaxar e recarregar as energias, uma dica é mergulhar na história do município. Importante patrimônio histórico, a Casa de Câmara e Cadeia tem suas origens no processo de colonização da antiga Vila de Nossa Senhora de Conceição.

O que fazer em Mongaguá

Durante a suposta data de fundação da cidade, já havia a parte inferior, onde funcionava a Cadeia. Em 1561, sofreu sua primeira reforma, quando a parte superior foi ali construída. A construção funcionou como cadeia até o ano de 1964.

Já o Monumento Paulo Leandro de Lima é responsável por prestar uma homenagem aos pescadores da região – grande atividade econômica da região. Homem íntegro, Paulo Leandro de Lima, natural de Iguape, chegou a Itanhaém em 1946 e utilizava-se da piroga, uma espécie de canoa indígena para realizar seu trabalho.

Em uma história mais recente, a cidade conta com o nome “Mulheres de Areia” escrito em suas páginas. Esculpida por Serafim Gonzalez, ator que participou da primeira versão da novela transmitida pela extinta TV Tupi, o monumento é um marco das gravações na cidade. A escultura está na Praia dos Pescadores.

Vale lembrar ainda que Itanhaém faz parte do projeto Caminha São Paulo: a rota Passos dos Jesuítas – Anchieta. Trata-se de um caminho de peregrinação e contemplação pelo litoral paulista que vai de Peruíbe a Ubatuba, envolvendo 360 km.

Passos dos Jesuítas – Anchieta é uma rota inspirada nos caminhos percorridos pelos jesuítas na segunda metade do século XVI, com destaque para o poeta, professor e historiador José de Anchieta.

Roteiro no litoral: Santos, Guarujá e Bertioga

Como chegar em Itanhaém

Sobre Muita Viagem

Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário de voo, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.