Home / Viajei (relatos) / Cartão Postal / São Joaquim (SC): em busca de neve no Sul do Brasil
Estrada em São Joaquim, SC | Muita Viagem

São Joaquim (SC): em busca de neve no Sul do Brasil

De baixo das cobertas, bem encapotados, criamos coragem e saímos para comer um fondue no final da noite em São Joaquim, SC. Do restaurante Cristal de Gelo, seguimos para a praça da matriz desta simpática e acolhedora cidadezinha no sul do Brasil. A busca era a temperatura negativa, sentir o friozinho gostoso e ter a maravilhosa sensação de ver neve pela primeira vez no Brasil.

Termômetro registra 3°C na Praça João Ribeiro, em São Joaquim, SC

Fizemos a viagem dia 9 de julho, feriado estadual que paulistas folgam por conta do movimento constitucionalista de 1932. A data era propícia — a previsão do tempo no iPhone apontava possibilidade de neve para o começo da semana, na segunda, e com chances ainda maiores na terça.

Compramos a passagem aérea, mas não podíamos ficar até terça-feira por conta de compromissos em SP. A volta deveria ser no dia do feriado, o que reduziria nossas chances de ver neve em Santa Catarina.

De qualquer forma, ver neve não era o único objetivo da viagem. São Joaquim (SC) possui muito mais do que termômetros marcando temperaturas baixas. A variada produção de vinhos, suas vinícolas e paisagens em cenários deslumbrantes são atrativos culturais e naturais que igualmente encantam o olhar de quem faz o roteiro pela Serra Catarinense.

Melhores destinos de Santa Catarina

O que fazer em São Joaquim, SC?

São Joaquim é perfeito para roteiros de enoturismo no Brasil | Muita Viagem

Como dissemos acima, São Joaquim é muito procurada por turistas por conta do frio e da neve, mas a cidadezinha também oferece passeios culturais, contato com a natureza e belíssimas oportunidades de conhecer de perto como se produz vinho e fazendas impecáveis de macieiras.

Enoturismo no Brasil: as melhores vinícolas

Vinhos em Santa Catarina

Uma das delícias para se fazer em São Joaquim é conhecer as dezenas de vinícolas que a cidade possui. Estivemos em 2 delas — vinícola D’Alture e a Villa Francioni, mas existem diversas, cada qual com diversos tipos de uva, produção exclusiva e localização privilegiada em grandes altitudes.

Uma dica para quem está planejando ir, é agendar a visita com antecedência, especialmente nas vinícolas que oferecem a degustação durante o pôr-do-sol, que nos dias do outono/inverno ficam ainda mais deslumbrantes. Às vésperas da viagem descobrimos que as propriedades realizavam este tipo de evento. O mais famoso na região é o “Sunset” da Vinícola Monte Agudo. Contudo, ao entrarmos em contato para participar da visita, uma semana antes, fomos informados que não havia mais vagas.

Degustação de vinhos com cenário da Serra Catarinense ao fundo | Muita Viagem

Pesquisamos e descobrimos uma alternativa ainda melhor — o tour com pôr do sol na Vinícola D’Alture, que nos causou as melhores impressões da produção de vinhos de SC. Atuando há décadas na produção dos melhores vinhos nacionais, a vinícola abriu recentemente o espaço para visitação e fornece um roteiro descontraído, com direito a degustação de vinhos próprios e uma vista mágica do entardecer nas montanhas catarinenses. Vale muito a pena!

Outras vinícolas que abrem espaço para visitação são a Vila Francione, Leone Di Veneza e a Villaggio Bassetti.

Roteiro de enoturismo em Santa Catarinadicas de vinícolas para visitar em São Joaquim

Casa dos Vinhos

A Casa do Vinho é dica para comprar bebidas mais baratas | Muita Viagem

Uma boa opção para comprar vinhos de SC e demais regiões do Brasil e do mundo. Os preços da especializada loja de vinhos costuma atrair os turistas, que encontram os mesmos rótulos vendidos nas fazendas por menores preços. Além disso, diariamente a casa oferece degustação de vinhos da região, com 6 opções + tábua de frios e aperitivos por R$ 30,00. Confirme o horário.

Uma das vinícolas onde é possível encontrar preços ainda melhores é a Suzin. Vá até o número 379 da Rua Juíz Fonseca Nunes, onde funciona o escritório da mesma. Lá é possível pagar mais barato pelos vinhos Suzin. É possível comprar online pelo site da empresa também. Recomendamos o rosé Alecrim por apenas R$ 40,00 e o premiado Zelindo – safra 2008 com uvas merlot e cabernet-sauvignon, que de tão bom levou o nome do patriarca da família. A edição foi limitada a 2.700 garrafas. Nós garantimos uma!

Exponeve

Localizado dentro do Parque Nacional da Maçã, o grande galpão funciona como ponto de venda dos produtos da região. Vale a pena comprar roupas de lã e artigos de couro, mel de macieiras, maçãs desidratadas, ímãs de geladeira e outros souvenirs para presentear amigos e crianças. É um dos lugares mais baratos para comprar produtos típicos do sul do país. Não saia de lá sem uma embalagem de maçã desidratada. São macias, crocantes e bem doces.

Um outro lugar para comprar artesanatos e lembranças é o Empório Quatro Estações, que fica localizado na Praça Cesário Amarante, bem no centrinho de São Joaquim.

Loja Sanjo

A fantástica fábrica de maçãs, em São Joaquim-SC | Muita Viagem

A visita à fábrica da Sanjo é uma dica de passeio divertido. É possível conhecer como são selecionadas as maçãs, coletadas de cooperativas e pequenos produtores, lavadas e transformadas em sucos e outros produtos. A empresa também investe na produção de vinhos, muitos já premiados internacionalmente.

O roteiro da visita acontece todos os dias em diferentes horários. Há 5 opções de valor de acordo com a quantidade de bebidas que você pretende degustar. As doses são pequenas, mas achamos que vale pagar para experimentar todos.

Para quem deseja conhecer de perto as fazendas, no sistema colha e pague, é possível participar da colheita das maçãs entre os meses de fevereiro, março e abril. Informações pelo telefone 99101-8568.

Em abril acontece a Festa da Maçã de São Joaquim. Vale a pena visitar a cidade nesta época.

Epagri

Na Estação Experimental de Fruticultura, a 3 km do centro de São Joaquim, é possível conhecer a macieira matriz da Fuji no Brasil, além de saber mais sobre as mais novas tecnologias que garantem a excelente qualidade dos frutos de maçã produzidos na região. As visitas acontecem em horário comercial. Entre em contato pelo telefone 3233-8441.

Igreja Matriz de São Joaquim

Igreja Matriz de São Joaquim, SC | CC

Uma caminhada pelo centro da cidade é um passeio agradável. Há diversas lojinhas, onde é possível tomar um café, sorvete ou fazer compras. Termine o passeio apreciando a arquitetura da Igreja Matriz de São Joaquim. Localizada na Praça João Ribeiro, a construção é feita em pedra basalto, retiradas dos morros do entorno.

Snow Valley

Para quem gosta de esportes radicais, o parque de aventuras fica à beira da estrada, a 10 km de São Joaquim no sentido de Bom Jardim da Serra, possui tirolesas, arvorismo, trilhas, muro de escalada e outras atividades, além de contar com restaurante e hospedagem.

Mirantes

Tenha uma vista panorâmica de São Joaquim-SC, no Belvedere, a mais de 1.400 metros de altitude. O acesso se dá pela Rua Major jacinto Goulart.

Um outro lugar para tirar belas fotos é no Mirante dos Pinheiros, de onde se tem uma vista panorâmica de uma reserva de Araucárias às margens da estrada, na saída para Lages-SC.

E aí, nevou no Sul?

Ah, se conseguimos ver neve? Sim, na televisão. Quando acordamos em São Paulo, na terça-feira, nos deparamos com diversas fotos no feed do Instagram de neve no Sul do Brasil.

Abaixo, o noticiário local Santa Catarina no Ar mostra as cenas da neve, registradas na madrugada de 10/07/2018:

Urupema registrou – 0,05°C e Urubici 0,56°C. A chance era pequena mas a previsão de neve se confirmou.

Chegamos perto.

Não vimos neve, mas descobrimos uma nova faceta do país, e uma das maravilhas de Santa Catarina. Da próxima vez, ficaremos mais tempo por lá. Vale a viagem nas quatro estações do ano.

About Danilo

Antes de começar o Muita Viagem, fui Relações Públicas e Comissário de Voo. Vivi no Canadá, fiz longas viagens nos Estados Unidos e alguns roteiros na Europa. Já estive em todas as capitais do Brasil, e em mais de 20 países pelo mundo. Quero conhecer o Oriente Médio, África e Ásia.

Comente aqui

O seu e-mail não é publicado. Preenchimento obrigatório *

*