Home / Viajei (relatos) / Cartão Postal / Atrações em Olinda e bate-volta Praia dos Carneiros
A arquitetura e as cores típicas de Olinda | Cristiane Nunes

Atrações em Olinda e bate-volta Praia dos Carneiros

Continuando a viagem por terras pernambucanas, onde já elencamos diversos passeios descolados pelos bairros de Recife, a seguir roteiro com atrações em Olinda, no Pernambuco, e dicas para conhecer outro destino clássico para viagem bate-volta a partir da capital — a paradisíaca Praia dos Carneiros.

Em Olinda, é possível curtir todas as atrações em um único bate-volta, mas por ser bem pertinho de Recife, fica fácil voltar mais vezes durante a viagem.

Explorando as terras pernambucanas

Por Cristiane Nunes

Olinda é bem pertinho de Recife, e dá para fazer um bate-volta tranquilo. Cerca de 30 minutos de carro (variando conforme o bairro em que você esteja), e vale pedir táxi, Uber, 99 ou até pegar ônibus. Não tem desculpa para não conhecer!

A cidade é considerada Patrimônio Histórico e Cultural pela UNESCO, conhecida pelo tradicional carnaval com desfile dos bonecos gigantes e do frevo, e as inúmeras igrejas, que datam desde o século XVII.

Na Rua do Amparo, próximo ao Centro Histórico, concentram os principais restaurantes e lojas de artesanato.

Melhores resorts do Nordeste para curtir as férias

Olinda, Pernambuco

Aqui vão algumas dicas pontuais para um bate-volta:

Mirante da Catedral Sé de Olinda

Uma bela vista da cidade de Olinda no mirante da Catedral Sé de Olinda | Cristiane Nunes

Provavelmente, a melhor vista de Olinda, em termos de beleza e praticidade – outra opção é o elevador panorâmico por R$ 5 e com horários determinados.

Nos arredores da Catedral Sé de Olinda, do século XVI, há um mirante com acesso gratuito e aberto ao público. Prepare a câmera porque aqui rendem boas fotos!

Catedral Sé de Olinda – Alto da Sé

O que fazer em Olinda: a história do Brasil em cores, ladeiras e igrejas

Casa dos Bonecos Gigantes

Mesmo fora de época do Carnaval, os Bonecos Gigantes de Olinda estão presentes | Cristiane Nunes

Se você for para Olinda, Pernambuco, fora da época de Carnaval e não der sorte de coincidir com alguma prévia (desfile pré-carnaval), tem a opção de visitar a Casa dos Bonecos Gigantes, onde ficam expostos durante o ano e ainda dá para ver de pertinho.

O estabelecimento também vende objetos de artesanato local.

Rua Bispo Coutinho, 780 – Carmo

Carnaval em Olinda, o melhor do mundo

Beijupirá

Rodeado pelo verde, o Beijupirá proporciona uma experiência gastronômica em contato com a natureza | Divulgação

O trajeto até o restaurante e o entorno com certeza tornam a experiência mais interessante. Em meio a árvores e muito verde, o acesso é feito por uma pequena trilha até chegar o estabelecimento, que fica numa posição mais elevada, com uma bela vista da natureza.

A ambientação é clean, com deck externo, e o melhor do cardápio sem dúvida são os peixes e os frutos do mar.

Av. Saldanha Marinho, s/n – Alto da Sé | www.beijupiraolinda.com.br

Bodega do Véio

Com uma decoração bem típica, Bodega do Véio é um clássico de Olinda | Google Photo

Uma tradicional bodega com o clima típico da boemia pernambucana fica localizada em uma rua da área histórica de Olinda – Pernambuco.

Com uma decoração bem colorida e característica da região, aqui é perfeito para tomar cerveja enquanto se prova dos mais variados petiscos e pratos. Aqui vão algumas dicas: macaxeira com carne de sol, sarapatel, empanada de camarão, sanduíche de pastrami com queijo do reino, entre outros.

Rua do Amparo, 212 – Amparo

Casa de Noca

Macaxeira com carne de sol e queijo coalho como você nunca viu – e experimentou! | Google Photo

A fama faz jus ao que o lugar oferece. O restaurante é bem simples, sem luxo nenhum, no fundo de uma casa, e apenas um único prato é servido, variando conforme o tamanho da porção.

A macaxeira com carne de sol e queijo coalho, bem tradicional de Pernambuco, não é como outra de qualquer lugar. O preparo faz com que a macaxeira derreta na sua boca! Fica uma delícia provar com a manteiga de garrafa.

Rua da Bertioga, 243 – Bonfim | www.casadenoca.com.br

Tapiocas da Vovó

Dona Maria José preparando a sua especialidade | Divulgação

A simpática Maria José prepara essa famosa tapioca de Olinda, em um espaço junto a uma loja de artesanato.

Os recheios são variados, mas a minha dica vai para a de queijo coalho com coco!

R. Bpo. Coutinho, 799 – Carmo

Forte Orange

Vista do Forte Orange em Itamaracá | Google Photo

A cerca de 25 km de Olinda, em Itamaracá, o forte é uma reconstrução portuguesa de 1654, pois o original, que surgiu na época das invasões holandesas, que foi demolido.

Rebatizado pelos portugueses de Forte de Santa Cruz de Itamaracá, o local é uma relíquia do século XII. A entrada é gratuita.

Final da Estrada do Forte, Km 5 – Praia do Forte – Itamaracá

Lugares imperdíveis do Nordeste brasileiro

Porto de Galinhas ou Praia dos Carneiros?

Praia dos Carneiros com areia branca e água azul cristalina | Cristiane Nunes

Com poucos dias em Recife, tive que escolher entre Praia dos Carneiros e Porto de Galinhas-PE.

Apesar de a distância da Praia dos Carneiros ser maior (cerca de 98 km, enquanto para Porto de Galinhas é de 50 km), o que todos recifenses me diziam era que a Praia dos Carneiros era muito mais linda. Então, não tive dúvidas, e escolhi Carneiros. Fiquei bem feliz com essa decisão.

Existem vários serviços de aluguel de van para bate-volta, caso você prefira não dirigir. A viagem dura cerca de 2 horas e meia.

Como chegar na Praia dos Carneiros-PE

Geralmente, esse tipo serviço tem como parceria um restaurante e passeio de barco. Mas se você é como eu que prefere ter um momento de calmaria e solitude na praia, vale seguir a orla de Carneiros a pé até chegar à famosa igrejinha, a Capela de São Benedito, uma construção do século XVIII, que fica bem em frente ao mar.

A famosa Capela de São Benedito na Praia dos Carneiros | Cristiane Nunes

Porém, se você quer experimentar o banho de argila e de lama, é necessário fazer o passeio de barco ou catamarã, que dura de 2 a 3 horas, e percorre o rio até chegar ao local.

Quanto à qualidade da praia, não tem nem o que criticar, porque é simplesmente deslumbrante. Aquele mar com água quente que só o Nordeste oferece!

About Cris

Cristiane Salgado Nunes é jornalista, curiosa nata, e adora descobrir novos lugares. É apaixonada por fotografia, moda e street art. Trabalhou no Estado de S. Paulo e na Discovery Channel.

Comente aqui

O seu e-mail não é publicado. Preenchimento obrigatório *

*