Início / Destinos / O que fazer em Viña Del Mar
Hotel Sheraton, entre Valparaíso e Viña del Mar | Foto: Turistik

O que fazer em Viña Del Mar

Conhecida pelos chilenos como “Cidade Jardim”, Viña Del Mar cativa locais e turistas por sua arquitetura charmosa, ruazinhas estreitas, palácios e o lindíssimo Parque Quinta Vergana.

De Valparaíso à Viña Del Mar é um pulo. Basta pegar o metrô à beira mar, subir na estação Bellavista e descer na Miramar. Leva menos de 15 minutos.

Como dissemos no post sobre Valparaíso, recomendamos ficar hospedado em Viña Del Mar, uma cidade mais organizada. Caso queira ostentar, sugerimos ficar no Hotel Sheraton Miramar, em Viña Del Mar. Busque hotéis na região pelo Booking e curta melhor o que as duas cidades têm a oferecer!

Viña del Mar – Chile

Relógio das Flores

relogio-das-flores-vina-del-mar-chile

Relógio das Flores, um dos principais pontos de visita de turistas em Viña.

Ao descer na estação Miramar seguimos caminhando pela Avenida Espanha até chegar no famoso cartão-postal da cidade – o Relógio das Flores, feito especialmente para a Copa do Mundo de 1962, quando a Viña Del Mar foi uma das cidades-sede. (O Brasil foi campeão e ficou invicto jogando na cidade).

Praia Caleta Abarca

praias-chile-blog-muitaviagem

Com a chegada do verão os chilenos tiram os casacos frios para torrar no sol.

Apesar do forte sol e calor de mais de 30.ºC, não tive coragem, nem tempo de entrar nas águas geladas do Oceano Pacífico. Mas se você for ficar mais tempo por lá, a dica é explorar a extensão de praias mais ao norte do litoral.

As principais praias de Viña são Acapulco, Las Salinas e Reñaca, esta última a mais popular nas férias de verão, entre os meses de Dezembro e Fevereiro.

Mirante e Castelo Wulff

castelo-wulff-vina-del-mar-chile

Castelo Wulff, na Praia de Myramar, em Viña Del Mar.

Contornando a orla, rapidamente chegamos até o Castelo Wulff. Sinceramente nada demais, porém vale a subida até o mirante.

Também destacamos o chão de vidro de dentro do edifício, que causa certa vertigem ao sentir a água do mar bater nas rochas, e claro, a arquitetura do castelo que contrasta com o clima praiano da cidade.

A entrada é gratuita e lá dentro é possível admirar móveis antigos. Os horários para visitas é de Terça à Domingo das 10:00 às 13:30 e das 15:00 às 17:30.

Casino de Viña Del Mar

casino-vina-del-mar-chile

Casino Municipal de Viña Del Mar, Chile.

Viña Del Mar é local onde está localizado o casino mais antigo e tradicional do Chile, e movimenta um grande mercado, mas sinceramente, após experiência nada agradável nos casinos de Las Vegas, recomendamos ficar relaxando na praia do que no casino, acho o ambiente muito pesado, nem quis entrar.

Museu Fonck

moai-vina-del-mar-chile

Um dos seis moai localizados fora da Ilha de Páscoa. | Foto: Esin Üstün

A ideia do museu é preservar e difundir a arqueologia e etnografia chilena. No museu há exposição permanente com mais de mil peças da cultura Rapa Nui, porém a principal atração fica no jardim, do lado de fora do edifício – um moai (aquelas esculturas gigantes encontradas na Ilha de Páscoa).

Infelizmente não consegui entrar no museu por conta do horário de visita que é restrito, mas para quem se interessa por história é parada obrigatória no roteiro de viagem ao Chile.

Parque Quinta Vergana

quinta-verdana-parque-vina-chile

Chileno em momento de leitura na tranquilidade de um dos jardins do parque.

O Parque Quinta Vergana é um espaço muito bonito em Viña Del Mar e merece uma visita com calma, o que infelizmente não tivemos, mas houve tempo de passear por uma feirinha de artesanato itinerante intitulada Artesania, com produtos artesanais de diversos países da América Latina feitos em couro, madeira, prata, cobre, vidro, sal, tecidos, entre outros.

Como fizemos um passeio expresso, tentando aproveitar ao máximo nossas horas pelas duas cidades, fizemos apenas um lanchinho rápido e não paramos para almoçar, mas você pode conferir algumas sugestões de bares e restaurantes no TripAdvisor.

Fotos: Muita Viagem

Sobre Muita Viagem

Dicas e histórias de viagens. É feito por Gustavo, jornalista, Danilo, comissário de voo, e amigos, que vivem viajando pelo Brasil e no mundo.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *

*