Home / Viajei (relatos) / Cartão Postal / Explorando as terras pernambucanas em 5 dias – Parte I

Explorando as terras pernambucanas em 5 dias – Parte I

Por Cristiane Nunes

Em cinco dias de viagem por Pernambuco deu para bater muita perna, e explorar Recife, Olinda e Praia dos Carneiros. O ritmo foi intenso e aqui vai o melhor do que encontrei por lá.

— Parte II: Atrações em Olinda-PE e bate-volta Praia dos Carneiros

O que fazer em Recife

Se existe uma cidade que realmente surpreende no Brasil é o Recife.

Não digo isso pelas praias, mas por ser um polo cultural no Nordeste, que une contemporaneidade e tradição. Existe toda uma cena de economia criativa convivendo lado a lado com as fortes raízes do passado.

Costa dos Corais: As melhores praias do Nordeste

Praia de Boa Viagem, em Recife | Cristiane Nunes

Do novo ao velho, do clássico ao alternativo

Aqui vão algumas dicas do que há de mais cool em Recife – do novo ao velho, do clássico ao alternativo:

Parque das Esculturas Francisco Brennand

Em frente à Praça Marco Zero, do outro lado da margem, as esculturas de Francisco Brennand | Cristiane Nunes

Fazendo a travessia por barco do píer em frente à Praça Marco Zero, no Recife Antigo, estão expostas 90 esculturas do artista pernambucano Francisco Brennand.

Com referências à figuras mitológicas, místicas e de forte conotação sexual, o escultor explora o uso da cerâmica e de metais em suas obras. Não confunda com o Parque com a Oficina de Cerâmica, onde está a vasta obra do artista.

O Parque foi construído nos anos 2000 em comemoração aos 500 anos de descobrimento do Brasil.

Museu Cais do Sertão

Com instalações interativas, o museu é dedicado à cultura do sertão | Divulgação

Chama atenção a fachada externa de cobogó do prédio, que era um antigo armazém na área portuária.

Por dentro do museu, uma ambientação tecnológica e moderna para proporcionar uma imersão interativa na cultura e história do Sertão e na obra de Luiz Gonzaga.

O museu também compõe o projeto de revitalização do Recife Antigo, com o intuito de promover atividades culturais e artísticas na região.

Av. Alfredo Lisboa, s/n – Recife Antigo | www.caisdosertao.com.br

Paço do Frevo

Um ambiente moderno para contar a história do frevo em Recife | Divulgação

Dedicado à cultura do frevo, o espaço foi inaugurado em 2014 e ocupa um prédio tombado no Recife Antigo.

São três andares com exposições, documentações, escola de dança e local para apresentações. Às terças-feiras, a entrada é gratuita.

Praça do Arsenal da Marinha, s/n – Recife Antigo | www.pacodofrevo.org.br

As Galerias

Desde 1928, a lanchonete atrai o fiel público do famoso leite maltado | Cristiane Nunes

Em frente ao Paço do Frevo, uma ótima parada para você experimentar o famoso leite maltado de As Galerias, que virou Patrimônio Cultural e Gastronômico de Recife.

A lanchonete foi fundada por um cubano em 1928, e até hoje a bebida é sucesso. Sua receita consiste em sorvete de creme, leite maltado e malte de chocolate. Vale a pena provar!

Rua da Guia, 183 – Recife Antigo | Telefone: (81) 3097-4460

Museu da Abolição

Fachada com azulejos portugueses do casarão que abriga o Museu da Abolição | Divulgação

Dedicado à história da abolição, o museu narra todo o processo de consolidação do fim da escravidão no Brasil.

Ocupando um prédio tombado, o Sobrado da Madalena é um casarão que foi pertencente a um engenho no século XVII.

Após uma restauração na metade do século XIX, a construção adotou um estilo neoclássico, predominante na época, com revestimento de azulejos. O museu ainda possui um belo jardim no fundo.

Rua Benfica, 1150 – Madalena | www.museudaabolicao.museus.gov.br

Restaurante Leite

O tradicionalíssimo restaurante Leite que já recebeu até o filósofo Sartre | Google Photo

Provavelmente o restaurante mais antigo do Brasil. Fundado em 1882, na época do Império de D. Pedro II, o local carrega até hoje um ar aristocrático.

Personalidades já passaram por aqui, como Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir e Orson Welles. No cardápio, o destaque fica para os frutos do mar e os peixes, em especial, o bacalhau.

Praça Joaquim Nabuco, nº 147 – Santo Antônio | Telefone: (81) 3224 7977 / 3224 7519

O que fazer em cidades próximas de Recife

Lugares imperdíveis para conhecer em Recife

Oficina de Cerâmica Brennand

Museu do artista Francisco Brennand é um dos locais mais interessantes de Recife | Divulgação

Em uma região mais afastada do centro de Recife, trata-se de um espaço monumental com o trabalho e atelier de Francisco Brennand, criado em 1971.

Uma espécie de santuário com mais de 2 mil obras, entre esculturas, murais e pinturas, em um local que era a antiga fábrica de seu pai Ricardo Lacerda Brennand.

Com certeza, diria que é um dos espaços artísticos existentes no Brasil mais surreal e mágico. Se você tem pouco tempo em Recife, pode priorizar uma visita à Oficina, porque é simplesmente único!

Propriedade Santos Cosme e Damião – R. Diogo de Vasconcelos, S/N – Várzea | www.brennand.com.br

Instituto Brennand

Ambientação sofisticada do Instituto Brennand, que abriga uma enorme coleção de objetos e
obras de artes | Divulgação

Com uma das maiores coleções de armas brancas do mundo, Ricardo Brennand, irmão do artista Francisco Brennand, possui um espaço dedicado a objetos históricos e artísticos.

Com três prédios, entre eles um castelo, o local fica próximo à Oficina de Cerâmica, compondo praticamente um “feudo” cultural dos irmãos Brennand.

O local ainda conta uma biblioteca, uma pinacoteca e uma capela. Definitivamente, é uma dos lugares imperdíveis e mais incríveis de Recife junto com a Oficina de Cerâmica.

Rua Mário Campelo, 700 – Várzea | www.institutoricardobrennand.org.br

Barchef

Música alternativa e noite animada no Barchef nos fins de semana | Divulgação

Se você acha que no Recife não tem lugares que tocam indie rock e um bom e velho rock’n’roll, precisa conhecer o Barchef, um dos pontos mais descolados da cidade.

O espaço é um complexo gastronômico com bar, balada, restaurante, vinoteca, pub e beergarden em um casarão na zona norte. No fim de semana, vale jantar e estender a noite em Recife para a festa!

Av. Dezessete de Agosto, 1893 – Casa Forte | www.barchef.com.br

Haus

Ao ar livre, Haus oferece serviço de bar e restaurante, além de noites com discotecagem | Divulgação

Dentro da galeria Joana D’Arc, mais um lugar que vem movimentando a noite de Recife: o Haus. Com uma vibe descolada, o local oferece lajetop e beergarden, além de um ambiente interno. Nada mais justo para noites calorentas de Recife!

Com discotecagem e bar à noite e almoço de dia, o espaço costuma ser bem movimentado durante o fim de semana. A programação das festas pode ser acompanhada pelo Instagram.

Av. Herculano Bandeira, 513 – Pina

Borsoi Café Clube

Borsoi Café Clube é o local para os amantes de café em Recife | Divulgação

No prédio Califórnia, projetado por Acácio Gil Borsoi, um dos grandes nomes brasileiros da arquitetura, funciona o café que leva o mesmo nome.

Com uma ambientação bem moderninha, o lugar é ideal para os amantes de café, que fazem questão de grãos selecionados. O estabelecimento ainda oferece cardápio de almoço.

Rua Artur Muniz, 82, Boa Viagem | www.instagram.com/borsoicafeclube

Altar, Cozinha Ancestral

Do candomblé à cozinha: a chef se inspira nos pratos dos rituais para o cardápio | Divulgação

A chef Vírgina dos Santos, conhecida como a cozinheira dos orixás, é a figura de destaque desse restaurante.

Por muitos anos trabalhou preparando as refeições dos rituais de candomblé em um terreiro de Recife. Sua experiência inspirou a abrir um restaurante que tivesse sua própria marca: os pratos são uma mescla da culinária africana com a pernambucana, levando temperos e ingredientes dos rituais.

Provavelmente, um dos restaurantes mais originais que encontrará em sua viagem ao Recife.

Rua Frei Cassimiro, 449 – Santo Amaro | www.facebook.com/restaurantealtar

Lalá Café & Cozinha Afetiva

Um ar de romantismo na decoração do Lalá Café | Divulgação

Sabe aquele lugar que dá uma sensação de aconchego? Ao entrar no restaurante, chama atenção o papel de parede que tem todo um ar romântico.

Cheio de detalhes e delicadezas, o Lalá Café propõe uma cozinha afetiva, aquela comida que te faz lembrar os bons tempos de infância. Boa opção para provar aquele bolo ou sobremesa de vó.

Rua Amélia, 470 – Graças | www.instagram.com/lala.cafe

Reteteu, Comida Honesta

Espaço interno do Reteteu com decoração simples e clean | Divulgação

O lema é prazer em cozinhar e servir. Comida honesta porque é aprovada e compartilhada por gerações, e ainda vendida a preço justo, priorizando pequenos produtores.

O restaurante funciona em uma casa que pertencia à avó do chef, servindo boa comida a preços super em conta. A decoração é simples e clean, e o espaço ainda conta um quintal. O clima é de informalidade, como se estivesse na casa de um amigo.

Rua Professor Otávio de Freitas, 256 – Encruzilhada | www.reteteu.com.br

Cinema São Luiz

Sala do cinema São Luiz com referências do estilo Art Dèco | Divulgação

“O cinema monumento”. Inaugurado 1952, o São Luiz faz parte da época de ouro do cinema.

No Recife, é o último cinema de rua em atividade, e o prédio, localizado na região central, permanece tombado como patrimônio histórico da cidade. Por dentro, um deslumbre, a sala com referência Art Dèco é como se fosse um verdadeiro teatro.

Rua Aurora, 175 – Boa Vista | www.facebook.com/cinesaoluiz

Galeria Amparo 60

Exposição coletiva na galeria Amparo 60 | Instagram

Uma dica especial para quem se interessa por arte e quer conhecer um pouco mais sobre cena contemporânea pernambucana.

A galeria Amparo 60, no bairro de Boa Viagem, atua desde os anos 90, exibindo trabalhos de artistas locais e promovendo debates sobre diversos temas.

Rua Artur Muniz, nº 82, 1º andar, salas 13 e 14 – Boa Viagem. Entrada pela escada ao lado do restaurante Alphaiate. | www.amparo60.com.br

About Cris

Cristiane Salgado Nunes é jornalista, curiosa nata, e adora descobrir novos lugares. É apaixonada por fotografia, moda e street art. Trabalhou no Estado de S. Paulo e na Discovery Channel.

Comente aqui

O seu e-mail não é publicado. Preenchimento obrigatório *

*