Início / Mundo / Argentina

Argentina

A Argentina é o segundo maior país da América do Sul, e um dos principais parceiros comerciais do Brasil.

 

Localizada no extremo da América do Sul, a República Argentina (nome oficial do país) fica entre a Cordilheira dos Andes e o oceano Atlântico. As paisagens que se destacam no país são os Pampas, o Gran Chaco e a Patagônia.
 

Qual idioma é falado na Argentina?

 
Afinal qual a língua que se fala na Argentina? O idioma falado é o castelhano, estando a população da Argentina entre as maiores de língua espanhola.
 

Clima e temperatura na Argentina

 
O clima na Argentina é temperado, com temperaturas maiores mais no norte. Contudo, no extremo sul – a Terra do Fogo pode chegar a temperaturas negativas.
 
As cidades ao norte da Argentina, como Salta, possuem verão bem quente e invernos secos, bem secos pode acreditar.
 
A região central, que concentra as cidades argentinas de Córdoba e Rosário, é mais úmida, chuvas fortes, especialmente entre janeiro e março. Já os invernos bem frios. Prepare o agasalho!
 
Por sua vez, a região sul tem verão com temperatura amena e invernos bastante rigorosos, inclusive com nevoadas, em especial nas montanhas da Argentina.
 

Moeda na Argentina

 
A moeda da Argentina é o peso argentino.
 

Quanto vale 1 real em peso argentino?

 
Atualmente é preciso quase uma nota de 100 pesos para ter uma nota de R$5,00.
 
A cotação do peso argentino para o real é de aproximadamente R$ 1.00 para comprar 18,50 pesos argentinos. Agora, é possível usar real na Argentina, especialmente em Buenos Aires.
 
Então, antes da viagem é necessário fazer as contas e ver qual moeda levar para a Argentina.
 
A única dica é trocar o dinheiro sempre em algum lugar seguro, pois ao fazer o câmbio é preciso cuidado com notas falsas, comum no mercado paralelo.
 

Qual moeda levar para a Argentina?

 
Depende muito da época da viagem.
 
A Argentina é um país que sofre muito com o câmbio, então sempre é preciso consultar a cotação das três moedas – dólar, peso argentino e real e a relação entre elas para saber qual moeda levar para Buenos Aires ou Bariloche, por exemplo.
 
Nossa dica é sempre levar uns dólares que tenha guardado de outra viagem, levar cerca de 20% em pesos trocados aqui no Brasil e levar o restante em real, buscando sempre uma boa cotação.
 

Feriados na Argentina

 
Por ser um país que adota o calendário cristão, além dos feriados religiosos, na Argentina dois feriados importantes são:
 

  • Feriado de 9 de julho – dia da Independência
  • 2 de abril: Dia do veterano de guerra e mortos em combate na Guerra das Malvinas

 

Brasileiros precisam de visto?

 
Não. Apenas um documento como o RG ou CNH com data de emissão inferior a 10 anos. Confira a lista com os documentos necessários para viajar para países do Mercosul.
 
Se você possui outra nacionalidade acesse o site www.migraciones.gov.ar para mais informações
 

Fronteiras da Argentina

 
Brasil e Argentina são unidos por uma linha de fronteira que se estende por mais de 1.200 km!
 
Os demais países que fazem fronteira com a Argentina são:
 

  • Paraguai e Bolívia ao norte;
  • Uruguai a nordeste; e
  • Chile a oeste

 

Voos para a Argentina

 
A Aerolineas Argentinas é a praticamente a única linha aérea em operação no país.
 
A companhia aérea realiza voos dentro da Argentina e para destinos internacionais. Já a Austral Líneas Aéreas, que é uma subsidiária da Aerolinea, faz voos curtos para pequenas cidades.
 
As companhias aéreas brasileiras – Azul, Gol e Latam realizam voos para Buenos Aires, Mendonza, Rosário e Córdoba essencialmente. Na temporada costuma ter voos para Bariloche.
 

Situação do Turismo na Argentina durante a pandemia

 

Voos

 
Estão suspensos os voos oriundos de Brasil, Chile, Turquia, África, Índia e Reino Unido. Houve, ademais, diminuição de frequência com alguns países, entre os quais os Estados Unidos.
 
Além da diminuição das frequências aéreas, a “Administración Nacional de Aviación Civil” (ANAC) vem exigindo às empresas aéreas o cumprimento de alguns requisitos, entre os quais:
 

  1. Prazo máximo de 72h úteis antes do voo para protocolo de solicitação de operação;
  2. Conservar, por pelo menos três meses, as listas de passageiros e;
  3. Apresentação prévia de plano de voo para autorização de serviços aéreos.

 
A resolução 205 da ANAC, de 22/07/2020, isentou as empresas aéreas que cumpram a função de Serviço de Transporte Aéreo Sanitário (STAS) ou de Traslado Aéreo de Órgãos (TAO) de tramitar a referida autorização.
 

Passageiros

 
Está proibido o ingresso em território argentino por parte de estrangeiros não-residentes, salvo casos autorizados pela “Dirección Nacional de Migraciones” (DNM).
 
Estão excetuados da proibição de entrada:
 

  1. Transportadores e tripulantes de qualquer nacionalidade, no exercício exclusivo de sua atividade;
  2. Funcionários diplomáticos com autorização prévia da DNM;
  3. Esportistas autorizados pela DNM que cumpram com os protocolos estabelecidos pelo evento do qual participarão;
  4. Trabalhadores de serviços considerados essenciais, devidamente autorizados pela DNM;
  5. Casos de reunificação familiar autorizados pela DNM; e vi) estrangeiros em trânsito que permaneçam em território nacional por menos de 24h.

 
Passageiros autorizados a viajar para a Argentina devem:
 

  1. Apresentar declaração jurada e teste PCR negativo realizado em até 72 horas prévias à viagem;
  2. Cumprir quarentena de 10 dias contados a partir da data de realização do PCR negativo;
  3. Realizar um segundo teste para SARS-CoV-2 ao chegar no país e um terceiro, depois de 7 dias da chegada (ambos os testes serão custeados pelo próprio viajante).

 
A passageiros brasileiros se aplica a regra geral de proibição de ingresso de não-residentes na Argentina.

Onde comprar vinho barato na Argentina?

Mendonza é a capital do enoturismo na Argentina. O destino está em uma das regiões mais bonitas para viajar no país de los hermanos. Além de Bariloche e Patagônia, Mendonza é outra cidade que gostaria de conhecer. É de lá que vem boa parte da produção ...

Viaje mais »