Início / Viagens pelo Brasil / Sul / Paraná / Lugares para viajar no Paraná, sul do Brasil
A Ilha do Mel é um dos lugares para viajar no Paraná

Lugares para viajar no Paraná, sul do Brasil

Fazendo divisa com SP, já ao sul, o Estado do Paraná conta com lugares incríveis e alguns dos melhores destinos do Brasil, como Foz do Iguaçu, onde está localizado o Parque Nacional das Cataratas.

A capital Curitiba fica a pouco mais de 400 km de São Paulo e é considerada uma das metrópoles mais inteligentes do mundo.

De lá fica fácil seguir para o litoral, que inclui a Ilha do Mel, uma estação ecológica com natureza preservada, além de Morretes, ainda na descida da Serra do Mar paranaense, entre 60 km de Curitiba e 60 km das praias.

Réveillon 2021: onde passar o feriado

Cidades para conhecer no Paraná

Foz do Iguaçu – Brasil

Foz do Iguaçu, na tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, é um dos melhores destinos turísticos do país.

As Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu – Paraná

O Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu está entre as principais atrações turísticas do mundo. Iguaçu em tupi-guarani significa água grande, não a toa as cataratas são consideradas um Patrimônio da Humanidade pela Unesco e uma das 7 Novas Maravilhas da Natureza.

O hotel e resort Bourbon Cataratas do Iguaçu é dica para quem deseja relaxar. Já o hotel Rafain Palace é sugestão de hotel bom e barato.

O que fazer em Foz do Iguaçu

Curitiba – PR

Centro histórico de Curitiba – Paraná

A capital paranaense é uma metrópole cultural, com centro histórico preservado, bela arquitetura, parques e segurança moderada se comparada a outras capitais como Rio de Janeiro e São Paulo.

Apesar da guarda municipal na rua, é preciso cuidado ao caminhar a pé em alguns lugares do centro de Curitiba, especialmente perto da rodoviária.

Guardado os cuidados, vale a pena fazer um roteiro a pé em Curitiba e visitar a cidade especialmente durante o Festival de Teatro, que neste ano acontece entre os dias 24 de março e 05 de abril de 2020. O evento foi prorrogado para primeiro de setembro até o dia 13/09/2020 por conta do Corona Vírus (COVID-19).

Uma dica de hotel no centro é o San Juan Executive.

Morretes – Serra do Mar/PR

Morretes é um dos lugares mais charmosos do Paraná

A pequena cidade do interior do Paraná é uma graça. A vila serrana trás em cada cantinho um pouco do seu passado, marcado pela imigração. Às margens do Rio Nhundiaquara, a vila é um dos lugares mais bonitos para conhecer no Paraná.

O legal é a proximidade da cidade turística com o Aeroporto Internacional Afonso Pena (CWB), em São José dos Pinhais. De lá para Morretes são apenas 60 km pela BR 277. Dá para alugar carro no aeroporto e fazer uma viagem bate e volta a partir de Curitiba. Ou o tradicional passeio de trem turístico que parte da Rodoferroviária de Curitiba.

O que fazer em Morretes

Já para o Pontal do Sul, ponto de embarque para a Ilha do Mel, a distância é de pouco mais de 100 km, sendo que se você incluir Morretes no roteiro já estará na metade do caminho.

Ilha do Mel – Pontal do Paraná

Fim de tarde na Praia das Encantadas – Ilha do Mel, PR

A Ilha do Mel é mais um daqueles lugares mágicos do Brasil.

Para chegar lá é preciso embarcar em catamarã no píer do Pontal do Sul/Pontal do Paraná. A travessia leva 20 minutos.

Carros não são permitidos na ilha, que possui belas praias, trilhas e pontos históricos e turísticos. No continente, os balneários de Ipanema, Santa Terezinha e Albatroz são opções de praias na costa.

Quando fomos, ficamos hospedados na Pousada Canto da Galheta, na Praia das Encantadas, e recomendamos.

O que fazer na Ilha do Mel

Passeio de barco na Ilha do Mel – Paraná

Vila Velha – Ponta Grossa

Por fim, acreditamos que a cidade Ponta Grossa, a aproximadamente 100 km de Curitiba, seja uma boa dica de viagem de carro a partir da capital paranaense.

Parque de Vila Velha e Campos Gerais

Vila Velha – Ponta Grossa/PR | Marcos Moreira

Talvez o maior entrave para a popularização efetiva do Parque Vila Velha seja o acesso. Assim como o Parque Nacional dos Campos Gerais, o Parque Vila Velha fica a cerca de 20 km da cidade de Ponta Grossa e a cerca de 100 km da capital paranaense, Curitiba.

Tanto um quanto o outro parque têm capacidade limitada para receber visitante, por isso, o público que se dirige aos parques se resume basicamente aos proprietários de veículos e seus acompanhantes. Por isso, a demanda de visitantes de outras partes do Brasil a até mesmo estrangeiros acabam prejudicados.

A linha de ônibus que sai de Ponta Grossa e vai até o Parque Velha, mas não adentra sua portaria, disponibiliza apenas duas viagens por dia – há outra maneira de chegar ao parque com uma baldeação a mais durante o dia inteiro.

E além disso elas partem do Terminal Oficinas, no subúrbio do município, e não no Terminal Central, de onde sai outra linha para que se possa fazer a transferência entre um ônibus e outro.

Quando falamos do Parque Nacional dos Campos Gerais, o quadro de quase exclusividade se aprofunda.

Não há linhas de ônibus regulares até o Buraco do Padre, por exemplo. É preciso tomar um táxi ou carona por aplicativo.

Ainda não conhecemos o Parque Estadual de Vila Velha, mas está nos planos para a próxima viagem ao Paraná. O parque preserva formações de arenito e campos nativos. É muita viagem!

Sobre Muita Viagem

Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário de voo, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.