fbpx
Home / Antes da Viagem / Viajar de avião na pandemia: como evitar o contágio?
Aeroportos vazios durante a pandemia

Viajar de avião na pandemia: como evitar o contágio?

Em tempos de pandemia devemos viajar de avião apenas em casos urgentes e inadiáveis mesmo que as companhias aéreas brasileiras já tenham aumentado a frequência dos voos nacionais.

Informações do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, dos Estados Unidos, colocam o Brasil no topo da lista de lugares com maior risco de infecção pelo coronavírus e voos daqui para os EUA continuam com restrições.

Mapa de países com restrições de voos na pandemia COVID-19

Lugares para viajar em setembro no Brasil

Para que viajar continue divertido, elencamos abaixo algumas informações para quem for viajar de avião durante a pandemia:

Recomendações para viagens de avião durante a pandemia

Dentro de uma perspectiva saudável, o contágio dentro do avião é baixo. Isto porque o vírus não se espalha facilmente, especialmente com o funcionamento do sistema de ar das aeronaves e seguindo algumas recomendações e protocolos de segurança e higiene.

A primeira recomendação para quem precisa viajar de avião neste momento é o distanciamento social. Quem for viajar de avião para destinos no Brasil precisa manter o distanciamento com outras pessoas de ao menos 2 metros.

A medida de distanciamento social deve ser mantida em todos os momentos da viagem — da chegada ao aeroporto e nas filas de check-in, raio-x e embarque.

Infelizmente no Brasil não foi adotado nenhuma restrição de assentos intervalados dentro do avião, por isso é imprescindível a segunda recomendação: a utilização da máscara.

Atividades para fazer com as crianças durante a pandemia

Todas as companhias aéreas brasileiras exigem dos passageiros o uso de máscara, sendo item pessoal e obrigatório. A Anvisa publicou cartilha com orientações sobre a confecção e o uso de máscaras caseiras ou artesanais, feitas com tecido. Providencie a sua antes de sair de casa.

Por fim, a terceira forma de evitar o contágio durante a viagem de avião é lavar as mãos com frequência, álcool gel na mala de bordo e evitar contato com pessoas sintomáticas.

A Folha Turismo fez reportagem e acompanhou passageiros que fizeram viagens durante a pandemia do COVID-19. Vale a leitura também!

Já a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) publicou um documento chamado Takeoff, que traz orientações globais e medidas para mitigar o risco de transmissão do coronavírus durante as viagens aéreas, e atesta que o teste de COVID-19 não deve ser uma condição necessária para a reabertura das fronteiras e retomada dos serviços aéreos.

Muita Viagem

Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário de voo, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

Comente aqui

O seu e-mail não é publicado. Preenchimento obrigatório *

*