Início / Roteiros / Rota das Emoções, um roteiro turístico pelas maiores belezas do Nordeste
As dunas e lagoas dos Lençóis Maranhenses fazem parteda Rota das Emoções - foto: Roberto Tietzmann

Rota das Emoções, um roteiro turístico pelas maiores belezas do Nordeste

A Rota das Emoções é um roteiro de viagens pelo Nordeste que reúne algumas das mais incríveis santuários ecológicos brasileiros.

— As dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o encontro do rio Parnaíba com o oceano, na Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba, o litoral piauiense e o Parque Nacional de Jericoacoara, que tem uma das praias mais bonitas do planeta.

O roteiro de viagens pelo Nordeste tem passeio de barco, visualização de animais, caminhadas nas dunas, comida tradicional, peixe e fruto do mar fresco, artesanato, esportes ao ar livre, ecoturismo…

Passei pelos principais pontos da Rota das Emoções com apoio da Rastro Nordestino, empresa especializada no roteiro com uma equipe experiente que conhece de verdade a região.

Guia com roteiro pela Rota das Emoções:

Rota das Emoções


Roteiro, dicas e atrações turísticas

As três cidades principais para quem quer percorrer a Rota das Emoções são Barreirinhas, no Maranhão, Parnaíba, no Piauí, e Jijoca de Jericoacoara, no Ceará.

Mapa da Rota das Emoções, um dos melhores roteiros nordestinos de viagem

Mapa da Rota das Emoções, um dos melhores roteiros nordestinos de viagem

Barreirinhas, no Maranhão, é a maior porta de entrada para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e de onde existem passeios de barco pelo rio Preguiças, com acesso aos pequenos Lençóis, ao Farol do Mandacaru, às praias quase desertas de Atins…

Outras cidades do Maranhão que fazem parte da Rota das Emoções: Araióses, Paulino Neves, Santo Amaro, Tutóia.

Parnaíba, no Piauí, uma simpática cidade com boa estrutura de onde é fácil embarcar para o passeio de barco no Parnaíba até o delta.

Antes de conhecer o Delta do Parnaíba, pouco tinha ouvido falar da atração ecológica, que me surpreendeu: o trajeto de barco pelo rio Parnaíba mistura paisagens amazônicas, praias de rio, dunas, e praias paradisíacas, como a da Ilha Canárias.

A Ilha das Canárias, no lado maranhense do Delta do Parnaíba, tem restaurantes e pousadas, mas é isolada

A Ilha das Canárias, no lado maranhense do Delta do Parnaíba, tem restaurantes e pousadas, mas é isolada

No Piauí, o roteiro nordestino pode passar também por Luis Correia, Cajueiro da Praia e Ilha Grande.

Jijoca de Jericoacoara, no Ceará, é a cidade a qual pertence a vila de Jeri, apontada, não sem muita razão, com um dos destinos de praia mais bonitos do mundo.

Quem quer se alongar pelo Ceará tem como opções Barroquinha, Camocim, Chaval e Cruz.

Vale a pena sair das três cidades mais conhecidas da Rota das Emoções e explorar o potencial do roteiro de viagens no Nordeste, que é apontado frequentemente como o melhor roteiro turístico brasileiro.

Por exemplo, em Cajueiro da Praia, no Piauí, encontra-se a vila de Barra Grande, que é cada vez mais procurado pelos velejadores do kitesurf, mas ainda é um paraíso exclusivo, sem multidões de turistas.

A não ser no Réveillon de Barra Grande, que está crescendo a cada ano com uma festa da virada de ano que tem o Luciano Huck à frente…

O kitesurf é muito popular em Barra Grande

O kitesurf é muito popular em Barra Grande

Camocim, no Ceará, é um importante centro pesqueiro e comercial do estado e tem casinhas coloniais bem bonitas, além de ser um ótimo lugar para conhecer antes de chegar às dunas do Parque Nacional de Jericoacoara por um caminho cheio de surpresas.

A rua principal, a poucos metros da praia, é de areia...

A rua principal, a poucos metros da praia, é de areia…

O passeio pela Rota do Cavalo-Marinho começa em um braço do rio Caramupim

O passeio pela Rota do Cavalo-Marinho começa em um braço do rio Caramupim

A Rota das Emoções é um roteiro turístico muito interessante e bem organizado –foi planejado em uma parceria do Sebrae com o Ministério do Turismo para fortalecer o roteiro.

Em seu percurso, vi famílias, jovens mochileiros, turistas estrangeiros e até pessoas que não conheciam a rota formalmente, mas que foram apresentadas por mim e que resolveram encarar todos os cenários quando já estavam viajando, o que foi muito legal.

A Rastro Nordestino, que me apoiou, tem veículos e equipe especializada na Rota

A Rastro Nordestino, que me apoiou, tem veículos e equipe especializada na Rota

Eu sugiro fazer o roteiro nordestino com uma boa folga na agenda, mas quem tem pouco tempo tem opções de percorrer esse trecho ainda pouco explorado do Brasil em 7 dias, como no pacote que a Rastro Nordestino oferece.

Vale a pena consultar uma agência especializada nos pacotes, porque o traslado entre as cidades não é fácil, os melhores passeios demandam guias experientes e equipamentos especializados, como veículos 4×4 e lanchas rápidas.

É importante saber o que você vai encontrar conforme a época do ano.

Eu, por exemplo, fui aos Lençóis Maranhenses em novembro, quando a maior parte das lagoas estão secas. Adorei, mas quem espera ver as paisagens consagradas, das dunas com as milhares de lagoas, pode se frustrar…

Sobre Gustavo Villas Boas

-- "Vamo? Vamo! (ou não)" Jornalista e editor do Muita Viagem Gosta de praias, baladas e comidas diferentes. A Amazônia é o destino que o emociona. Antes de embarcar no Muita Viagem, trabalhou no jornal Folha de São Paulo e no Estado de São Paulo na cobertura de tecnologia, cultura e cidades. Mas lia o caderno de turismo.

2 comentários

  1. oi Camila,

    Dê uma olhada no nosso roteiro de 40 dias no Nordeste, http://muitaviagem.com.br/b/nordeste-40/

    Desci do Maranhão até Recife nesse período pelo litoral, acho que é bem legal para você!

  2. OLá vou passar meus 30 dias de férias viajando pelo Nordeste. Vamos de carro! a gente vai sair daqui do RJ e quero ir ate o Maranhão. Estou atras de um roteiro, será que tem como vocÊ me ajudar? Gostei bastante do seu site.

    Att, Camila Adélio

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*